• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-03072003-094123
Documento
Autor
Nome completo
Jorge Fernando Favaro Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2003
Orientador
Banca examinadora
Carmello, Quirino Augusto de Camargo (Presidente)
Beauclair, Edgar Gomes Ferreira de
Landell, Marcos Guimarães de Andrade
Título em português
Produção de colmos e exportação de macronutrientes primários por cultivares de cana-de-açúcar (Saccharum spp.).
Palavras-chave em português
cana-de-açúcar
colmos
exportação
nutrientes minerais do solo
variedades vegetais
vinhaça.
Resumo em português
A vinhaça é um resíduo que pode representar um problema ambiental, porém pode ser utilizado com fertilizante potássico na cultura da cana-de-açúcar, que apresenta uma grande importância na agricultura brasileira. A seleção de cultivares com um comportamento adequado às áreas que receberam esse resíduo, e o conhecimento das quantidades exportadas de macronutrientes primários pelos colmos, tem importância na melhoria da produtividade agrícola. Doze cultivares de cana-de-açúcar foram cultivadas em um LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO Distrófico psamítico (LVA) e um NITOSSOLO VERMELHO Eutroférrico latossólico (NV), no município de Rafard, SP, em áreas com aplicação de vinhaça, durante três safras. As cultivares, em função das características genéticas, do ano agrícola, do estágio e do conjunto de práticas utilizadas, apresentaram diferenças de produção, dentro de cada solo. A cultivar RB 835089 apresentou uma boa adaptação, enquanto que as cultivares RB 72454, SP 80-1842 apresentaram desempenho intermediário, nos dois ambientes. Já as cultivares RB 835486, RB 845257 e RB 825336 adaptaram-se melhor ao LVA e as cultivares SP 80-3280 e RB 855536 ao NV. As cultivares apresentaram concentrações diferentes de nutrientes em função do solo, do ano agrícola (estágio), das práticas culturais e da sua adaptabilidade ao ambiente e a ordem de exportação de macronutrientes primários obtida foi K>N>P. As exportações de nutrientes sofreram efeito do solo: LVA - 71; 14,2 (32,1 – P2O5); 141 (169 - K2O) kg ha -1 N, P e K, respectivamente e NV - 94; 9,2 (20,7 – P2O5) e 257 kg (310 - K2O) N, P e K, respectivamente.
Título em inglês
Yield of stalks and exportation of major nutrients by sugarcane (saccharum spp.) varieties.
Palavras-chave em inglês
exportation
soil mineral nutrients
stalks
sugarcane
varieties
vinass.
Resumo em inglês
The vinasse, a residue of sugarcane processing, can be an environmental risk. It is a potassium source that can be used for fertilization on sugarcane, which is a very important crop in Brazilian agriculture. The selection of varieties that shows high sugar yield per area unit and the determination of the amount of major nutrients in this crop has importance on achieving high yields. Twelve varieties were grown in a Hapludox and in a Kandiudalf soils in the state of São Paulo, Brazil, in vinasse application areas, during three harvests. The varieties presented yield differences, in each soil, as function of genetic characteristics, of the agricultural year and the set of management practices used. The variety RB 835089 presented a good adaptation, while the varieties RB 72454, SP 80-1842 had presented intermediate performance in the two soils used in the experiments. The varieties RB 835486, RB 845257 and RB 825336 adapted better in the Oxissol and the varieties SP 80-3280 and RB 855536 to the Alfisol. The varieties nutrients concentration varied with the soil, the agricultural year, the management practices and the adaptation environment. The order of exportation of primary macronutrients was K>N>P. The exportations of nutrients had soil effects: in the Oxisol - 71; 14,2 (32,1 - P2O5); (169 - 141 K2O) kg ha -1 of N, P and K, respectively, and in the Alfisol - 94; 9,2 (20,7 – P2O5) and 257 kg (310 – K2O) of N, P and K, respectively.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
jorge.pdf (596.93 Kbytes)
Data de Publicação
2003-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.