• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-17072002-172424
Documento
Autor
Nome completo
Daniel Silva Pagotto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2001
Orientador
Banca examinadora
Corsi, Moacyr (Presidente)
Pedreira, Carlos Guilherme Silveira
Rodrigues, Luis Roberto de Andrade
Título em português
Comportamento do sistema radicular do capim Tanzânia (Panicum maximum, Jacq.) sob irrigação e submetido a diferentes intensidades de pastejo.
Palavras-chave em português
capins
irrigação
pastejo
raiz
Resumo em português
O presente estudo foi realizado na Fazenda Areão, unidade da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", em Piracicaba - SP (22°42'30" Latitude Sul ; 47°38'30" Longitude Oeste) e teve por objetivo avaliar a dinâmica do sistema radicular do capim Tanzânia (Panicum maximum, Jacq.) quando submetido a três intensidades de manejo, correspondidas pelos resíduos pós pastejo de 1000, 2500 e 4000 kg de matéria seca verde por hectare (MSV.ha-1). A área experimental foi irrigada por pivô central, sendo pastejada por novilhos da raça nelore e manejada de forma rotacionada com ciclo de 36 dias, sendo 3 dias de ocupação e 33 dias de descanso. Foram realizadas análises quantitativas da densidade radicular através de sua massa, superfície e comprimento. As análises qualitativas se relacionaram à separação entre as raízes vivas e mortas, de maneira que pudéssemos verificar mais efetivamente o real potencial de absorção para os diferentes tratamentos, assim como o estresse imposto pelo pastejo em cada situação. O desenvolvimento do sistema radicular do capim Tanzânia mostrou comportamento inversamente proporcional às intensidades de pastejo impostas, relacionando pastejos intensos a uma retomada mais lenta na atividade de raízes. Nas condições de irrigação e adubação impostas, o resíduo 1000 kg MSV.ha-1 mostrou menor atividade radicular em relação aos tratamentos de 2500 e 4000 kg MSV.ha-1 de resíduo pós pastejo. Até 12 dias após o pastejo não houve crescimento de novas raízes, indicando que a planta fica sob condição de estresse até pelo menos 2 semanas após ser colhida, independente do manejo imposto. No entanto, para o pastejo mais intenso (resíduo 1000 kg MSV.ha-1), o desenvolvimento radicular ficou comprometido até 21 dias após o pastejo. Para as profundidades analisadas (0-20 e 0-40 cm), na média dos 3 tratamentos, em torno de 76% das raízes vivas e 82% das raízes mortas foram encontradas nos primeiros 20 cm de solo. Estes resultados indicam a possibilidade de novas pesquisas utilizarem apenas esta profundidade para amostragens, uma vez que os valores são relevantes e a dificuldade de coleta em maiores profundidades é fator limitante para trabalhos com raízes. A separação de raízes vivas pareceu ser uma boa metodologia para melhorar a acuracidade na análise dos resultados, já que amostragens do sistema radicular de plantas forrageiras apresentam variabilidade alta. Estudos que relacionem a decomposição e renovação do sistema radicular de forrageiras tropicais com fatores bióticos e abióticos deveriam ser intensificados, buscando melhor entendimento dos fluxos de tecidos da planta inteira em diferentes estações do ano. Metodologias de amostragens associadas a conceitos de interpretação estatística em processos biológicos deveriam ser revistos, uma vez que os estudos existentes sobre sistema radicular de plantas forrageiras tropicais poucas vezes são conclusivos quando interpretados pela estatística ortodoxa.
Título em inglês
Root system dynamics of irrigated tanzania grass (Panicum maximum, Jacq.) pasture managed under different grazing intensities.
Palavras-chave em inglês
grasses
irrigation
pastures
roots
Resumo em inglês
The present study was carried out at Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba - SP, SP (22°42'30" S; 47°38'30" W) to evaluate the root system dynamics of irrigated Tanzania grass (Panicum maximum cv. Tanzania) pasture managed under three grazing intensities, determinated by adjusting the post grazing residues to 1000, 2500 and 4000 kg of green dry matter per hectare (GDM.ha-1). The experimental area was irrigated by a central pivot system. Nelore steers were used in a 36 days rotational grazing system, represented by an occupation period of 3 days and resting period of 33 days. Quantitative and qualitative evaluations were both performed. In the former case the variables measured were root mass, surface and length. In the latter case, collected samples were separated into live and dead roots, providing a reliable way to assess grazing intensity effects upon root system dynamics. Root system development responded inversely to grazing intensity. Hard grazing (1000 kg GDM.ha-1) was associated to slower root system regrowth compared to moderate (2500 kg GDM.ha-1) and lenient (4000 kg GDM.ha-1) grazing. In the 1000 kg GDM.ha-1 post-grazing residue no root development was observed up to three weeks, whereas for the other two treatments root regrowth was reactivated after 12 days. The three treatments averaged, 76% and 82% of live and dead roots, respectively, were found in the 0-20 cm soil layer. This information might suggest further research on root system dynamics could focus on sampling in the range of 0-20 cm depth. This seems reasonable, since the results obtained in this soil layer were representative and also because root samplings in depth greater than 20 cm (e.g. 20-40 cm) are not so easy to be performed as compared to samplings taken from 0-20 cm. Sample separation into live and dead roots provided a reliable and more accurate method to analyze the data. In part, this can be attributed to lower variability among samples. It is important to stress that additional work has to be undertaken to study decomposition and turnover of the root system of tropical pastures, as well as the relationship between these variables with biotic and abiotic factors. This effort should provide a better understanding on tissue turnover of the plant as a whole (shoots and root system). Finally, improved methods on root samplings should be developed. Also, new concepts on statistical interpretation for biological processes should be emphasized, due to difficulties in interpreting data on root system by conventional statistical methods.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
daniel.pdf (1.35 Mbytes)
Data de Publicação
2002-08-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.