• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-22082018-181625
Documento
Autor
Nome completo
Marina Viana Queiroz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sposito, Marcel Bellato (Presidente)
Roberto, Sergio Ruffo
Silva, Simone Rodrigues da
Tecchio, Marco Antonio
Título em português
Arquitetura da videira 'Niágara Rosada' no sistema de condução em espaldeira e a sua relação com a produção e acúmulo de reservas
Palavras-chave em português
Vitis labrusca L.
Acúmulo de reserva
Área foliar
Desponte
Resumo em português
A videira 'Niágara Rosada' é a principal cultivar de mesa produzida no estado de São Paulo. Essa cultivar é conduzida preferencialmente no sistema em espaldeira pelo baixo custo de implantação e por permitir manipulação do dossel através de podas. A estrutura do dossel afeta diretamente o desenvolvimento da planta, modificando a superfície foliar exposta à radiação solar que é responsável pelo acúmulo de carboidratos no sistema radicular. A quantidade de carboidratos de reserva pode influenciar diretamente a fertilidade das gemas, o vigor da planta e a produtividade do ciclo seguinte. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da superfície foliar de videiras 'Niágara Rosada', conduzidas no sistema em espaldeira com diferentes comprimentos dos ramos produtivos, na produção e no acúmulo de carboidratos de reserva no sistema radicular. Realizou-se dois experimentos com videiras conduzidas em sistema de espaldeira, nos ciclos produtivos de 2016 e 2017, na cidade de Piracicaba-SP. No primeiro experimento, após os ramos atingirem 100 cm de altura, foi realizado o desponte nas alturas de 80 e 60 cm. O segundo experimento, foi composto por cinco tratamentos: Desponte com 100 cm de altura, desponte com 70 cm após o ramo alcançar 100 cm de altura, desponte com 50 cm após o ramo alcançar 100 cm de altura, desponte com 70 cm e desponte com 50 cm. Em ambos os experimentos, o comprimento dos ramos produtivos não interferiu na qualidade dos frutos e na produção. Entretanto, no primeiro experimento, como o número de cachos deixados por planta foi muito alto, as plantas com ramos de 60 cm tiveram uma redução no acúmulo de amido no sistema radicular o que afetou a brotação de gemas e formação de cachos no ciclo seguinte. No segundo experimento, todos os tratamentos de desponte proporcionaram a mesma qualidade e produção, e por ter sido deixado uma quantidade de dois cachos por ramo, o acúmulo de amido no final do ciclo produtivo foi similar entre os tratamentos.
Título em inglês
Architecture of the vine 'Niagara Rosada' in the Vertically Shoot-Positioned (VSP) and its relation with the production and accumulation of storage of reserve
Palavras-chave em inglês
Vitis labrusca L.
Accumulation of starch
Leaf area
Topping
Resumo em inglês
The vine cv. Niagara Rosada is the main table cultivar produced in the state of São Paulo, Brazil. This cultivar is rather conducted in the Vertically Shoot-Positioned by the low implantation cost and for allowing canopy manipulation through pruning. The structure of the canopy directly affects the development of the vine, modifying the leaf surface exposed to the solar radiation that is responsible for the accumulation of carbohydrates in the root system. The amount of reserve carbohydrates can directly influence the fertility of the buds, the vigor of the plant and the productivity of the next season. The aim of this work was to evaluate the effect of the leaf surface of cv. Niagara Rosada vines, conducted in the Vertically Shoot-Positioned with different lengths of productive branches, in the production and accumulation of reserve carbohydrates in the root system. Two experiments were carried out with grapevines conducted in a vineyard system, in the productive cycle of 2016 and 2017, in Piracicaba-SP. In the first experiment, after the branches reached 100 cm in height, the shoot was performed at heights of 80 and 60 cm. The second experiment was composed of five treatments: Top with 100 cm high, with 70 cm after the branch reach 100 cm high, with 50 cm after the branch reach 100 cm high, with 70 cm 50 cm. In both experiments, the length of productive branches did not interfere in fruit quality and yield. However, in the first experiment, as the number of bunches left per vines was very high, the vines with branches of 60 cm had a reduction in the starch accumulation in the root system, which affected the bud budding and the formation of bunches in the next season. In the second experiment, all the shoot treatments provided the same quality and production, and because a quantity of two bunches was left per branch, the starch accumulation at the end of the productive cycle was similar between the treatments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.