• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2010.tde-25022010-101815
Documento
Autor
Nome completo
Renata Oliveira Alvarenga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Marcos Filho, Julio (Presidente)
Cicero, Silvio Moure
Vieira, Roberval Daiton
Título em português
Testes para avaliação do vigor de sementes de milho superdoce
Palavras-chave em português
Análise
Fitotecnia
Milho
Raiz primária
Sementes - Fisiologia.
Resumo em português
A avaliação eficiente do potencial fisiológico é fundamental para a composição de programas de controle de qualidade de sementes. O objetivo da presente pesquisa foi avaliar a sensibilidade de diferentes procedimentos para diferenciar o vigor de amostras de sementes de milho superdoce, com ênfase no teste de emissão da raiz primária. Utilizaram-se sementes dos híbridos ´SWB 551` e ´SWB 585`, cada um representado por seis lotes produzidos pela empresa Dow AgroSciences®. Avaliou-se a germinação e o vigor (primeira contagem de germinação, velocidade de germinação, envelhecimento acelerado tradicional e com solução saturada de NaCl, teste de frio, comprimento de plântulas, emergência de plântulas em campo e emissão da raiz primária). No teste de emissão da raiz primária, foram avaliados, a cada 12 horas, os efeitos de três temperaturas (15°C, 20°C e 25°C), utilizando-se dois critérios (protrusão da raiz primária e registro de plântulas com raiz primária de, pelo menos, 2mm de comprimento). Concluiu-se que o teste de envelhecimento acelerado (procedimento tradicional) é considerado adequado para a avaliação do potencial fisiológico de sementes de milho superdoce. O teste de emissão da raiz primária a 15°C, quando são computadas plântulas com raiz primária de, no mínimo, 2mm de comprimento, também permite diferenciar lotes de sementes de milho superdoce quanto ao vigor.
Título em inglês
Tests for evaluation of supersweet corn seed vigor
Palavras-chave em inglês
Germination
Physiological potential
Primary root.
Seed analysis
Zea mays L
Resumo em inglês
The assessment of physiological potential is essential to compose seed quality control programs. This research was carried to verify the sensibility of different tests to evaluate the supersweet corn seed vigor, focusing on the protrusion of primary root test. Seeds of hybrids SWB 551 and SWB 585 produced by Dow AgroSciences® each represented by six lots were used. The evaluation of the physiological potential was achieved by germination and vigor tests (germination first count, speed of germination, traditional and saturated salt accelerated aging, cold test, seedling length, field seedling emergence and protrusion of primary root). In the protrusion of primary root test interpretation was performed every 12 hours at 15°C, 20°C or 25°C by two criteria (primary root protrusion and seedlings at 2 mm root stage). Results indicated that the traditional accelerated aging test is appropriate to assess supersweet corn seed vigor. The protrusion of primary root test at 15°C, when seedlings at 2 mm root stage are computed, also allows to rank supersweet corn seed lots according to vigor level.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.