• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2007.tde-28082007-111030
Documento
Autor
Nome completo
Isabel Cristina Fialho Harder
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2007
Orientador
Banca examinadora
Scarpare Filho, João Alexio (Presidente)
Lima, Ana Maria Liner Pereira
Moraes, Jener Fernando Leite de
Pommer, Celso Valdevino
Silva Filho, Demostenes Ferreira da
Título em português
Fruticultura e desenvolvimento urbano do município de Louveira (SP)
Palavras-chave em português
Fruticultura
Planejamento territorial urbano
Sistema de Informação Geográfica
Resumo em português
O presente trabalho consistiu em analisar a fruticultura do município de Louveira (SP), para verificar se houve uma real involução da área frutícola. Foram realizados levantamentos documentais e de informações sobre o desenvolvimento urbano municipal; análise de diversas leis municipais; entrevistas em diversos órgãos municipais e estaduais; organizações de dados sobre o município em órgãos governamentais e não-governamentais e; avaliação das variações e transformações ocorridas nas áreas frutícolas do município entre 2000 e 2005, por meio de mosaico ortofotográfico. No levantamento realizado nos períodos de 2000 e 2005 foram analisadas as seguintes classes de uso da terra: campo sujo; caqui; mata; desenvolvimento urbano, corpos d?água; outras frutíferas; pêssego e uva. No levantamento realizado, foram encontradas as seguintes espécies de frutíferas: acerola, ameixa, caqui, goiaba, laranja, lichia, macadâmia, manga, maracujá, pêssego, poncã e uva. As áreas de campo sujo mantiveram-se estáveis quanto a porcentagem de cobertura, sofrendo um aumento de 0,15%. O desenvolvimento urbano do município de Louveira teve um crescimento de 47,33%, ou seja, da área ocupada de 577,33 ha passou para 850,58 ha. As áreas de mata sofreram redução 22,37%. Em 2000 a área total ocupada pela fruticultura era de 604,66 hectares, já em 2005 essa área passou para 306,82 hectares, apresentando uma redução de 46,06% da área cultivada por espécies frutícolas. A cultura de caqui sofreu uma redução de 27,68% sendo, que, 2,42 ha foram suprimidos em prol do desenvolvimento urbano e 0,15 ha foram substituídos por outras culturas frutícolas. A classe responsável pela maior redução foi a área de campo sujo, indicando que houve abandono de área de produção dessa cultura. As áreas que eram cultivadas com a classe outras frutíferas perderam 36,24%, principalmente por abandono dessas áreas, e que cresceu 4,19% de seu total em áreas pertencentes a essa classe. A cultura do pêssego também reduziu em 22,09 ha, que se tornou campo sujo, e o desenvolvimento urbano foi responsável pela redução de 0,98 ha. Em 2000, área plantada de pêssego era de 25,88 ha e em 2005 passou a 6,23 ha. Para a classe de uva, em 2000 a área plantada era de 507,87 ha e em 2005 passou a ser de 257,48 ha, desse total 9,93 ha foram substituídos pelo desenvolvimento urbano; 239,62 foram abandonados.
Título em inglês
Fruit culture and urban development in Louveira (SP) county
Palavras-chave em inglês
Fruit culture
Geografh Information System
Louveira
Planning urban territory
Resumo em inglês
This work shows and analyses the fruit culture in Louveira (SP), checking if there was a real involution of the area dedicated to the fruit culture. A survey was made of several laws and documents concerning the urban development; many government and non-government agents were interviewed. An evaluation of the fruit cultivated area was effected, comparing orthophotographic mosaics made in the years of 2000 and 2005.Analyses were concluded observing the following types of land use: caki, peach, grapes and other fruit cultures, as well as urban development, bush areas, dirty fields and water ponds. acerola, plum, caki, guava, orange, lichee, macadamia, mango, passion fruit, ponkan tangerines and grapes were object of observation. Urban development area increased 47.33%,from 577.33 ha in 2000 to 850.58 ha in 2005.Bush areas decreased 22.37%.The fruit producing area had an involution of 46.06%,i.e.,604.66 ha in 2000,against only 306.82 ha in 2005.Caki orchard areas decreased 27.68%,losing 2.42 ha for urban development and 0.15 ha for other fruit cultures. Dirty field areas gained more from the caki culture, indicating an abandonment of the purpose to grow this produce. Other fruit areas lost 36.24%, transformed in an increase of 4.19% of dirty fields .Peach culture lost 22.09 ha, which became dirty fields, while urban development was responsible for a 0.98 ha loss. In 2000, peach orchards occupied 25.88 ha; in 2005, only 6.23 ha. Grapes involution was from 507.87 ha to 257.48 ha during the same time. Urban development absorbed 9.93 ha of this culture, but other 239.62 ha were abandonned.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
IsabelHarder.pdf (20.78 Mbytes)
Data de Publicação
2007-09-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.