• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-18072002-151132
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Regina da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Alvaro Fernando de (Presidente)
Verdade, Luciano Martins
Vivo, Mario de
Título em português
Riqueza e diversidade de mamíferos não-voadores em um mosaico formado por plantios de Eucalyptus saligna e remanescentes de floresta atlântica no município de Pilar do Sul, SP.
Palavras-chave em português
biodiversidade
ecologia animal
eucalipto
florestas
inventário
mamíferos selvagens
Resumo em português
A Floresta Atlântica apresenta alta diversidade de mamíferos com muitas espécies endêmicas. No entanto, poucos estudos enfocam a distribuição, os padrões ecológicos e a utilização por estes animais, de ambientes alterados por ação antrópica em remanescentes de Floresta Atlântica. O Estado de São Paulo apresenta uma extensa área de reflorestamento com Eucalyptus spp mas nenhum estudo sobre a exploração destes ambientes pelas espécies de mamíferos silvestres havia sido realizado neste Estado. Este estudo desenvolvido em um mosaico formado por remanescentes de Floresta Atlântica em contato com plantios de E. saligna teve o objetivo de verificar a riqueza, a composição específica e a diversidade das espécies de mamíferos existentes na área, com especial atenção para o uso dos plantios de E. saligna pelos animais estudados. Para a coleta de pequenos-mamíferos utilizou-se armadilhas do tipo gaiola e pitfalls. Para o registro do uso dos plantios de E. saligna por mamíferos de médio e grande portes utilizou-se, durante 36 noites, parcelas de areia. Ambos os métodos foram utilizados nos três ambientes que compõem a paisagem local: floresta contínua, fragmentos circundados pelos plantios de E. saligna e os próprios plantios. Na área de estudo foram registradas 47 espécies e dentre estas, espécies ameaçadas de extinção como Puma concolor e Myrmecophaga trydactyla, espécies raras em levantamentos como Brucepattersonius igniventris e Monodelphis brevicaudata e uma nova ocorrência para o Estado de São Paulo: Blarynomys breviceps. Durante nove meses de coleta de pequenos mamíferos com um esforço amostral de 7290 dias-armadilhas e 3888 dias-pitfall, foram realizadas 537 capturas de pequenos mamíferos. As espécies com maior abundância relativa em ambientes de floresta nativa foram: Philander frenata, Oryzomys russatus e Marmosops incanus. Nos plantios de E. saligna, Oligoryzomys nigripes foi responsável por 55 % da abundância relativa de pequenos mamíferos. A diversidade de espécies foi semelhante nos dois ambientes de floresta nativa e menor nas plantios de E.saligna. Dentre os mamíferos de médio e grande portes, felinos utilizaram em maior proporção os plantios de E. saligna estudados. Os registros mais frequentes nas parcelas de areia foram de Mazama sp seguido por Tapirus terrestris. Estes resultados mais o atual contexto de fragmentação e degradação da Floresta Atlântica demonstram que os plantios de E. saligna na Fazenda João XXIII, se devidamente manejados, podem ser localmente importantes na conservação de mamíferos não-voadores, visto que este ambiente é utilizado como habitat ou mesmo para deslocamento por muitas espécies verificadas na área.
Título em inglês
Richness and diversity of nonvolant mammals in mosaic of eucalyptus saligna plantations and atlantic forest remnants on Pilar do Sul, SP.
Palavras-chave em inglês
animal ecology
biodiversity
inventory
mammals
wild forests
Resumo em inglês
The Atlantic Forest presents high endemism, diversity and richness. However, with the continuous devastation it became one of the most endangered ecosystems of the world. In spite of the high diversity of mammals with many endemic species, the distribution, the ecological patterns and the use of altered environments are practically ignored. The State of São Paulo presents an extensive reforestation area with Eucalyptus spp. However, any studies about the species of mammals that explore this environment were realized. This study was developed in Fazenda João XXIII, located in Pilar do Sul City - São Paulo State, where the landscape is characterized by a mosaic of fragments surrounded by Eucalyptus saligna plantations and an extensive area of Atlantic Forest continuous to Parque Estadual Carlos Botelho. The goal of this study was to survey the species of mammals and to verify its richness and diversity in the forest remainders and in the E. saligna plantations. During nine months of study with a sampling effort of 7290 trap-day and 3888 pitfall-day, 537 captures of small mammals were accomplished. Sand plots were used during 36 nights, to record the use of E. saligna plantations by medium and large size mammals. All methods were used in the three environments that are present the local landscape: continuous forest, fragments surrounded by E. saligna and E. saligna plantations. In the studied area, 47 mammal species were registered. Among these, species listed as endangered such as Puma concolor and Myrmecophaga tetradactyla; rare species in inventories such as Brucepattersonius igniventris and Monodelphis brevicaudata; and the Blarynomys breviceps, a new occurrence for the State of São Paulo. The higher relative abundance of small mammals verified at continuous forest, were the marsupials Philander frenata, and M. incanus, and the rodent Oryzomys russatus. The same species were also found as more abundant in the fragments surrounded by eucalyptus plantations. And in the eucalyptus plantations, Oligoryzomys nigripes was responsible for 55% of the relative abundance of small mammals. The diversity of species was similar in both sampled areas of native forest and lower in the eucalyptus plantations. Among the medium and large size mammals, L. pardalis and Leopardus sp used the eucalyptus plantation in larger proportion than other environments. The species more frequently registered in the plots of sand was Tapirus terrestris. In the present context of fragmentation and degradation of the Atlantic Forest, the eucalyptus plantations in Fazenda João XXIII represent an important role in the local conservation of the species of mammals, because most of these species use this environment as habitat or even for displacement.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
claudia.pdf (852.66 Kbytes)
Data de Publicação
2002-08-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.