• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-23062009-145704
Documento
Autor
Nome completo
Michele Xavier Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Trivelin, Paulo Cesar Ocheuze (Presidente)
Cantarella, Heitor
Vitti, Godofredo Cesar
Título em português
Eficiência agronômica da adubação de soqueira de cana-de-açúcar com cloreto de amônio
Palavras-chave em português
Adubação
Cana-de-açúcar
Fertilizantes nitrogenados.
Resumo em português
A maior dificuldade de incorporação no solo dos fertilizantes nitrogenados é preocupante no sistema de cana crua e, uma vez, que a uréia é a fonte mais utilizada, pode-se incorrer em riscos de perdas de NH3 por volatilização. Nesse sentido, foi realizado experimento em campo (LATOSSOLO VERMELHO Argiloso Distrófico) com o objetivo de avaliar a eficiência agronômica do cloreto de amônio em relação a outras fontes comerciais de N em soqueira de segundo corte (cultivar SP89 1115), bem como o efeito do N-residual no ciclo subseqüente (terceira rebrota). O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos constaram de quatro fontes nitrogenadas: cloreto de amônio (CA), nitrato de amônio (NA), sulfato de amônio (SA) e uréia (U), aplicados na dose de 120 kg ha-1 de N, enquanto que o cloreto de amônio foi aplicado nas doses de N: 60, 120 e 180 kg ha-1. Incluiu-se um tratamento testemunha sem adição de N-fertilizante. A cana soca de segundo corte foi colhida em novembro de 2006 e em dezembro de 2006 foram aplicados os tratamentos. A colheita mecanizada sem queima prévia do canavial foi realizada em novembro de 2007 e em dezembro de 2007 foi aplicado 450 kg ha-1 do formulado 20-5-19, visando avaliar o efeito do N-residual dos tratamentos implantados em dezembro de 2006. Para a safra 2006/2007 a maior produção de colmos e Pol da cana em t ha-1 relacionadas à fonte de nitrogênio foram obtidas no tratamento SA, diferindo-se significativamente da testemunha, não diferindo porém dos tratamentos U e CA. As maiores médias de concentração foliar (F+1) para nitrogênio foram dos tratamentos com adubação nitrogenada, promovendo efeito positivo nas concentrações foliares de P, Mg e S. A produtividade de colmos (TCH) na colheita de novembro de 2006 respondeu de forma linear ao incremento das doses de N na forma de cloreto de amônio. As margens de contribuição agrícola foram positivas para todos os tratamentos, inclusive para a testemunha. Com relação ao efeito do N-residual na safra 2007/2008, verificou-se em geral, que as concentrações de macronutrientes na F+1 de cana-de-açúcar estavam dentro da faixa considerada adequada para o Estado de São Paulo. O N-residual das doses de CA resultou em significativa redução na produção de colmos (TCH) e açúcar (TPH). Para o N-residual das fontes de N, o tratamento SA foi o que apresentou a maior produção de colmos, diferindo dos tratamentos U e CA. O Nresidual do tratamento SA120 foi o que apresentou a melhor relação custo-benefício para a produção de colmos. Concluiu-se, que a fonte CA na dose de 120 kg ha-1 de N em adubação de soqueira de segundo corte mostrou-se agronomicamente eficiente em relação às fontes de N comumente utilizadas pelo setor canavieiro, apresentando menor eficiência do N-residual no ciclo subsequente.
Título em inglês
Agronomic efficiency of the sugarcane ratoon fertilization with ammonium chloride
Palavras-chave em inglês
Nitrogen doses.
Nitrogen sources
Saccharum spp
Resumo em inglês
The greatest difficulty of incorporation into the soil of nitrogen fertilizer is worrying in the system of "green cane" (sugar cane harvested without burning), and once that urea is the nitrogen source most used, we can incur risks of loss by volatilization of NH3. Accordingly, an experiment was conducted in the field (Distrofic Red Oxisol clayed) to evaluate the agronomic efficiency of ammonium chloride in relation to other commercial sources of N in a second harvested sugarcane ratoon (cultivar SP89 1115), and the effect of residual-N in the subsequent agricultural cycle of growth (third sugar cane ratoon). The experimental design was a randomized block design with four replications. The treatments consisted of four nitrogen sources: ammonium chloride (AC), ammonium nitrate (AN), ammonium sulfate (SA) and urea (U), applied at a dose of 120 kg ha-1 of N, while the ammonium chloride was applied at doses of N: 60, 120 and 180 kg ha-1. It was included a control treatment without addition of fertilizer-N. The mechanical harvesting of second sugar cane ratoon was performed in November of 2006 (without burning) and in December of 2006 the treatments were applied. The harvest of third sugarcane ratoon without prior burning was held in November of 2007 and in December of 2007 was applied 450 kg ha-1 made of a formule 20-5-19, to evaluate the effect of residual-N. For the 2006/2007 agricultural growth season of sugarcane ratoon the greatest production of sugar cane stalks and Pol in t ha-1 related to the nitrogen source were obtained in the SA treatment, and it was significantly different from control treatment, but not differing from the U and CA treatments. The highest average concentration of leaf nitrogen (L+1) were for the treatments with nitrogen, promoting positive effect on foliar concentrations of P, Mg and S. The productivity of stalks (TCH) in the final harvest (November of 2006) responded linearly to the doses of N as ammonium chloride. The margin of agricultural contribution were positive to all treatments, including the control. Regarding the effect of residual fertilizer-N in the agricultural growth season of 2007/2008, there was in general, the concentration of nutrients in the L +1 of sugarcane were within of the considered appropriate range for sugarcane growth in the State of São Paulo. The residual doses-N of AC resulted in significant reduction in the production of stalk (TCH) and sugar (TPH). The residual-N from the SA treatment showed the highest production of stalks, differing from the U and AC treatments. The residual-N from the treatment SA120 showed the most cost-effective for the production of stalks. It was concluded that the AC source at a dose of 120 kg ha-1 of N fertilization was shown to be agronomically effective in relation on N sources commonly used by the sugarcane sector in Brazil, showing lower efficiency of residual-N in the subsequent agricultural growth cycle.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Michele_Xavier.pdf (1.02 Mbytes)
Data de Publicação
2009-07-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.