• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2018.tde-08102018-173412
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Cocco Lago
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Favarin, José Laercio (Presidente)
Carvalho, Maria da Conceição Santana
Crusciol, Carlos Alexandre Costa
Muraoka, Takashi
Otto, Rafael
Título em português
Época da aplicação de potássio no sistema de produção soja - milho segunda safra
Palavras-chave em português
Acúmulo de magnésio
Acúmulo de potássio
Antecipação de potássio
Parcelamento de potássio
Recuperação de potássio do fertilizante
Resumo em português
A antecipação de potássio (K) do milho segunda safra na cultura da soja é um sistema de adubação que pode apresentar aproveitamento do K-fertilizante pela sucessão soja - milho similar ao parcelamento de potássio para cada cultura, sem alterar o desempenho da sucessão soja - milho em região de Cerrado. A viabilidade da antecipação do K de base e cobertura do milho na cultura da soja se dá pela aplicação a lanço, que reduz o tempo de reabastecimento da semeadora durante o plantio. Isto permite rápida semeadura do milho para garantir seu desenvolvimento em época de precipitação pluviométrica adequada. O objetivo desta tese foi avaliar o desempenho da sucessão soja - milho, assim como o aproveitamento de K-fertilizante (acúmulo e recuperação), em razão da aplicação de doses de potássio feitas a lanço em dois sistemas de adubação (antecipação e parcelamento). Os estudos de campo foram feitos nas safras 2014/15 e 2015/16 no estado do Tocantins. Os tratamentos foram as doses 0, 60, 120 e 180 kg ha-1 de K2O com aplicação parcelada (40% - soja e 60% - milho) e antecipada, uma única vez na soja. As avaliações foram acúmulo de biomassa, potássio e magnésio (Mg) na parte aérea das plantas, a concentração K e Mg na folha diagnóstica, e a produtividade de soja e milho. Foram quantificados também, o acúmulo e a recuperação de potássio proveniente do fertilizante por meio de rubídio como traçador de potássio. Os resultados mostraram que antecipação de potássio não alterou a produtividade de grãos das culturas de soja e milho. No entanto, as doses de potássio mostraram efeito positivo na nutrição de K e negativo na de Mg, independente do sistema de adubação. O aproveitamento de K-fertilizante pela sucessão soja-milho foi similiar e até superior (22%) para a antecipação de potássio. Portanto, justifica-se ao produtor fazer a aplicação de potássio uma única vez, por ganhar agilidade durante a semeadura do milho.
Título em inglês
Potassium timing application in the soybean - corn succession
Palavras-chave em inglês
Early application of potassium
Magnesium uptake
Potassium recovery from fertilizer
Potassium uptake from fertilizer
Split application potassium
Resumo em inglês
Early application is a practice that brings potassium (K) fertilizer from corn to soybean in the soybean - corn succession. Recovery of K-fertilizer by these crops might be similar between early (to soybean) and split (soybean and corn) application, without change crops performance at Cerrado's region. Broadcast application allow these practices because planter stops is reduced: avoiding recharges of fertilizer during corn sowing and ensure a good plant development until the end of rainy season. So, the aim of this dissertation was assess crop`s performance, and uptake and recovery of K from fertilizer in the soybean - corn affected by potassim application at two practices (split application and early). Field study was conducted in the rainy season 2014/15 and 2015/16 at Tocantins State, Brazil. Treatments are rates 0, 60, 120 e 180 kg ha-1of K2O with two practices: spplit application (40% - soja e 60% - milho) and early application (once in soybean). Evaluations were aboveground biomass, potassium and magnesium (Mg) accumulation, and leaf K and Mg content, and yield of soybean and corn. Potassium uptake and recovery from fertilizer was meseuared by rubidium as a tracr of potassium. Results showed that early application did not change grain yield for soybean and corn. However, regardless practice, the rate of potassium showed positive effect on K plant nutrition, whilst negative effect was observed on Mg. Overall, K recovery from fertilizer by soybean - corn succession was similar and higher (22%) for early application. Therefore, farmers can do early application for improve corn sowing.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.