• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-18052009-145230
Documento
Autor
Nome completo
Andrea Volpe-Filik
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Lima, Ana Maria Liner Pereira (Presidente)
Couto, Hilton Thadeu Zarate do
Laschi, Denise
Rocha, Yuri Tavares
Silva Filho, Demostenes Ferreira da
Título em português
Trincas nas calçadas e espécies muito utilizadas na arborização: comparação entre Sibipiruna ( Caesalpinia pluviosa Dc.) e Falsa-murta (Murraya paniculata (L.) Jacq.), no município de Piracicaba/SP
Palavras-chave em português
Arborização
Árvores
Calçadas - danos
Fabaceae
Políticas públicas
Raiz
Rutales
Via pública.
Resumo em português
A arborização urbana oferece diversos benefícios para a população, e sua necessidade vem aumentando com o crescimento das cidades. Mas como qualquer outro equipamento urbano, existe custo de implantação, manutenção e, também, prejuízos. Dentre os potenciais prejuízos da arborização urbana, estão os danos em calçamentos e estruturas de construção civil. Este trabalho objetivou identificar quais os parâmetros que influenciam esses danos e, auxiliar na definição de políticas públicas para a arborização urbana. O estudo baseou-se no Inventário da Arborização Urbana do Município de Piracicaba, em 15 bairros. Para todo o inventário, foram identificadas as unidades e profundidades do solo baseado no Levantamento Pedológico Semidetalhado do Município de Piracicaba. Optou-se por utilizar, para análise das trincas na calçada, uma espécie arbórea, a sibipiruna (Caesalpinia pluviosa Dc.) e, uma arbustiva, a falsa-murta (Murraya paniculata (L.) Jacq.), pois existe um conceito amplamente difundido, de que, as espécies arbustivas, não causam danos ao calçamento; já, as arbóreas, são conhecidas por danificar as calçadas. Na coleta de campo, avaliou-se os seguintes itens: endereço, espécie, árvore suprimida ou substituída, CAP, tamanho do canteiro, colo pavimentado, poda da parte aérea, estrutura urbana danificada, condições da calçada e material do piso. O índice de supressão da falsa-murta foi igual ao da sibipiruna (1,7%), sendo que 89,2% das falsamurtas e 92,6% das sibipirunas não foram substituídas por outra espécie. Para a falsamurta, a concentração de indivíduos, se deu na faixa de CAP de 21 a 80 cm (82,9%); 70,2% apresentaram trincas na calçada e 29,8% ausência de trincas; 44,6% dos indivíduos tinham canteiro de até 0,20 m2; 92,3% dos indivíduos sofreram poda considerada ruim e 75,1% dos indivíduos estavam em calçada de cimento. Para a sibipiruna, a concentração de indivíduos se deu na faixa de CAP de 101 a 160 cm (57,0%); 99,4% apresentaram trincas na calçada e 0,6% ausência de trincas; 44,6% dos indivíduos estavam plantados em locais classificados como canteiros indefinidos; 94,6% dos indivíduos sofreram poda considerada ruim e a calçada mais comum foi a de cimento com 63,1% de indivíduos. A profundidade do solo não teve influência em causar ou não trincas nas duas espécies. Com a análise estatística (teste Quiquadrado) pôde-se contrapor alguns conceitos difundidos na arborização urbana, concluindo-se que os arbustos também causam danos e as podas influenciam nos danos em calçadas, entre outras. Não existe solução simples para eliminação do conflito entre as árvores viárias e os equipamentos e estruturas urbanas. A população precisa e deve ser informada sobre todos os parâmetros, opções, benefícios e prejuízos de cada ação que estimule ou iniba o plantio de uma árvore em calçada.
Título em inglês
Cracks in sidewalks and species widely used in forestry: comparison between Sibipiruna (Caesalpinia pluviosa Dc.) e Falsa-murta (Murraya paniculata (L.) Jacq.), In Piracicaba/SP
Palavras-chave em inglês
Fabaceae
Public policies
Root
Rutales
Sidewalks - damage
Street.
Trees
Urban forestry
Resumo em inglês
The urban forestry offers several benefits for the population and their need is increasing with the growth of cities. But like other urban equipment, there is cost of implementation, maintenance, and also losses. Among the potential damage of urban forestry, are paving the damage to structures and construction. This study aimed to identify the parameters that influence the damage and assist in the definition of public policies for urban forestry. The study was based on an inventory of urban forestry of the city of Piracicaba, in 15 districts. For the entire inventory, the units were identified and depths based on soil survey Pedológica semidetailed the city of Piracicaba. Was used for analysis of cracks in the sidewalk, a tree species, the sibipiruna (Caesalpinia rainy Dc.), And a bush, the falsa-murta (Murraya paniculata (L.) Jacq.), There is a concept widely widespread, that the shrub species, do not cause damage to the paving, while the trees are known to damage the sidewalks. In collecting field and focuses on the following: address, sort, tree removed or replaced, CAP, bed size, lap paved, pruning of shoots, damaged urban structure, and material conditions of the pavement of the floor. The rate of elimination of falsa-murta was equal to the sibipiruna (1.7%), whereas 89.2% of falsa-murta and 92.6% of sibipiruna were not replaced by other species. For the falsemyrtle, the concentration of individuals, was in the range of CAP 21 to 80 cm (82.9%), 70.2% had cracks in the sidewalk and 29.8% no broken; 44.6% of individuals had bed tree to 0.20 m2, 92.3% of individuals have suffered as bad pruning and 75.1% of individuals were in sidewalk cement. For sibipiruna, the concentration of individuals was in the range of 101 to 160 CAP cm (57.0%), 99.4% had cracks in the sidewalk and 0.6% absence of cracks, 44.6% of individuals were planted in locations classified as uncertain beds trees, 94.6% of individuals have suffered as bad pruning and sidewalk was the most common cement with 63.1% of individuals. The depth of soil had no influence on whether or not cause cracks in the two species. With the statistical analysis (Chi-square) could be countered some concepts available in urban forestry, concluding that the damage also shrubs and pruning influence the damage to sidewalks, among others. There is no simple solution to eliminate the conflict between the trees and road equipment and urban structures. The people need and should be informed about all parameters, options, benefits and harm of each action that stimulate or inhibit the planting of a tree in the sidewalk.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Andrea_Filik.pdf (1.64 Mbytes)
Data de Publicação
2009-05-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.