• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2006.tde-03042006-150539
Documento
Autor
Nome completo
André Luis Tomazela
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Favarin, Jose Laercio (Presidente)
Dourado Neto, Durval
Hoffmann, Hermann Paulo
Título em português
Adubação nitrogenada e de micronutrientes na produtividade e incidência de doenças foliares em milho
Palavras-chave em português
cobre
diagnose foliar
doença de planta
fertilizante nitrogenado
manganês
milho
Resumo em português
Doses elevadas de nitrogênio podem retardar a fase de maturação e aumentar o risco de infecção da planta devido ao tempo de exposição no campo e a predominância de substâncias de baixa massa molecular presentes no tecido. O efeito do cobre, no controle de patógenos, deve-se à pequena quantidade requerida pelos microrganismos em relação às plantas, bem como pelo acúmulo de peróxidos na presença desse nutriente, por reduzir a atividade da peroxidase e catalase. A importância do manganês pode ser comprovada pela correlação entre a concentração desse elemento nos tecidos saudáveis versus a concentração nos tecidos lesionados. Este experimento foi conduzido com os objetivos de: (i) avaliar a produtividade de milho pela aplicação de nitrogênio, bem como de cobre e manganês foliar; (ii) estimar a incidência e severidade de doenças em razão de doses de nitrogênio e fontes de cobre e manganês e (iii) estabelecer prática de manejo, com base na aplicação desses micronutrientes, visando à redução no uso de defensivos. O experimento consistiu de 12 tratamentos e quatro repetições, em blocos ao acaso, com dois fatoriais. O primeiro fatorial (2 x 2) corresponde às doses de nitrogênio (100 e 200 kg ha-1) e a aplicação de fungicida (com e sem fungicida), enquanto o segundo fatorial (2 x 2 x 2) foi obtido por duas doses de nitrogênio, duas fontes de cobre (sulfato de cobre e hidróxido de cobre) e duas fontes de manganês (sulfato de manganês e manganês quelatizado). Para verificar os objetivos avaliou-se a altura de planta (m), diâmetro de colmo (cm), índice de área foliar, matéria seca total (g), incidência de doenças foliares, estado nutricional, teor de fenóis totais (%), comprimento de espigas (cm), número de fileira de grãos, grãos por fileira, massa de 100 grãos (g) e rendimento de grãos (kg ha-1). O fornecimento de 200 kg ha-1 de N aumentou o rendimento de milho e o nível de infecção de planta pela ferrugem tropical (Physopella zeae), independentemente das fontes de cobre e manganês usadas nas aplicações foliares. As fontes de cobre e manganês, na forma de sulfato, foram mais eficientes na supressão de infecção de plantas pela ferrugem tropical (Physopella zeae) do que as formas de hidróxido de cobre e manganês quelatizado. Os micronutrientes cobre e manganês, na dose utilizada, não substituem a aplicação de fungicida para o controle de infecção pela ferrugem tropical (Physopella zeae). O uso de fungicida não eliminou a infecção de plantas pelo fungo, mesmo sob baixa severidade da doença, independentemente da dose de nitrogênio que foi aplicada.
Título em inglês
Nitrogen and micronutrients fertilization on yield and occurrence of leaf diseases on maize
Palavras-chave em inglês
cupper
diagnose foliar
maize
manganese
nitrogen fertilization
plant of disease
Resumo em inglês
High doses of nitrogen may retard the maturation phase and enhance the risk of plant infection due to the longer exposition period in field and to the predominance of low molecular mass substances in the leaf tissue. The effect of cupper, to control pathogens is due to the lower requirements by microorganisms in relation to plants, as well to the accumulation of peroxides in the presence of this nutrient, reducing the activity of peroxidase e catalyses. The importance of manganese may be confirmed by the correlation between the concentrations of this element in health versus damaged tissues. The objectives of this study were: (i) to evaluate the yield of maize in relation to soil nitrogen and cupper and manganese foliar application; (ii) to estimate the disease occurrence and severity in relation to the nitrogen doses and cupper and manganese sources; and (iii) to establish management practices, based on micronutrients applications, aiming the reduction of pesticides use. The experiments had 12 treatments and four replications, in randomized block design, with two factorials. The first factorial (2 x 2) corresponded to the nitrogen doses (100 e 200 kg ha-1) and fungicide application (with or without fungicide), whereas the second factorial (2 x 2 x 2) was established with two nitrogen doses, two cupper sources (cupper sulfate and cupper hydroxides) and two manganese sources (manganese sulfate and chelates manganese). It was evaluated the plant height (m), stalk diameter (cm), leaf area index, total dry matter (g), and leaf disease occurrence (%), nutritional condition, total phenols content (%), spike length (cm), grain row number, number of grains per spike row, 100 grains mass (g) and grain yield (kg ha-1). The supply of 200 kg ha-1 N increased yield and infections by tropical rust (Physopella zeae), independently of the cupper and manganese sources used with the foliar applications. The cupper and manganese sources, as sulfate were more efficient for the suppression of plant infections by Physopella zeae then the hydroxide cupper and chelates manganese. The cupper and manganese micronutrients, at the studied dosage, did not replace the fungicide application for the infection control by tropical rust. The fungicide application did not eliminate the plant infections, even at the low severity of the disease (Physopella zeae), independently of the nitrogen dose.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AndreTomazela.pdf (209.27 Kbytes)
Data de Publicação
2006-04-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.