• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2015.tde-28042015-092841
Documento
Autor
Nome completo
Glauber dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bittar, Carla Maris Machado (Presidente)
Cassoli, Laerte Dagher
Lopes, Marcos Aurélio
Pedroso, Alexandre Mendonça
Salles, Marcia Saladini Vieira
Título em português
Caracterização do manejo de bezerras, da qualidade nutricional e microbiológica do colostro e da atitude do tratador de bezerras
Palavras-chave em português
Comportamento
Imunoglobulinas
Mentalidade
Microbiologia
Práticas de manejo
Qualidade nutricional
Resumo em português
Um dos motivos do baixo desempenho dos animais está em falhas durante o processo de colostragem, pois ele pode apresentar baixa qualidade nutricional e microbiológica. Após esta fase inicial de vida, o desempenho das bezerras sofre influência direta do manipulador. Na intenção de identificar pontos falhos no processo de criação de bezerras, objetivou-se caracterizar o manejo destes animais, através do levantamento das principais práticas zootécnicas adotadas, avaliar a composição nutricional e microbiológica do colostro fornecido aos recém nascidos e as características do tratador de bezerras. Para caracterizar os sistema de criação de bezerras realizou-se uma entrevista com 179 produtores e/ou técnicos, abordando questões relacionadas a criação de bezerras, desde o manejo da vaca seca até o desaleitamento. Para caracterizar o colostro, foram colhidas 66 amostras, diretamente da ordenha de vacas recém-paridas ou do banco de colostro, com as quais realizaram-se análises bromatológicas e microbiológicas. A avaliação da atitude dos tratadores de bezerras foi realizada através de uma entrevista com 100 tratadores, a qual permitiu colher dados de auto-relatos do responsável pela criação de bezerras. A entrevista foi conduzida com base em questionário semi-estruturado, aplicado por um único entrevistador e direcionado ao tratador de bezerras. Os itens de atitude foram medidos e classificados de acordo com a resposta do entrevistado em uma escala de cinco pontos (Escala de Likert). Através do levantamento foi possível identificar pontos de melhoria na criação de bezerras, principalmente com as vacas pré-parto e acompanhamento dos partos, além de um melhor cuidado com o processo de colostragem desde a identificação da qualidade do colostro até o momento correto de oferecer o alimento ao recém-nascido. Práticas de manejo direcionadas a obtenção de colostro de boa qualidade devem ser priorizadas, além de cuidados com a higienização da colheita e armazenamento do mesmo, pois apenas 22,6% das amostras de colostro atendem a recomendação de qualidade nutricional e microbiológica. Assim, grande parte dos bezerros nesta população estudada está propensa a apresentar falhas na transferência de imunidade passiva e exposta a patógenos quando alimentados com colostro materno. Para algumas variáveis o tratador tem uma atitude positiva, porém na prática o comportamento realizado nem sempre é o mesmo. É possível que os tratadores de bezerras tenham componentes afetivos e cognitivos positivos, ou seja, já tiveram experiência anterior de sucesso com as práticas ou ainda, conhecem a importância técnica das principais ações na criação. Porém, o componente comportamental sobressai sobre algumas ações, levando-os a uma divergência entre a atitude e o comportamento. Programas voltados para educação, treinamento e fortalecimento do comprometimento dos colaboradores é um caminho interessante na tentativa de reduzir as falhas na criação de bezerras.
Título em inglês
Characterization of the dairy calves' management, nutritional and microbiological quality of colostrum and handler attitude
Palavras-chave em inglês
Behavior
Immunoglobulin
Management practices
Mentality
Microbiology
Nutritional quality
Resumo em inglês
One cause of the low dairy calves performance is related to failures during colostrum feeding process, because it may have low nutritional and microbiological quality. After this initial period of life, the dairy calves performance is under direct influence of the handler. In an attempt to identify weak points in the dairy calves raising systems the study aimed to characterize the dairy calves management, through a survey of the main husbandry adopted practices, assess the nutritional and microbiological composition of colostrum and the calves handler attitude. To characterize the dairy calves raising system an interview with 179 producers and / or field technicians, addressing issues related to creation of calves from the dry cow management until weaning, was held. To characterize colostrum quality, 66 samples were collected directly from recently calved cows or colostrum bank, for chemical and microbiological analyzes. The evaluation of the attitude of calves handlers was conducted by interviewing 100 handlers, which allowed the collection of self-reported data. The interview was conducted based on a semi-structured questionnaire applied by a single interviewer and directed to calves handler. The items of attitude were measured and ranked according to the handler's response on a five point scale (Likert scale). Through the survey it was possible to identify areas for improvement in the dairy calves system of production, especially with pre-partum cows and monitoring of deliveries, and better care with the colostrum feeding process as to identifying the quality of colostrum to the correct feeding time for the newborn. Management practices aimed to obtain good quality colostrum must be priorities besides, care with sanitation during the harvest and storage of the same, since only 22.6% of colostrum samples meet the recommendation of nutritional and microbiological quality. Thus, most of the calves in the studied population are likely to present failures in the transfer of passive immunity and exposed to pathogens when fed colostrum. For some variables the handler has a positive attitude, but in practice the behavior performed is not always the same. It is possible that the calves handlers have positive affective and cognitive components, in other words, have had previous experience of successful practices or even know the technical importance of the main practices in dairy calves raising. However, the behavioral component stands on some actions, leading them to a divergence between the attitude and behavior. Programs for education, training and commitment of employees are an interesting way to reduce the low performance of dairy calves.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.