• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2015.tde-29042015-084027
Documento
Autor
Nome completo
Nelson Enrique Casas Leal
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Vello, Natal Antonio (Presidente)
Azevedo Filho, Joaquim Adelino de
Bernardi, Walter Fernando
Garcia, Antonio Augusto Franco
Pinheiro, José Baldin
Título em português
Adaptabilidade e estabilidade de progênies de soja tipo hortaliça nos estádios R6 e R8 em gerações avançadas de endogamia
Palavras-chave em português
Glycine max
Phakopsora pachyrhizi
Análise AMMI
Edamame
Ferrugem asiática da soja
Melhoramento de soja
Método de Eberhart e Russell
Soja tipo alimento
Resumo em português
A soja é um dos alimentos mais completos conhecidos pelo homem. A soja hortaliça ou "edamame" pertence à mesma espécie da soja cultivada para grãos, Glycine max (L.) Merrill. Edamame é um nome de origem japonesa usado para um tipo de soja consumida no estádio imaturo R6 e, também, caracterizada por terem vagens e grãos de tamanho grande, melhor textura e sabor. Apresenta grande potencial nutracêutico, favorecendo a manutenção da saúde e a redução dos riscos de diversas doenças crônicas. Os principais objetivos deste trabalho foram: a) estimar parâmetros genéticos úteis ao melhoramento, especialmente a interação genótipos x ambientes; b) avaliar adaptabilidade e estabilidade dos genótipos e a representatividade de ambientes; c) caracterizar os cruzamentos e suas progênies visando-se à extração de linhagens superiores. Os genótipos compreendem 42 progênies nas gerações F6:10 a F6:13 de 23 cruzamentos e três testemunhas (BRS 257, BRS 267 e IAC 100). As avaliações experimentais foram feitas em dois estádios de desenvolvimento, soja imatura R6 (dois anos agrícolas, 2011/12 e 2012/13) e soja matura R8 (quatro anos agrícolas, de 2009/10 a 2012/13). Os quatro anos agrícolas e três locais (Anhumas, Areão e ESALQ) foram combinados em nove ambientes. Em cada ambiente foram realizados dois experimentos envolvendo manejos distintos de fungicidas; no primeiro experimento foram feitas aplicações sucessivas de fungicidas para controle da ferrugem asiática da soja (FAS) e das doenças de final de ciclo (DFC), enquanto que no segundo experimento foram aplicados fungicidas para controle somente das DFC. Cada experimento foi delineado em blocos ao acaso, com três repetições. Cada repetição foi estratificada em dois conjuntos experimentais com testemunhas comuns, cada um deles conformando um bloco aumentado de Federer. A parcela experimental foi uma fileira com 5 metros x 0,50 m. As fontes de variação "anos", "locais" e "fungicidas" contribuíram significativamente na interação entre genótipos e ambientes, em ambos os estádios R6 e R8. Para a produtividade de vagens (PV) em R6, o método de Eberhart e Russell destacou quatro cruzamentos (19-005: USP 98-06.005 x J-75, 19-006: USP 98-06.005 x Hakucho, 19-045: USP 98-06.031 x Hakucho e 19-111: USP 98-06.029 x OCEPAR-4), gerando 15 progênies (destaques para 19-045-03-01 e 19-111-02-06) com alto potencial para uso como genitores e ou cultivares. A análise AMMI revelou que a grande maioria dos genótipos mostraram-se estáveis e com PV em torno de 150 g/2plantas. O maior destaque ficou com a progênie 19-111-01-09, com desempenho muito favorável para os caracteres de R6, alta produtividade de grãos (PG) e tolerância à ferrugem em R8. Para o estádio R8, o efeito de locais determinou que Areão foi o melhor local, para PG e peso de cem sementes (PSC). Para o estádio R6, o efeito de anos indicou que o ano agrícola 2012/13 foi o que mais favoreceu o desempenho das progênies para todos os caracteres. Foram detectadas correlações altas e significativas entre os caracteres PCS em R8 e peso de cem vagens em R6 (0,808**), bem como entre PCS e largura das vagens em R6 (0,725**).
Título em inglês
Adaptability and stability of vegetable soybean (edamame) progenies in R6 and R8 stages and advanced generations of inbreeding
Palavras-chave em inglês
Glycine max
Phakopsora pachyrhizi
AMMI Analysis
Asian soybean rust
Edamame
Food type soybean
Method of Eberhart and Russell
Soybean breeding
Resumo em inglês
Soybean is one of the most complete food known by the human being. The vegetable soybean or "edamame" belongs to the same species of the soybean cultivated as commodity, Glycine max (L.) Merrill. Edamame is a name with Japanese origin used for maintenance and reduction of the risks of several chronic diseases. The main objectives of this study were: a) to estimate useful genetic parameters to the breeding program of soybean vegetable, specially the genotype x environment interaction; b) to evaluate adaptability and stability of the genotypes and the representativeness of the environments; c) to characterize crosses and their progenies aiming the extraction of superior inbred lines. The genotypes corresponded to 23 crosses and their 42 progenies in advanced generations of inbreeding, that is from F6:10 to F6:13 generation, besides three common checks (BRS 257, BRS 267, and IAC 100). They were evaluated in two developmental stages, immature R6 and mature R8 soybean, during two (2011/12 and 2012/13) and four (2009/10 to 2012/13) growing seasons, respectively. The four crop years and three locations (Anhumas, Areão and ESALQ) were combined in nine environments. In each environment, there were carried out two experiments involving two fungicide managements; in the first experiment, there were made successive fungicide applications for controlling Asian soybean rust (FAS) and late season leaf diseases (DFC), whereas in the second experiment there were made fungicide applications for controlling only DFC. Each experiment was designed in a randomized complete-block design with three replications. Each repetition was divided into two experimental sets with common checks, forming an augmented design (Federer). The experimental plot was a row with 5 m x 0.50 m. The "crop years", "locations" and "fungicides" contributed significantly to the genotypes x environments interactions in both R6 and R8 stages. For pod yield (PV) in the R6 stage, the Eberhart and Russell method highlighted four crossings (19-005: USP 98-06005 x J-75, 19- 006: USP 98-06005 x Hakucho, 19-045: USP 98-06031 x Hakucho and 19 -111: USP 98- 06029 OCEPAR-4), generating 15 progenies (especially the numbers 19-045-03-01 and 19- 111-02-06) with the highest potential to be used as parents and or as new cultivars. The biggest highlight was the progeny 19-111-01-09, with very favorable performance for R6 traits, high seed yield (PG) and tolerance to rust in R8. The AMMI analysis revealed that almost all genotypes were stable and with PV around 150 g/2plants. For the R8 stage, the location effect determined that Areão was the best location for PG and one hundred seed weight (PCS). For the R6 stage, the year effect indicated that the crop year 2012/13 was the most favorable for the progeny performance for all traits. There were estimated highly significant correlation between PCS in R8 and one hundred pod weight in R6 (0.808 **), as well as between PCS and pod width in R6 stage (0.725**).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.