• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-22082002-152108
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Henrique Marostegan e Carneiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Ricardo Ribeiro (Presidente)
Barbosa, Luiz Mauro
Gandolfi, Sergius
Título em português
Caracterização florística, estrutural e da dinâmica da regeneração de espécies nativas em um povoamento comercial de Eucalyptus grandis em Itatinga, SP.
Palavras-chave em português
comunidades vegetais
eucalipto
flora
florestas
Resumo em português
Os objetivos deste trabalho foram analisar a composição florística, a estrutura, alguns aspectos da dinâmica da regeneração de espécies nativas no sub-bosque de povoamentos comerciais de Eucalyptus spp e estudar o impacto que algumas práticas silviculturais (desbaste e corte raso) sobre a regeneração. Para isso, foram locadas 17 parcelas (0,68 ha de área amostral) em um talhão de Eucalyptus grandis (Talhão 48), na Fazenda São José do Bromado, coordenadas geográficas 23°13’30’’S e 48°34’07’’W, município de Itatinga – SP. Na avalia ção da composição e estrutura da regeneração, realizada 30 meses após o corte da primeira rotação do povoamento de eucalipto, foram plaqueados e identificados todos os indivíduos arbóreos ou arbustivos com altura superior a 1,5m. O estudo da evolução temporal da regeneração foi realizado em 2 avaliações, 30 e 45 meses após a exploração do povoamento de eucalipto, utilizando o mesmo método de análise, sendo considerado morto o indivíduo amostrado nos levantamento anterior e não localizado na avaliação seguinte. Após a segunda avaliação as parcelas foram divididas em três tratamentos, sendo: Tratamento 1 – testemunha (área amostral de 0,2ha), no qual o povoamento de eucalipto foi mantido, Tratamento 2 (área amostral de 0,24ha) no qual foi realizado o desbaste de 50% do povoamento de eucalipto e Tratamento 3 (área amostral de 0,24ha) no qual foi realizado o corte raso do eucalipto. Após a implantação dos tratamentos (46 meses após a exploração do povoamento) foram realizadas duas avaliações, a primeira 54 meses e a segunda 61 meses após a exploração da primeira rotação do povoamento de E. grandis. Foram amostrados 1900 indivíduos (104 espécies e 38 famílias) na primeira avaliação. A família de maior riqueza florística foi Myrtaceae seguida de Asteraceae, Fabaceae e Solanaceae, sendo esta última a que apresentou a maior densidade de indivíduos. As espécies de maior densidade relativa foram Solanum variabile e Matayba elaeagnoides. 76,66% dos indivíduos amostrados pertenciam a famílias que apresentaram padrão de distribuição espacial agregado. Na avaliação da dinâmica da regeneração, constatou-se que o recrutamento de novos indivíduos no sub-bosque do eucalipto no período de 30-45 meses da exploração comercial se concentrou nos grupos de espécies secundárias iniciais, secundárias tardias e espécies típicas da condição de sub-bosque. Enquanto a mortalidade se concentrou nos indivíduos pertencentes ao grupo das espécies pioneiras e das espécies não classificadas sucessionalmente. No período o índice para diversidade de Shannon (H´), apresentou crescimento de 3,48 para 3,573, e a equabilidade (J’), crescimento de 0,751 para 0,762, mostrando que houve ganho em relação a diversidade de espécies na área. No estudo do impacto que diferentes práticas silviculturais impõem a regeneração, o tratamento 1 – testemunha foi o que apresentou as menores taxas de mortalidade e o maior ingresso de espécies no período analisado. As operações de corte e remoção causaram grande impacto nos tratamentos 2 – desbaste de 50% do povoamento de E. grandis e tratamento 3 – corte raso, aumentando a taxa de mortalidade e diminuindo a taxa de recrutamento de indivíduos na regeneração. O Tratamento 2 foi o único a apresentar ganhos em diversidade (H’) em todos os levantamentos.
Título em inglês
Floristic structural characterization and dynamic regeneration of native species on a commercial stand of eucalyptus grandis in Itatinga, São Paulo.
Palavras-chave em inglês
eucalyptus
forests
plant community
vegetation
Resumo em inglês
The objectives of this study were to analyze a floristic composition, the structure, some aspects of the dynamics of regeneration of native species in understory of commercial stands of Eucalyptus spp and to study the impact that some silvicultural practices (thinning and clear cut) have on regeneration. For this purpose, 17 samples (0.68 ha total sample area) were located in a stand of Eucalyptus grandis (Stand 48), on the São José do Bromado Farm, geographical coordinates 23°13’30’’S and 48°34’07’’W, municipal of Itatinga, Sao Paulo. In the evaluation of the composition and structure of the regeneration, done 30 months after the clear cut of the first rotation of Eucalyptus grandis, all of the individual trees up to 1.5m of height were tagged and identified. The study of the temporal evolution of regeneration was done in 2 evaluations, 30 and 45 months after the clear cut of the stand. The same method of analysis was used, being that the individual trees measured previously and not found in the second evaluation were considered dead. After the second evaluation the samples were divided into three treatments: Treatment 1- control (sample area of 0.2ha), of which the trees were maintained, Treatment 2 (sample area of 0.24ha), of which 50% thinning was done, and Treatment 3 (sample area of 0.24ha), of which clear cut was done. After the implementation of the treatments (46 months after the exploration), two evaluations were accomplished. The first at 54 months and the second at 61 months, after the exploration of the first rotation of the stand. One thousand nine hundred trees (104 species and 38 families) were sampled in the first evaluation. The largest floristic family verified was Myrtaceae followed by Asteraceae, Fabaceae and Solanaceae, the family which presented the largest density of individuals. Whereas the species with the greatest relative density were Solanum variabile and Matayba elaeagnoides. Among the individual samples, 76.66% were of the families that present a pattern of aggregate spatial distribution. In evaluating the dynamics of regeneration, it was found that the recruitment of new individuals in understory of eucalyptus during the period of 30-45 months after the commercial exploration was focused on the groups of initial secondary species, late secondary and typical species of understory. The mortality was concentrated in the group of pioneer species and non-classified species, respectively. The index period to the Shannon diversity (H’), presented growth of 3.48 to 3.573, and eqüability (J’), growth of 0.751 to 0.762, showing to have gained in relation to the diversity of species of the area. The study of the impact that different silvicultural practices have on regeneration, treatment 1- presented the least incidence of mortality and the greatest incidence of species during the analysis period. The practices of thinning and clear cut caused a great impact on treatments 2 and 3, improving the incidence of mortality and decreasing the incidence of new individuals of regeneration. Treatment 2 was the only one to present gains in diversity (H’) in all of the evaluations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
paulo.pdf (630.38 Kbytes)
Data de Publicação
2002-08-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.