• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2006.tde-20092006-145939
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Saldanha de Aguiar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Castillo, Carmen Josefina Contreras (Presidente)
Baggio, Sueli Regina
Spoto, Marta Helena Fillet
Título em português
Opinião do consumidor e qualidade da carne de frangos criados em diferentes sistemas de produção
Palavras-chave em português
avicultura
carne de frango
produção animal – sistemas
qualidade dos alimentos
satisfação do consumidor
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo conhecer a opinião dos consumidores sobre frangos criados em três sistemas distintos, bem como comparar a qualidade físico-química, microbiológica e sensorial dessas carnes. As opiniões e informações sobre os consumidores foram pesquisadas em lojas de produtos naturais e supermercados através de entrevistas com consumidores de carne de frango. Para avaliar a qualidade dos produtos, foram utilizadas carnes de peitos de frangos, oriundas de aves criadas nos sistemas convencional, natural e caipira, e abatidas em abatedouro comercial. Foram realizadas análises físico-químicas de cor, pH, força de cisalhamento, composição centesimal, capacidade de retenção de água, perfil de ácidos graxos e substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico. Também foram realizadas análises microbiológicas, de classificação de carcaças e análise sensorial, sendo esta última utilizada para avaliar a aceitação e a expectativa dos consumidores. Dentre os entrevistados, 65% eram consumidores de frango convencional, 21% de frango caipira e 14% do tipo natural. Os principais motivos de compra dos consumidores de frango convencional foram: fácil de encontrar, barato, prático e gostoso. Estes declararam não consumir frangos alternativos devido à falta de conhecimento ou ao custo elevado dos produtos. Os consumidores de frango caipira declararam comprar o produto principalmente porque o consideram saudável e saboroso. O frango natural foi percebido como saudável e de boa qualidade, apesar de caro. O grupo de consumidores desse tipo de frango se destacou por apresentar maior escolaridade e renda, além de maior preocupação com a saúde. A pesquisa também mostrou que a maioria dos consumidores acreditava que os frangos recebiam hormônios durante a criação (78%) e que os aditivos utilizados na criação das aves eram prejudiciais à saúde (84%). A higiene e a aparência foram os aspectos considerados mais importantes no ato da compra por todos os grupos de consumidores. Em relação à percepção dos produtos, o frango natural foi o tipo mais bem avaliado, seguido do caipira e do convencional. Na análise sensorial, as três amostras de frango foram igualmente bem aceitas pelos provadores, entretanto, o frango convencional obteve uma aceitação maior do que a expectativa dos consumidores, enquanto o contrário foi observado para o frango natural. Em relação às análises físico-químicas, o frango de criação convencional apresentou maior teor de lipídeos (1,3%), porém com menor proporção de ácidos poliinsaturados (17,3%) e w-3 (0,3%) (p < 0,05) em relação aos frangos caipira e alternativo. Por outro lado, no tipo caipira foi observado menor teor de colesterol (48,6 mg 100-g), menor pH (5,71) e maior valor de TBARS (0,39 mg MDA.kg-1), enquanto no alternativo encontrou-se uma maior força de cisalhamento (2,33 kgf) e uma coloração menos amarela (valor de b* = 3,15) em relação aos demais tipos de criação (p < 0,05). Quanto às análises microbiológicas, todas as amostras apresentaram valores inferiores ao limite estabelecido pela legislação brasileira, sendo que o frango natural apresentou melhor qualidade microbiológica, com menor contaminação por coliformes totais e fecais, além de menor número UFC de mesófilos e psicrotróficos.
Título em inglês
Consumers’ opinion and meat quality of broilers from different production systems
Palavras-chave em inglês
consumers opinion
meat quality
production systems
Resumo em inglês
The aim of this study was to acknowleagde consumers’ opinion about broilers from three distinct systems, as well as to compare the meat physical-chemical, microbiological and sensorial qualitys. All opinions and informations about consumers were colected in organic shops and supermarkets by means of interviews with broiler meat consumers. Quality analysis were made using breast from broilers reared in convenctional, natural and free-range systems, slaughtered in comercial abattoir. There were physical-chemical color, pH, shear force, chemical composition, water holding capacity, fatty acid profile and thiobarbituric acid reactive substances analysis made. There were also microbiological analysis, carcass classification and sensorial analises executed. The sensorial analysis was made to major the aceptance and expectation of consumers. Among all interviewees, 65% were convenctional broiler consumer, 21% free-range and 14% natural. The main motive consumers said they buy conventional broiler were: that it is easy to find, cheap, pratical and tasty. They stated they didn’t consume other types of broiler due to lack of knowlegde or products high cost. Free-range broiler consumers answered they buy this type of product mainly because it is healthy and tasty. Natural broiler was percieved to be healthy and of good quality, although expensive. The group that consumers of this kind of broiler had highest level of education and income, and a major concern about health. This research also showed that majority of consumers believed broilers to be given hormones during their growth (78%) and that additives were hardful to our healf (84%). Hygiene and looks were considered to be the most important aspects when buying broiler by all groups of consumers. The natural broiler recivied the highest score, folowed by the free-range and conventinal broiler when it comes to the consumers perception. In the results of sensory analysis, it was perceived that the three broilers samples were equale acepted by panelist, however, the conventional broiler obteined higher aceptance than they presume they would have, while the opposit was found about the natural broiler. Convenctional broiler presented the highest level of lipids content (1.3%), although the lowest proportion of polyunsaturated acids (17.3%) and w-3 (0.3%) (p<0.05), compared to freerange and alternative broilers. On the other hand, in free-range broilers was noticed, a lower level of cholesterol (48.6 mg 100-g), lower pH (5.71) and higher TBARS value (0.39 mg MDA.kg-1), while in the alternative broiler, a higher shear force (2.33 kgf) and a less yellowness (b* = 3.15) in comparison to other types of broilers. In microbiological analysis, all samples presented values under the limit estated by Brazilian Legislation, and natural broilers obtained the best microbiological quality, with lowest level of contamination by total and fecal coliforms, besides the lower quantity of mesophilics and psychrotrophics CFU.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaAguiar.pdf (507.78 Kbytes)
Data de Publicação
2006-09-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.