• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2005.tde-19072005-144759
Documento
Autor
Nome completo
Jony Koji Dairiki
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Cyrino, Jose Eurico Possebon (Presidente)
Lima, Margarida Maria Barros Ferreira
Menten, José Fernando Machado
Título em português
Exigência em lisina pelo "black bass" Micropterus salmoides.
Palavras-chave em português
aminoácidos
black bass
lisina
nutrição animal
peixe de água doce
proteínas
Resumo em português
Os elevados custos atribuídos à nutrição na piscicultura ligam a eficiência alimentar ao sucesso da atividade e à redução do impacto ao meio ambiente. Estudos sobre a nutrição e determinação de exigências nutricionais em aminoácidos são, portanto, ferramentas importantes para a consolidação da piscicultura comercial racional e com viabilidade econômica. A determinação da exigência em lisina para o “black bass” Micropterus salmoides foi feita em ensaio de dose-resposta e os dados coletados foram analisados por meio de três modelos estatísticos: regressão polinomial, regressão segmentada e modelagem matemática específica, para estimar a utilização e exigência dos aminoácidos. Foi utilizada a relação A/E = [(aminoácido essencial ÷ total de aminoácidos essenciais + cistina + tirosina) x 1.000], para estimar as exigências nutricionais dos demais aminoácidos essenciais em relação à lisina determinada no experimento dose-resposta. As unidades experimentais foram constituídas por lotes de 25 alevinos de black bass (1,29 ± 0,03 g; 4,35 ± 0,17 cm) condicionados a aceitar ração seca, alojados em gaiolas de PVC atóxico (abertura de malha 5 mm) com capacidade de 60 L e instaladas em caixas de polipropileno com capacidade de 1.000 L, com troca parcial de água num sistema fechado de recirculação e aeração. Os tratamentos correspondiam aos níveis crescentes de lisina: 1,0; 1,5; 2,0; 2,5; 3,0 e 3,5% na dieta n=4), num delineamento inteiramente aleatorizado (DIA). O modelo estatístico da regressão segmentada foi o modelo mais apropriado para determinação da exigência dietética de lisina para os alevinos de black bass em experimento dose-resposta. A exigência dietética em lisina para peso final, ganho de peso e taxa de crescimento específico foi de 2,1% da dieta ou 4,9% da proteína dietética. A exigência dietética de 1,69% de lisina na dieta ou 3,9% de lisina na proteína condicionou o melhor índice de conversão alimentar. O uso do perfil de aminoácidos corporais do black bass foi adequado como referência para estimar as exigências nutricionais de aminoácidos.
Título em inglês
Lysine requirements of largemouth bass Micropterus salmoides.
Palavras-chave em inglês
aminoacids
animal nutrition
black bass
freshwater fish
lysine
proteins
Resumo em inglês
Adequate nutrition of fish stocks interconnects fish feeding efficiency, profitability and mitigation of environmental impact of fish farming. Knowledge on amino acids requirement of farmed fish boosts rationalization and profitability of fish farming systems. This study compares estimation of amino acids requirements of largemouth bass Micropterus salmoides from data of lysine dose-response trials, analyzed through different statistical models: polynomial regression, broken-line analysis and specific mathematical modeling. Amino acids requirements were estimated through the A/E relationship [A/E = (essential amino acid ÷ total essential amino acids + cystine + tyrosine) x 1.000]. Groups of 25, feed-conditioned largemouth bass fingerlings (1.29 ± 0.03 g; 4.35 ± 0.17 cm), were stocked in 60-L cages (5 mm mesh) placed in 1,000-L plastic, indoor tanks, closed circulation system, and fed diets containing 1.0, 1.5, 2.0, 2.5, 3.0, or 3.5% lysine, in a totally randomized experimental design trial (n = 4). The broken-line analysis method yielded more reliable and precise estimations of lysine requirements – 2.1% of diet or 4.9% dietetic protein – for final weight, weight gain and specific growth rate. Best feed conversion ratio was attained with 1.69% lysine in the diet or 4.9% lysine in dietetic protein. Body amino acids profile was an adequate reference for estimation of largemouth bass amino acids requirements.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
JonyDairiki.pdf (489.85 Kbytes)
Data de Publicação
2005-08-11
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • DAIRIKI, J.K., DIAS, C. T. S., and CYRINO, J. E. P. Lysine requirements of largemouth bass Micropterus salmoides: A comparison of methods of analysis of dose-response trials data. Journal of Applied Aquaculture, 2007, vol. 19, p. 1-27.
  • DAIRIKI, J.K., et al. Suplementação da dieta do carnívoro black bass (Micropterus salmoides) com vitamina C. In IX Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo, Piracicaba, SP, 2001. Anais do Simpósio Internacional de Iniciação Científica da Universidade de São Paulo IX.Piracicaba, SP : Universidade de São Paulo, 2001. Resumo.
  • DAIRIKI, J.K., et al. Suplementação da dieta do carnívoro black bass Micropterus salmoides com vitamina C (ácido ascórbico). In XII Simpósio Brasileiro de Aquicultura, Goiânia, GO, 2002. Anais do XII Simpósio Brasileiro de Aquicultura.Goiânia, GO : Associação Brasileira de Aqüicultura, 2002.
  • DAIRIKI, J.K., PORTZ, L., e CYRINO, J. E. P. Suplementação da dieta do carnívoro black bass Micropterus salmoides com vitamina C (ácido ascórbico). In XII Simpósio Brasileiro de Aqüicultura, Goiânia, 2002. Anais do XII Simpósio Brasileiro de Aqüicultura: Artigos Científicos.Jaboticabal, SP : Associação Brasileira de Aqüicultura e Biologia Aquática, 2003.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.