• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2005.tde-11012006-155546
Documento
Autor
Nome completo
Luzia Ferreira da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Lima, Ana Maria Liner Pereira (Presidente)
Laschi, Denise
Silva Filho, Demostenes Ferreira da
Título em português
Situação da arborização viária e proposta de espécies para os bairros Antônio Zanaga I e II, da cidade de Americana/SP
Palavras-chave em português
arborização
educação ambiental
espaço urbano
inventário florestal
participação comunitária
Resumo em português
Os objetivos deste trabalho foram avaliar a situação da arborização viária em dois bairros de Americana/SP, apresentar dados que possam servir de base para seu plano diretor de arborização urbana, escolher espécies para plantio nas calçadas, junto à população local, e colaborar no envolvimento dos moradores na solução dos freqüentes problemas relacionados à educação ambiental. Na primeira fase, foi feito um inventário das árvores existentes, analisando as espécies mais freqüentes, suas condições e as infra-estruturas que as envolviam. Na segunda fase realizou-se entrevistas, com aplicação de questionário aos moradores, que não tinham plantas nas calçadas. O questionário era acompanhado de pranchas, com fotos das espécies selecionadas e características da rua em questão. Foram encontradas 2.551 árvores plantadas, sendo a maioria de espécies exóticas, em 76 espécies diferentes, com maiores freqüências da Murraya exótica (falsa murta) com 18,42%, Ligustrum lucidum (ligustro) com 16,50% e Licania tomentosa (oiti) com 12,47%. Na falsa murta verificou-se baixa porcentagem de podas drásticas, em V e L, porém a porcentagem de podas de condução e topiaria foram marcantes. A maioria das podas foi motivada pela presença da fiação elétrica, e o ligustro, canelinha e sete copas, apresentaram as maiores porcentagens. O ligustro, seguido de sibipiruna e sete copas, apresentaram raízes afetando estruturas urbanas, como, também, maiores porcentagens de área livre insuficiente. A falsa murta vem substituindo estas árvores, evidenciando tal preferência pela população e órgãos públicos, o que preocupa vários técnicos. Em 485 casas visitadas, foram entrevistados 247 moradores, 162 casas não tinham moradores e, em 55 casas, os moradores não quiseram atender. Dos moradores entrevistados, 70,04% já tiveram uma árvore plantada na calçada e, 79,76% rejeitaram o plantio em frente às suas casas. Mais da metade dos moradores entrevistados (61,13%) desconhece o responsável pela arborização urbana e a maioria (67,21%) não reconhece os benefícios que a calçada verde pode fornecer. A ordem de preferência foi de 54,49% para arbustos, 29,55% para árvores, sendo que 8,91% não opinaram e 4,05% disseram não gostar de planta alguma. As espécies, Stifftia crysantha Mikan e, Lagerstroemia indica L. foram as mais votadas pelos moradores. Diante deste panorama, constata-se que muito há que se fazer em prol da melhoria da arborização nos bairros pesquisados e a participação da comunidade é fundamental em contribuir na qualidade, tanto da pesquisa, como no plano diretor da arborização urbana.
Título em inglês
Condition of urban forestry and species proposal to Antonio Zanaga I and II districts of the municipality of Americana (São Paulo State, Brazil)
Palavras-chave em inglês
and communitarian participation
inventory
urban forestry
Resumo em inglês
This work aimed at evaluating the situation of urban forestry in two districts of Americana city (Brazil), showing data that may be useful as a fundament for an urban forestry master plan. Additionally, we intended to choose plant species for pavements together with the local population and to collaborate to involve the inhabitants to find solutions for the frequent problems associated to environment education. During the first phase of the project, an inventory of the existing trees was prepared, analyzing the more common species, their conditions and the infrastructure around them. For the second phase, interviews were carried out to the dwellers that did not have plants in their pavements. The questionnaire came along boards with pictures of the selected species and the characteristics of their streets. In the area studied, 2,551 trees planted of 76 different species were counted, being the majority of exotic species, with the most frequents: Murraya exótica (Rutaceae: jasmine) with 18.42%, Ligustrum lucidum (Oleaceae: privet) with 16.50% and Licania tomentosa (Crhysobalanaceae: oiti) with 12.47%. A low percentage of drastic pruning, in “V” or “L”, was observed in privet shrubs; however, the management and shaping prunings were remarkable. The majority of prunings were motivated by the electric wires, and privet, canelinha and sete copas showed the highest rates. Privet, followed by sibipiruna and sete copas, showed roots affecting urban structures, as well as the highest rates of insufficient free area. These species are being replaced by jasmine, showing the preference of the population and public organs, which worries several experts. From the 485 houses visited, 247 dwellers were interviewed, 162 houses did not have residents and in 55 houses the owners did not want to answer the questionnaire. Of the dwellers interviewed, 70.04% already had a tree in the pavement and 79.76% rejected a tree in front of their houses. More than a half of the dwellers interviewed (61.13%) did not know the responsible for urban forestry and the majority of them (67.21%) did not know the benefits of having a green in their pavement. The order of preference was 54.49% for shrubs and 29.55% for trees; 8.91% did not opine and 4.05% said not to like any kind of plant. The species Stifftia crysantha Mikan and, Lagerstroemia indica L. were the most voted by the dwellers. In front of this panorama, one can notice that many there is must be done to improve the forestry in the districts studied and that the communitarian participation is something that would help the quality, not only of the inquiry by also of a urban forestry master plan.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LuziaSilva.pdf (298.31 Kbytes)
Data de Publicação
2006-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.