• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-17092003-144000
Documento
Autor
Nome completo
Vicente de França Turino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2003
Orientador
Banca examinadora
Susin, Ivanete (Presidente)
Demarchi, João José Assumpção de Abreu
Nussio, Luiz Gustavo
Título em português
Substituição da fibra em detergente neutro (FDN) do bagaço de cana-de-açúcar in natura pela FDN da casca de soja em dietas contendo alta proporção de concentrado para cordeiros confinados.
Palavras-chave em português
bagaços
cana-de-açúcar
cascas
comportamento ingestivo animal
cordeiros
desempenho animal
dieta animal
digestibilidade
fibra
soja.
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar a substituição da FDN do bagaço de cana-de-açúcar in natura (BIN) pela FDN da casca de soja (CS) em dietas com alta proporção de concentrado para cordeiros confinados, foram realizados três experimentos: desempenho animal (Experimento I), digestibilidade dos nutrientes no trato digestivo total (Experimento II) e comportamento ingestivo (Experimento III). O Experimento I consistiu de um arranjo fatorial, onde foram utilizados 60 cordeiros da raça Santa Inês (peso vivo de 16,4 ± 0,3 kg e idade de 67 ± 2 ) dias em um delineamento experimental de blocos casualizados com 5 tratamentos e seis repetições. Os tratamentos utilizados foram: 100C (100% de concentrado), BIN14 (95% de concentrado e 5% de BIN), BIN18 (90% de concentrado e 10% de BIN), CS14 (92% de concentrado e 8% de CS) e CS18 (88% de concentrado e 12% de CS). As dietas foram formuladas para serem isoprotéicas e os teores de BIN e CS ajustados para que os valores de FDN fossem os mesmos entre as dietas BIN14 e CS14 (14%) e entre as dietas BIN18 e CS18 (18%). As dietas contendo CS proporcionaram maior (P=0,07) ganho de peso diário do que as dietas contendo BIN e os cordeiros alimentados com a dieta 100C apresentaram menor (P=0,09) consumo de matéria seca por peso metabóico do que os alimentados com as dietas que continham alguma fonte de fibra (BIN ou CS). Não foi observada diferença (P>0,10) na conversão alimentar. Observou-se uma interação (P<0,07) (Teor x Fonte) para o rendimento de carcaça quente e fria, onde as dietas com 14% FDN apresentaram desempenhos semelhantes, porém, a CS foi superior ao BIN nas dietas contendo 18% FDN. No Experimento II, foram utilizados cinco borregos da raça Santa Inês (35,6 kg PV e com idade de 5,5 meses) em um delineamento em quadrado latino 5 x 5. Os tratamentos utilizados foram os mesmos do Experimento I. As dietas que continham alguma das fontes de fibra promoveram maiores (P<0,05) consumos de matéria seca (MS), matéria orgânica (MO) e da FDN que a dieta 100C. Além disso, foi observado efeito das fontes de fibra sobre o consumo de FDN (P<0,025) e na digestibilidade dos nutrientes (P<0,001), onde a CS promoveu maior digestibilidade da MS, MO e da FDN que o BIN. No Experimento III, foram utilizados os mesmos animais e o mesmo delineamento experimental do Experimento I. As dietas contendo alguma das fontes de fibra promoveram maiores (P<0,05) tempos de ingestão, ruminação e mastigação (minutos/dia e minutos/g de FDN) que a dieta 100C. Ao se comparar as fontes de FDN, verificou-se que o BIN proporcionou maior (P<0,0001) atividade de ruminação que a CS (minutos/dia e minutos/g de FDN). Os teores de FDN interagiram com as fontes nos tempos despendidos para ingestão (P<0,002) e na atividade de mastigação (P<0,03) em minutos/dia e minutos/g de FDN, sendo que o BIN apresentou maiores resultados que a CS em ambos os teores (14 ou 18% FDN). A CS proporcionou melhores ganhos de peso e digestibilidade aparente dos nutrientes do que o BIN, apesar dos resultados indicarem que a FDN da CS possui apenas 14% da efetividade física do BIN. Entretanto, o BIN estimulou a ruminação e mastigação de cordeiros recebendo dietas com alta proporção de concentrado.
Título em inglês
Replacement of sugar cane bagasse neutral detergent fiber (ndf) by soybean hull ndf in high grain diets fed to feedlot lambs.
Palavras-chave em inglês
animal diet
animal feeding behaivour
animal performance
bagasse
digestibility
Fiber
hulls
lambs
soybean.
sugar cane
Resumo em inglês
Three trials were conduced to evaluate the replacement of sugar cane bagasse (SB) by soybean hulls (SH) as NDF source on lambs fed a high grain feedlot diet. A performance trial (Trial I) with 60 Santa Ines ram lambs (16.4 kg BW and 67 days old), was conduced on a factorial arrangement, in a complete randomized block design, with 5 treatments and six replications. The treatments were: 100C (all concentrate diet), SB14 (95% concentrate and 5% SB), SB18 (90% concentrate and 10% SB), SH14 (92% concentrate and 8% SH) and SH18 (88% concentrate and 12% SH). Diets were isoproteic, and the levels of NDF were adjusted to be 14% (SB14 and SH14) or 18% (SB18 and SH18) for both NDF sources. Animals on SH diets had higher ADG (P=0.07) than animals on SB. 100C diet decreased (P=0.09) dry matter intake (PV 0.75 ) compared to diets containing fiber sources (SB or SH). There was no difference (P>0.10) on feed conversion. An interaction (P<0.07) among NDF source and level was observed for the hot and cold carcasses yields. SH at 18% NDF had higher carcasses yields than SB at the same NDF level. On digestibilty trial (Trial II), five Santa Ines ram lambs (35.6 kg BW and 172 days old), were used in a 5 x 5 Latin square design. Experimental treatments were the same as those used on Trial I. Diets with fiber sources (SH or SB) increased (P<0.05) dry matter (DM), organic matter (OM) and NDF intakes compared to 100C diet. NDF intake (P<0.025) and nutrient digestibilities (P<0.001) were affected by fiber sources, with improved DM, OM and NDF digestibilities for SH treatments compared to SB. During the Trial I a behavioral evaluation (Trial III) was performed. Diets containing fiber sources had an increased (P<0.05) eating, ruminating and chewing times (minutes/day and minutes/g NDF) compared to 100C diet. SB increased (P<0.0001) the rumination activity in relation to SH (minutes/day and minutes/g NDF). There were interactions of NDF levels and sources for time spent feeding (P<0.002) and chewing activities (P<0.03) (minutes/day and minutes/g NDF), where higher for SB in both NDF levels (14 or 18%). SH resulted in higher weight gain and nutrient digestibilities than SB, although, the results indicate that NDF from SH has only 14% of physical effectiveness of SB. However, SB improved rumination and chewing activities when lambs were fed high grain diets.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
vicente.pdf (157.64 Kbytes)
Data de Publicação
2003-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.