• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Nalesso Costa Harder
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Brazaca, Solange Guidolin Canniatti (Presidente)
Bernardi, Marta Regina Verruma
Coelho, Antonio Augusto Domingos
Título em português
Efeito do urucum (Bixa Orellana) na alteração de características de ovos de galinhas poedeiras
Palavras-chave em português
colesterol
coloração de gema
ferro
ferro dialisável
ovos
poedeiras
qualidade de ovos
urucum
vitamina A
Resumo em português
Os ovos são alimentos de alto valor nutricional, já que possuem todas as vitaminas, aminoácidos e minerais essenciais. Os consumidores dão preferência, ovos com gema bem pigmentadas. A cultura popular trata o urucum como um poderoso agente anticolesterolemico, além de ser amplamente utilizado na forma de pigmento para a indústria. O presente trabalho avaliou os efeitos da adição de urucum (Bixa orellana L.) na ração de galinhas, verificando possível interferência na qualidade dos ovos, alteração de colesterol e cor e nas gemas e teores de vitamina A e ferro, inclusive com relação ao tempo. Para a obtenção das amostras foram utilizados 125 animais divididos em quatro tratamentos com adição de urucum na ração (0,5% - T2; 1,0% - T3; 1,5% - T4 e 2,0% - T5) e 1 controle (0% - T1). Os animais foram separados aleatoriamente em cinco blocos de cinco animais, totalizando 25 animais por parcela. Os ovos após serem colhidos passaram por análise de qualidade e padronização: pesados, classificados pelo ovoscópio, análise gravimétrica, unidade Haugh, altura de albúmen e gema, espessura da casca, diâmetro e índice de gema. O colesterol foi medido por método colorimétrico e a alteração da cor da gema, foi medida em colorímetro. Foi utilizado Teste de Tukey em nível de 5% para comparação de médias, utilizando o software SAS. Com relação à análise de qualidade dos ovos, não apresentou diferença significativa entre os tratamentos. A unidade Haugh e o índice de gema apresentaram diferença que, não se deve à adição do urucum por não ser uma resposta linear. Com relação ao colesterol, os tratamentos T2 e T3 (0,5% e 1,0% respectivamente) não apresentaram diferença significativa entre si, porém todos os tratamentos se diferenciaram em relação ao controle, apresentando diminuição no nível de colesterol, com o aumento da porcentagem de urucum na ração. Ao longo do tempo, o colesterol, mesmo administrando-se urucum para os animais, apresentou aumento significativo. Em relação a cor, determinada através do colorímetro Minolta, foram encontrados os seguintes resultados: para L, T1 e T2 apresentaram os valores superiores e, T4 e T5 os mais baixos; para a*: T4 e T5 apresentaram os maiores valores, diferindo dos demais; para b*: T1 e T2 apresentaram os maiores valores diferindo dos demais. Foi calculado também o Croma (cor) e Hue-Angle (saturação da cor). Para carotenóides (β e α caroteno), T5 apresentou valores superiores aos demais, diferindo estatisticamente (p<0,05). Com relação ao ferro total, T5 apresentou valores superiores aos demais, além do ferro dialisável, que provavelmente pela presença do aumento de carotenóides, também apresentou-se superior. Assim, pode-se concluir que a utilização de urucum na ração de poedeiras é útil, pois não interfere na qualidade dos ovos, influi na redução do colesterol, promove a cor das amostras, aumento de carotenóides e conteúdo de ferro.
Título em inglês
Effect of anatto (Bixa orellana) in alteration of caracteristics of poultry laying eggs
Palavras-chave em inglês
anatto
cholesterol
dialysable iron
eggs
eggs quality
iron
laying hens
vitamin A
yolk color
Resumo em inglês
The poultry meat and eggs are foods of high nutritional value, because they have all vitamins, amino acids and essential minerals to constitute a life. The popular culture treats the anatto like a power agent anticholesterolemic, there to be amply utilized like color source amount in the kitchen whatever in poultry farmer industry like a pigment, cosiderated that national and foreigner consumers have preference eggs with yolk yellow-orange and chickens with skin pigmented well. This research evaluated the effects of addition of anatto (Bixa orellana L.) add in ration of laying hens, relating the possible interference of the anatto in egg quality, cholesterol color and level in the yolk and tenor of vitamin A and iron, including the relationship with the time. The samples were obtained from 125 animal divided in 4 treatments with adittion of anatto (0.5% - T2; 1.0% - T3; 1.5% - T4 and 2.0% - T5 of anatto added in the ration) and 1 control (0% - T1 of anatto). The animals were separated aleatoric in 5 blocks, each block with 5 animals, with total 25 animals by parcel. The eggs harvesters were submeted by analysis of quality and standardization: they were weighty, classified by the eggscopic, gravimetric analysis, Haugh unit, albumen and yolk height, thickness of the shell, diameter and index yolk; the cholesterol was measured by a color methodology and the alteration of the yolk color, was measured in colorimeter. The statistic analysis was maked employing the Turkey test, level 5%, to compair means, utilized the SAS program. About the eggs quality analysis, they don’t showed significative difference between the treatments. The Haugh unit and the yolk index showed difference but it was not relationed to anatto add in ration. About the cholesterol, it decreased with the addition of anatto, but it increase with the time, even administrating anatto for the animals, there’s a significative increase at the cholesterol level. The color determined by the colorimeter, is dividing in 3 parts the prism: L, a* e b*: to L, T1 e T2 (control and 0.5% respectively) presented lower levels and, T4 and T5 (1.5% e 2.0% respectively) the highest. To a*: only T4 and T5 (1.5% and 2.0% respectively) don’t have difference of all. To b*: T1 and T2 (control and 0.5% respectively) presented the minimum value difering of all. There was calculated either, Croma (color) and Hue-Angle (color saturation). About the carotenes (β and α carotene), T5 showed higher values of the other, disagree of the statistics. About the total iron, T5 showed higher to the others, besides of the dialysable iron, that probably because of the presence of the increase of carotenes, showed higher either. So, can conclude that the utilization of anatto in ration of laying hens is very interesting, because it doesn’t interfere in the eggs quality, flow into the cholesterol reduction and color of the samples and increase carotenes and iron.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarciaHarder.pdf (916.44 Kbytes)
Data de Publicação
2006-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.