• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2014.tde-07072014-140757
Documento
Autor
Nome completo
Juan Camilo Esguerra Alvarez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Machado, Paulo Fernando (Presidente)
Pantoja, José Carlos de Figueiredo
Santos, Marcos Veiga dos
Título em português
O homem como fator de risco da mastite
Palavras-chave em português
Atitude
CCS
Comportamento
Fatores de risco
Homem
Mastite
Resumo em português
Apesar da legislação governamental, dos programas de pagamento por qualidade dos laticínios e do maior consumo de antibióticos, na última década mais de 45% dos rebanhos leiteiros no Brasil tem apresentado CCS acima de 400.000, sem que este valor venha se reduzindo. Existem, no entanto, dentro de uma população submetida às mesmas condições, rebanhos com alta e com baixa CCS. Cabe, então, perguntar por que isto acontece. Dado que a mastite, causadora da alta CCS, é uma doença multifatorial, objetivou-se, neste trabalho, verificar as diferenças entre as propriedades com alta e com baixa CCS e o impacto do homem, tanto o produtor como o ordenhador, sobre a CCS do rebanho. Para isto foram aplicados questionários estruturados e listas de verificação em 68 fazendas participantes de um mesmo programa de pagamento por qualidade e da mesma região. Os rebanhos foram agrupados em fazendas com alta CCS, CCS > 700 mil/mL; e fazendas com baixa CCS, CCS < 250 mil/mL. Os resultados indicam que o homem é o principal diferencial entre os rebanhos. Que tanto o produtor como o ordenhador influencia a CCS do rebanho, sendo que as variáveis que melhor explicam a probabilidade de uma fazenda apresentar baixa CCS são a atitude do produtor e o comportamento do ordenhador com relação à mastite. O comportamento do ordenhador, por sua vez, depende em primeiro lugar dos meios que dispõe para fazer o trabalho e, em segundo lugar, da sua atitude. Portanto, para que se melhore a qualidade do leite, devem ser tomadas medidas direcionadas a modificar a atitude e o comportamento do homem frente à mastite.
Título em inglês
The man as a mastitis risk factor
Palavras-chave em inglês
Attitude
Behavior
Man
Mastitis
Risk factors
SCC
Resumo em inglês
Despite the government legislation, of the industry´s programs for milk quality based payment, and the increased use of antibiotics, during the last decade more than 45% of the Brazilian dairy farms have presented SCC over 400.000, and the value does not diminish. Notwithstanding, within the same population and under the same conditions, there are herds of low and high SCC. Then, it is necessary to ask why is this happening. Mastitis is the cause of the high SCC, and mastitis is a multifactorial disease, therefore, the purpose of this research was to find out the differences between the properties with high and low SCC, and find out how the producer and the milker impact the SCC of the herd. For that purpose, structured questionnaires and checklists were applied in 68 farms, which were participating of the same quality-based payment program and were located in the same region. The herds were grouped in cases: farms with high SCC, SCC > 700.000, and controls: herds with low SCC, SCC < 250.000. The results suggest that the man is the main differential between farms. That the producer and the milker impact the SCC of the herd, and that the variables that better explain the chance of a farm to present low SCC, are the producer´s attitude and the milker's behavior toward mastitis. The results also showed that the milker's behavior depends mainly of the means and secondly, of his attitude. Therefore, to improve the milk quality, must be taken measures to modify the attitude and behavior of the man.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-08-22
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ALVAREZ, J. C. E., Cassoli, L. D., e MACHADO, P. F. O rebanho e a ordenha como fatores de risco da mastite no Brasil Resultados preliminares. Veterinária e Zootecnia, 2013, vol. 20, p. 76-77.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.