• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-26072002-162211
Documento
Autor
Nome completo
Erreinaldo Donizeti Bortolazzo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Victoria Filho, Ricardo (Presidente)
Christoffoleti, Pedro Jacob
Pitelli, Robinson Antonio
Título em português
Efeitos da área de controle das plantas daninhas (coroamento ou faixa) no desenvolvimento inicial de tangerina 'Poncã' (Citrus reticulata Blanco).
Palavras-chave em português
desenvolvimento vegetal – danos
plantas daninhas – competição
práticas culturais (fitotecnia)
Resumo em português
A presente pesquisa foi conduzida com o objetivo verificar a interferência das plantas daninhas no desenvolvimento inicial de Tangerineira 'poncã' (Citrus reticulata Blanco) enxertada sobre Limão "cravo" [Citrus limonia (L.) Osbeck], através de áreas de controle das plantas daninhas em coroamento ou em faixas de controle próximas as mudas no campo. Para tal finalidade foi conduzido um experimento em área do Departamento de Produção Vegetal, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", localizada no município de Piracicaba, Estado de São Paulo.As mudas de tangerina poncã foram plantadas em 10/03/1999, obedecendo o espaçamento de 6,0 m entrelinhas e 4,0 m entre plantas. As entrelinhas foram mantidas roçadas com roçadora tratorizada convencional. Os tratamentos experimentais foram dispostos em blocos casualizados com parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os dados obtidos foram submetidos ao teste F aplicado à análise de variância, e as médias confrontadas pelo teste de comparação múltipla de Tukey ao nível de 1 % e 5 % de probabilidade. Cada parcela experimental foi constituída por quatro plantas. As sub-parcelas foram constituídas por duas plantas. As plantas foram mantidas capinadas, com enxada, no sentido da linha para entrelinhas, a 25 cm, 50 cm, 75 cm e 100 cm de distância do tronco, além da parcela sem capina, e da parcela capinada. Nas sub-parcelas as capinas foram balizadas com arame em forma de circunferência, suspenso por seis estacas de madeira, para a capina em coroamento, e balizadas com quatro estacas as sub-parcelas destinadas a capina em faixas, conforme cada tratamento.O desenvolvimento das plantas de tangerina foi avaliadotrimestralmente, de 04/05/1999 até 19/07/2001, sendo medido o diâmetro do tronco, diâmetro da copa e altura. Os dados obtidos permitiramm as seguintes conclusões: No primeiro ano de implantação do pomar, são necessárias capinas na linha da cultura, para controle das plantas daninhas, de 75 cm em coroamento, ou de 25 cm em faixas de cada lado do tronco. No segundo ano de implantação do pomar, são necessárias capinas na linha da cultura, para controle das plantas daninhas, de 100 cm em coroamento, ou em faixas de 25 cm de cada lado do tronco. Os tratamentos com capinas em faixas permitiram um melhor desenvolvimento das plantas. No terceiro ano de implantação do pomar, são necessárias capinas na linha da cultura de 100 cm em coroamento ou 25 cm em faixas de cada lado do tronco.
Título em inglês
Effects of weed control area in rows on initial development of 'ponkan' mandarin (Citrus reticulata Blanco) trees.
Palavras-chave em inglês
competition
damages
harmful plants
practical cultural
vegetal development
Resumo em inglês
The objective of this research was to evaluate the weed interference on the initial development of "Ponkan" Mandarin trees grafted on "Cravo" [Citrus limonia (L.) Osbeck], through areas of weed control in rows (crown or strips) near to the young plants in the field. For that it was conducted an experiment in the experimental area of the Departamento de Produção Vegetal, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", in Piracicaba county, São Paulo state, Brazil.The young plants of mandarin were transplanted in 03/10/1999, in a 6,0 m by 4,0 m spacing. The inter rows were mowed using conventional mower powered by a tractor.The experimental treatments were set in a randomized block design with subplots, four replications. The data obtained were submitted to F test and analysis of variance, and the averages were compared using Tukey test at 1% and 5% level of probability. Each experimental plot had four plots. The sub-plots were constituted of two plants. The weeds surrounding the plants were manually hoed from the row center to the inter row direction, at 25 cm, 50 cm, 75 cm and 100 cm distance from the tree trunk, besides a plot weeded, and a plot entirely hoed. In the sub plots the weeds were hoed in a circle forming a crown unweeded around the tree trunk according to the treatments. The mandarin plant development was evaluated every three months from 05/04/99 to 07/19/01, being measured the trunk diameter, shot diameter and height. The obtained data allowed the following conclusions:In the first year after the orchard establishment, it was necessary weed control in the citrus row extending to a 75 cm of the crown, or 25 cm strips wide each side of the tree trunk. During the second year of mandarin orchard establishment manual weed control using hoe is necessary in a 100 cm crown diameter surrounding the tree trunk, or in the strips of 25 cm each side of the tree trunk. The treatments with manual hoe the strips allowed a better plants development. During the third year of mandarin orchard establishment manual weed control using hoe is necessary in the 100 cm diameter of the crown surrounding the tree trunk or in strips of 25 cm each side of the tree trunk.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
erreinaldo.pdf (379.64 Kbytes)
Data de Publicação
2002-09-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.