• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-06042015-110216
Documento
Autor
Nome completo
Francini Xavier Rossetti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marina Vieira da (Presidente)
Costa, Vera Mariza Henriques de Miranda
Sturion, Gilma Lucazechi
Título em português
Consumo alimentar, estado nutricional e percepção de segurança alimentar e nutricional entre estudantes de uma universidade pública
Palavras-chave em português
Comportamento alimentar
Consumo alimentar
Estado nutricional
Percepção
Segurança alimentar e nutricional
Resumo em português
O objetivo desta pesquisa foi descrever fatores associados ao consumo alimentar e ao estado nutricional entre estudantes ingressantes nos cursos de graduação da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ) da Universidade de São Paulo e ainda, a percepção de segurança alimentar e nutricional (SAN) entre os demais alunos da instituição. Para o levantamento de dados foi realizado estudo transversal, tendo por base amostra de 157 estudantes, matriculados em sete cursos de graduação. No que se refere ao estudo de cunho qualitativo, a amostra (n=31) foi composta de estudantes do 1º ao 5º ano de cursos de graduação. Informações relativas ao estilo de vida foram avaliadas por meio de questionário auto-preenchido, elaborado para esta pesquisa. Foi realizada avaliação antropométrica e o estado nutricional analisado por meio do Índice de Massa Corporal (IMC), conforme preconizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O consumo alimentar foi identificado por meio de recordatório de 24 horas e os alimentos consumidos foram classificados com base no propósito e grau de processamento, em três categorias: alimentos in natura ou minimamente processados (categoria 1), ingredientes culinários e alimentos processados, adicionados de aditivos, exceto aromatizantes e corantes (categoria 2), e alimentos ultraprocessados, adicionados de aromatizantes e corantes (categoria 3). Para a análise da percepção de SAN foi utilizada a técnica qualitativa de grupo focal. A partir de um roteiro semi-estruturado, foram realizados 4 grupos focais, totalizando participação de 31 estudantes (27 do sexo feminino e 4 do sexo masculino). Dentre os estudantes elegíveis, 113 responderam ao questionário (77 mulheres e 36 homens, idade média de 19,3 anos, desvio padrão=1,2). Em relação ao local de residência, 58,4% afirmaram morar com pais ou familiares. Foi observada prevalência elevada de tabagismo (22,1%), consumo de 5 ou mais doses de álcool no mês anterior (44,3%) e baixa prevalência de atividade física (19,4% entre homens e 39% entre mulheres; p<0,05). O almoço realizado fora do domicílio pelo menos 1 vez ao mês foi referido por 87,6% dos ingressantes; o local de maior frequência para realização do almoço foi o restaurante universitário (citado por 51,3%). No tocante ao estado nutricional, foi identificada prevalência de 10,6% de baixo peso, 13,3% de sobrepeso e 4,4% de obesidade. A avaliação da concordância entre medidas aferidas e referidas de peso e estatura foi realizada por meio do teste de correlação de Spearman e apresentou valores de 0,98 (p<0,0001) para peso e 0,98 (p<0,0001) para estatura, indicando boa correlação entre as variáveis. A análise do consumo por meio do propósito e grau de processamento foi avaliada para 96 estudantes e indicou ingestão de gordura saturada e ferro, fornecida por alimentos ultraprocessados. Os alimentos da categoria 2 forneceram principalmente proteína, sódio, lipídio, colesterol e gordura poli-insaturada. Alimentos in natura e minimamente processados forneceram maior aporte de fibra, vitamina C e ácido pantotênico. Observou-se que aspectos ambientais (local de moradia, presença do restaurante universitário) e individuais (preferências pessoais, tempo) estão associados ao consumo e a percepção de SAN.
Título em inglês
Food consumption, nutritional status and perception of food and nutritional safety among students of a public university
Palavras-chave em inglês
Feeding behavior
Food consumption
Food security
Nutritional status
Perception
Resumo em inglês
The objective of this research was to describe factors associated with food consumption and nutritional status among freshmen of undergraduate courses of Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ) (University of São Paulo) and the perception of food and nutritional security (FNS) among the other students of the institution. A cross-sectional study was conducted to collect data, based on a sample of 157 students, enrolled in seven undergraduate courses. For the qualitative study, the sample (n = 31) was composed of students from 1st to 5th year of the undergraduate courses. Information regarding lifestyle was assessed through a questionnaire prepared for this search. Anthropometric evaluation was performed and the nutritional status was analyzed by using the body mass index (BMI), as advocated by the World Health Organization (WHO). Food consumption was identified by means of a 24-hour report and the foods eaten were classified, based on purpose and processing degree, in three categories: in natura or minimally processed foods (category 1), culinary ingredients and processed foods, additives added, but without flavoring and dyes (category 2), and ultraprocessed foods, flavoring and dyes added (category 3). For the analysis of FNS perception, a qualitative technique of focal group was used. From a semi-structured report, four focal groups were constructed, totaling 31 participants (27 females and 4 males). Among the eligible students, 113 responded to the questionnaire (77 females and 36 males, average 19.3 years of age, standard deviation = 1.2). In relation to the residences, 58.4% lives with parents or relatives. A high prevalence of smoking was observed (22.1%), alcohol consumption of five or more drinks in the previous month (44.3%) and low prevalence of physical activity (19.4% of males and 39% among females; p < 0.05). The respondents have lunch outside of their homes at least once a month (87.6% of freshmen). Most respondents have lunch at the university cafeteria (51.3%). As regards to the nutritional status, 10.6% is underweight, 13.3% overweight and 4.4%, obese. The correlation assessment between measured and referred figures of weight and stature was accomplished using the Spearman correlation test and presented values of 0.98 (p<0.0001) for weight and 0.98 (p<0.0001) for stature, indicating good correlation between variables. The consumption analysis by purpose and processing degree was evaluated for 96 students and indicated intake of saturated fat and iron supplied by ultraprocessed foods. The category 2foods provided mainly protein, sodium, cholesterol, lipid, and polyunsaturated fat. In natura and minimally processed foods provided greater intake of fiber, vitamin C and Pantothenic acid. Environmental (housing location, presence of the University cafeteria) and individual aspects (personal preferences, time) are associated with the consumption and perception of FNS.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.