• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-18022003-155114
Documento
Autor
Nome completo
Karina Batista
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Francisco Antonio (Presidente)
Carmello, Quirino Augusto de Camargo
Werner, Joaquim Carlos
Título em português
Respostas do capim-marandu a combinações de doses de nitrogênio e enxofre.
Palavras-chave em português
capim marandu
clorofila
dosagem
perfilhamento
relação nitrogênio-enxofre
solução nutritiva
Resumo em português
A baixa disponibilidade de nutrientes na exploração da pastagem é um dos principais fatores que interfere tanto na produtividade como na qualidade da forrageira. O presente trabalho objetivou avaliar os efeitos de combinações de doses de nitrogênio com doses de enxofre para a Brachiaria brizantha cv. Marandu, cultivada em solução nutritiva, utilizando sílica como substrato, em um experimento conduzido em casa-de-vegetação, em Piracicaba-SP, no período de setembro a dezembro de 2001. Utilizou-se um esquema fatorial 5 2 fracionado, com 13 combinações assim definidas, para nitrogênio e enxofre na solução nutritiva: 14 e 3,2; 14 e 32; 14 e 80; 126 e 12,8; 126 e 64; 210 e 3,2; 210 e 32; 210 e 80; 336 e 12,8; 336 e 64; 462 e 3,2; 462 e 32 e 462 e 80 mg L -1 , as quais foram distribuídas segundo delineamento estatístico de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram realizados dois cortes nas plantas, ocasiões em que se separou a parte aérea em folhas emergentes, lâminas de folhas recém-expandidas, lâminas de folhas maduras e colmos mais bainhas. Após o segundo corte as raízes foram separadas do substrato e tiveram o comprimento e a superfície avaliados. Os resultados demonstraram que a interação entre as doses de nitrogênio e enxofre foi significativa para o número total de perfilhos, o número total de folhas expandidas, o teor de clorofila, a área foliar, a produção de massa seca da parte aérea, a concentração de nitrogênio em folhas emergentes e nas raízes, a concentração de enxofre e a relação N:S em folhas emergentes, lâminas de folhas recém-expandidas e lâminas de folhas maduras em um ou ambos os cortes. Para a atividade da redutase do nitrato não foi observada significância quer para a interação entre as doses de nitrogênio e enxofre, quer para as doses individuais de nitrogênio e enxofre. A máxima concentração de nitrogênio (31,6 g kg -1 ) nos componentes do capim foi observada nas folhas emergentes na dose de nitrogênio de 462 mg L -1 por ocasião do primeiro corte. Para o enxofre a máxima concentração (2,8 g kg -1 ) foi observada nos colmos+bainhas na dose de nitrogênio de 14 mg L -1 , à época do segundo corte. A relação N:S nas lâminas de folhas recém-expandidas variou de 2,8:1 a 37,2:1 sendo o mínimo observado com muito baixo suprimento de nitrogênio e o máximo dessa relação ocorrendo com fornecimento de alta dose de nitrogênio combinada com baixa disponibilidade de enxofre. É necessário suprir enxofre quando se incrementa a disponibilidade de nitrogênio para o capim-Marandu.
Título em inglês
Response of the marandu grass to combinations of nitrogen and sulphur rates.
Palavras-chave em inglês
chlorophyll
marandu grass
nitrogen-sulphur ratio
nutrient solution
portion
tillering
Resumo em inglês
The low availability of nutrients in the exploration of the grassland is one of the main factors to interfere in grass productivity and quality. This experiment had the objectives of evaluating the effects of combinations of nitrogen and sulphur rates to Brachiaria brizantha cv. Marandu, grown in nutrient solution, using ground quartz as substrate. The experiment was carried out in a greenhouse located Piracicaba, São Paulo State from September to December of 2001. It was a incomplete factorial set in radomized blocks with four replications, and the 13 combinations of nitrogen and sulphur were: 14 and 3.2; 14 and 32; 14 and 80; 126 and 12.8; 126 and 64; 210 and 3.2; 210 and 32; 210 and 80; 336 and 12.8; 336 and 64; 462 and 3.2; 462 and 32; 462 and 80 mg L -1 . Forage grass was harvested twice and in each one plant tops were separated in emergent leaves, lamina of recently expanded leaves, lamina of mature leaves and culms plus sheaths. After the second harvest roots were taken from the substrate and had the lenght and surface determined. The results showed significant interaction between nitrogen and sulphur rates for the number of total tillers, number of total expanded leaves, chlorophyll concentration (SPAD), leaf area, plant tops dry weight, nitrogen concentration in emergent leaves and in the roots, and sulphur concentration and N:S ratio in emergent leaves, lamina of recently expanded leaves and in lamina of mature leaves in the Marandu grass at one or both harvests. Significant interaction between nitrogen and sulphur rates in the first harvest in the dry matter yield of the top parts. It was not significant either the interaction between nitrogen and sulphur rates or nitrogen and sulphur rate. Maximum nitrogen concentration (31.6 g kg -1) was found in emergent leaves at the nitrogen rate of 462 mg L -1, in the first harvest. Sulphur concentration was maximum in the culms plus sheaths (2.8 g kg -1) on nitrogen rate of 14 mg L -1 at the second harvest. The N:S ratio in the lamina of recently expanded leaves ranged from 2.8:1 to 37.2:1, with the minimum value observed with the very low nitrogen supply and the maximum with high nitrogen rate combined with low sulphur availability. There is a need of sulphur supply when nitrogen is made highly available to Marandu grass.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
karina.pdf (541.23 Kbytes)
Data de Publicação
2003-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.