• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-17092015-141653
Documento
Autor
Nome completo
Jéssica Nora Drum
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Sartori Filho, Roberto (Presidente)
Gimenes, Lindsay Unno
Machado, Mariana Fernandes
Título em português
Perfil hormonal e expressão de genes associados ao desvio folicular ovariano em bovinos
Palavras-chave em português
Bovino
Dominância folicular
Gene
Resumo em português
O experimento 1 objetivou estabelecer um modelo de estudo do desvio folicular, permitindo identificar o momento exato do início do desvio. Vacas das raças Nelore (NEL; n=11) e Holandês (HPB; n=10) tiveram emergência da onda folicular ovariana sincronizada e avaliação ultrassonográfica ovariana realizada a cada 12 h. Quando o maior folículo (F1) atingiu tamanho médio de início do desvio para sua raça (NEL: 6,5; HPB: 8,5 mm), em crossover, foram aleatorizadas em dois grupos (CON: Controle; ASP: Aspiração), com aspiração do F1 ASP e nas vacas do grupo CON não houve aspiração. Avaliações ultrassonográficas foram mantidas até 48h pós-desvio. Os dados foram analisados pelo PROC MIXED (P<=0,05). No grupo CON,12h após F1 atingir tamanho de desvio, diferiu em diâmetro com os demais (F2/F3), caracterizando desvio. Não foi observada diferença entre F1 na aspiração e F2 12h após, no grupo ASP nas duas raças. Não houve diferença entre F1 CON com F2 ASP após aspiração do F1. Todavia, F2 ASP apresentou maior diâmetro em relação ao F2 CON a partir de 12h após o momento do desvio, em ambas as raças. Foi realizada colheita de sangue em 0, 3, 6, 12 e 24h após aspiração, para avaliação da concentração plasmática de FSH e aumentou em 12h após aspiração do F1 ASP. O experimento 2, objetivou verificar expressão de genes associados ao desvio, CYP19A1 (Aromatase), receptor de LH (LHr) e PAPP-A (Pappalysin 1) em vacas NEL utilizando o mesmo modelo do experimento 1, entretanto obtendo células da granulosa por meio de lavagem intrafolicular. As vacas (n=10) tiveram emergência da onda sincronizada. Foram estabelecidos três tratamentos: 0h, o maior folículo atingiu 6,5 mm, e os dois maiores folículos foram aspirados (FD0h; FS0h); 12h, os dois maiores folículos (FD12h; FS12h) foram aspirados 12h após o maior atingir 6,5 mm; e grupo desvio, o maior folículo (FD0h) foi aspirado quando atingiu 6,5 mm, e o segundo maior (FS->FD) 12h depois. A suspensão contendo células da granulosa, foi centrifugada, o sobrenadante dosado para estradiol-17β (E2) por ELISA. O pellet foi analisado para expressão de RNAm. Análise estatística foi realizada pelo PROC MIXED do SAS. Concentração de E2 (ng/mL) para FS->FD diferiu do FS0h e FS12h e não diferiu de FD0h e FD12h comprovando que FS->FD na ausência de um FD0h aumenta sua concentração de E2 semelhante aos folículos dominantes. Não houve diferença entre os grupos para a expressão relativa para PAPP-A e CYP19A1. Para LHr, houve tendência de aumento na expressão nos folículos FS->FD, quando comparados ao do grupo 0h. Não houve diferença entre FS->FD e o grupo 12h. FD12h diferiu do grupo 0h (FD0h e FS0h) e FS12h. Conclui-se que, o segundo maior folículo é capaz de se tornar dominante quando se aspira o maior folículo permitindo que se tenha estimativa mais segura do momento exato da dominância; também, ocorre um aumento no FSH plasmático 12h após a aspiração do maior folículo. O aumento na expressão de LHr foi o principal fator para o estabelecimento do desvio em vacas NEL.
Título em inglês
Hormonal profile and expression of genes related to ovarian deviation in bovine
Palavras-chave em inglês
Cattle
Follicle dominance
Gene
Resumo em inglês
This study was conducted in two experiments. Experiment 1 aimed to establish a manipulative model to study follicle deviation. Nelore (NEL n=11) and Holstein (HOL n=10) cows had the emergence of the wave synchronized. Ovarian ultrasonography was performed every 12h. When largest follicle (F1) reached the average size of deviation to its breed (NEL: 6.5; HOL: 8.5 mm), cows were randomized into two groups (CON: control; ASP: Aspiration) in a crossover design. F1ASP was aspirated, and for cows of CON group there was no aspiration. Ultrasound exams were maintained through 48h post-deviation. Data were analyzed using PROC MIXED (P<=0.05). In the CON group, 12h after F1 has reached deviation size, there was difference in diameter in relation to F2 and F3, characterizing deviation. There was no difference between diameters of F1 at the time of aspiration and F2 12h after in the ASP group for both breeds. There was no difference between the F1 from CON group with F2 ASP group after F1 aspiration. However, F2ASP had a bigger diameter compared to the CON group F2 12h after the time of deviation in both breeds. Blood samples were collected at 0, 3, 6, 12 and 24h after aspiration, to evaluate plasma concentrations of FSH. FSH increased at 12h after the F1 aspiration in ASP group. Experiment 2 was conducted to verify the expression of genes associated with follicle deviation, CYP19A1 (aromatase), LH receptor (LHR) and PAPP-A (Pappalysin 1) in NEL cows using same model of experiment 1, however by obtaining granulosa cells through intrafollicular flushing. Cows (n=10) had the wave emergence synchronized. Three treatments were established: 0h, when the biggest follicle reached 6.5 mm, the two biggest follicles were aspirated (DF0h; SF0h); 12h, the two biggest follicles (DF12h; SF12h) were aspirated 12h after the biggest follicle had reached 6.5 mm; and deviation group, biggest follicle (DF0h) was aspirated when reached 6.5 mm, and the second biggest follicle (SF->DF) was aspirated 12h later. The follicular fluid granulosa cells was centrifuged and supernatant was assayed for 17β-estradiol (E2) concentration by ELISA. The pellet was analyzed for mRNA expression. Statistical analysis was performed using the SAS PROC MIXED. Concentration of E2 (ng/mL) for SF->DF differed from SF0h and SF12h and did not differ from DF0h and DF12h showing that SF->DF in the absence of a DF0h had an increased concentration of E2 similar to dominant follicles. There was no difference between groups for the relative expression of mRNA for PAPP-A and CYP19A1. For LHr expression, there was a tendency to increase in SF->DF follicles when compared to the group 0h. There was no difference between SF->DF and group 12h. DF12h differed from group 0h (DF0h/SF0h) and SF12h. In conclusion, second biggest follicle can become dominant when the biggest follicle is aspirated, allowing to have more reliable estimation of the exact moment of follicle deviation, associated with an increase in plasma FSH 12h after aspiration of the biggest follicle. Increased expression of LHr was the main characteristic of establishment of deviation in NEL cows.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Jessica_Nora_Drum.pdf (1.46 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.