• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-14022003-150229
Documento
Autor
Nome completo
Taís Oetterer de Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Roberval de Cassia Salvador (Presidente)
Dematte, Maria Esmeralda Soares Payao
Lima, Ana Maria Liner Pereira
Título em português
Inventário e análise da arborização viária da estância turística de Campos do Jordão, SP.
Palavras-chave em português
arborização urbana
Campos de Jordão (SP)
estâncias turísticas
levantamento
via pública
Resumo em português
O objetivo da pesquisa foi fazer o inventário e a análise da situação atual da arborização urbana da Estância Turística de Campos do Jordão, dentro do contexto sócio-ambiental. A cidade apresenta características interessantes em relação à posição geográfica, relevo, vegetação nativa, clima e histórico de ocupação. Neste trabalho foram sorteados 10% dos bairros da cidade, os quais foram inventariados totalmente. As árvores foram analisadas, cadastradas, e os dados levantados foram processados e analisados com auxílio do programa de "software" SAS. Foi obtido um índice de 17,22 árvores/km de rua percorrida na cidade. Dos treze bairros inventariados, quatro não apresentaram arborização viária pública, cinco apresentaram índice médio de 4,7 árvores/km, dois outros bairros apresentaram média de 36,5 árvores/km e a Vila Capivari e a Vila Francalanza, 91,31 indivíduos/km e 65 indivíduos/km, respectivamente. Apesar dos baixos índices,a cidade apresenta boa vegetação arbórea dentro das propriedades privadas. Na área inventariada, foram encontradas 32 espécies. Mais da metade da cidade é arborizada com plátanos (53,7%). Os liquidâmbares somam 34,1%. Os outros 12,2% correspondem às outras espécies. Foi observada predominância de 53,2% de calçadas sem danos causados pelas árvores e construções com recuo ou vizinhas a áreas verdes totalizam 58,4% dos casos. As covas apresentam, na maior parte dos casos, boa área livre de solo não impermeabilizado (64,8%). Não há plantios recentes na cidade, e portanto tutores e grades de proteção não são usuais. Os obstáculos também são ausentes na maioria dos casos. Estão presentes fora de fiação elétrica 76,7% das árvores. Foi encontrado apenas uma árvore frutífera na área inventariada. A maioria apresenta também alguma forma de lesão e 59,3% dos indivíduos foram podados drasticamente. Mediante análise visual, 98,2% das árvores estavam sadias. Realidades sócio-ambientais do município também foram analisadas, como problemas de ocupação urbana em áreas de preservação permanente. Algumas espécies foram indicadas para compor a arborização viária, e recomendações foram feitas em relação à adequação e manejo da arborização.
Título em inglês
Inventory and analysis of trees in urban areas in the Campos de Jordão resort – São Paulo - Brazil.
Palavras-chave em inglês
innentory
state of São Paulo
street arborization
urban arborization
Resumo em inglês
The aim of this study was to obtain a sample inventory and to asses the present urban arborization of the Campos de Jordão city. The city has interesting characteristics due to its geographical location, hilly landscape, native vegetation, altitude sub-tropical climate and land development. In this study, 10% of the city's randomly selected neighborhoods had their trees were completely assessed. The trees were assessed and the resulting data were recorded and analyzed with the SAS statistical computer software program. Theb social and environmental conditions of municipality were also studied, as for example, the problems related to urban occupation of areas of permanent preservation. The city shows an average of 17.22 trees per linear kilometer (tree/km). Out of 13 neighborhoods assessed, 4 had no street trees, 5 showed an average of 36.5 tree/km, while the neighborhoods of Vila Capivari and Vila Fracalanza had, 91.31 and 65 trees/km, respectively. Despite the low number of street trees, the city has good arboreal vegetation within private properties. Thirty-two different species were found in the studied neighborhoods. More than half (53,7%) of the city trees are platanus while 34.1% are liquidambars and the remaining 12.2% are varied species. No damage related to root growth was observed in 53.2% of the sidewalks. Despite 64,8% of the planted trees had non-impermeable, free ground area around them, 58.4% of the buildings had front yards or were located near green areas. There has been no recent plantings in the city so protective poles and grates are not common. In most cases no obstacles which could prevent the full development of the trees were found, for instance 76.7% of the trees were planted in places without utility-lines. Only one fruit tree was found in the surveyed area. Most trees had some kind of lesion and 59.3% of the trees have been drastically pruned, although 98,2% of the trees visually analyzed seemed to be healthy. Some species were suggested for street arborization and several recommendations were made to appropriatel selection and management of arborization.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tais.pdf (1.67 Mbytes)
Data de Publicação
2003-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.