• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2005.tde-02082005-123521
Documento
Autor
Nome completo
Nelson Mamoru Sakamoto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro, Roberval de Cassia Salvador (Presidente)
Lima, Ana Maria Liner Pereira
Pivetta, Kathia Fernandes Lopes
Título em português
Sazonalidade, refrigeração e diferentes tipos de recobrimento na conservação pós-colheita de estacas de cordiline (Cordyline rubra Hügel).
Palavras-chave em português
ambiente protegido (plantas)
comércio exterior
estacas (plantas)
fisiologia pós colheita
liliaceae
planta ornamental
refrigeração
Resumo em português
O mercado mundial de floricultura gera um fluxo de quase US$ 7bilhões anuais, atualmente concentrado em países como Holanda, Alemanha, Itália, Colômbia, Costa Rica, Equador, Quênia, Tailândia, Malásia, Israel e EUA. O Brasil ainda contribui pouco, aproximadamente 0,3% do total, sendo a participação brasileira concentrada na exportação de mudas, bulbos, flores e folhagens tropicais. O Brasil possui grande potencial exportador de flores e plantas ornamentais através da organização dos produtores, profissionalização do setor, apoio governamental e desenvolvimento técnico. O emprego de técnicas simples de armazenamento poderia viabilizar o transporte por modais que não o aéreo, reduzindo custos e podendo prolongar a vida útil dos produtos, criando um diferencial de qualidade em relação aos concorrentes. Este trabalho compara cinco diferentes tipos de recobrimento em estacas de Cordyline rubra Hügel (película amilácea, pasta de parafina no ápice, pasta de parafina no ápice e vermiculita umedecida na base, saco plástico ou sem recobrimento), sazonalidade (estacas coletadas durante primavera ou outono), dois ambientes de armazenamento (ambiente refrigerado a 10ºC ou temperatura ambiente 22-32ºC) e diferentes períodos de armazenamento (30, 60, 90 ou 120 dias), a fim de reduzir sua atividade biológica, perda de água e ataque de patógenos. Foi escolhida esta espécie por ser muito apreciada como planta ornamental devido à beleza de suas folhas, e exportada na forma de estacas de diferentes tamanhos. O experimento foi conduzido nas dependências do Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, no município de Piracicaba, Estado de São Paulo. Foram utilizadas 615 estacas com 30 cm de comprimento por 3 cm de diâmetro. Um lote testemunha sem armazenamento de 15 estacas foi colocado em leito de enraizamento. Cada tratamento foi composto por 30 estacas pré-tratadas (tipos de recobrimento), submetidas a diferentes períodos de armazenamento (30, 60, 90 ou 120 dias), sendo divididos em 2 sub-tratamentos de 15 estacas (temperatura ambiente ou refrigerada), totalizando 120 estacas. Após o armazenamento foram cortados 3 cm da base de cada estaca, em seguida tratadas com IBA a 10.000 mg/L e colocadas em leito de enraizamento. Após 90 dias foram avaliados os seguintes parâmetros: porcentagem de desenvolvimento, número e massas de matéria fresca e seca de brotos, raízes e rizomas. Observou-se que as estacas colhidas na primavera apresentaram melhor enraizamento e produção de massas secas e frescas. Os menores períodos de armazenamento proporcionam melhor desenvolvimento das estacas, bem como estacas armazenadas em ambiente refrigerado apresentaram melhores resultados do que as mantidas em temperatura ambiente. Os tipos de recobrimento que melhor conservaram as estacas, em ordem decrescente de resultados, foram o saco plástico, parafina no ápice e vermiculita umedecida na base, parafina no ápice, película de amido e sem recobrimento. Conclui-se que o método mais prático foi embalar as estacas em sacos plásticos por não necessitar de fonte de calor para o preparo da película. Quanto maiores os períodos de armazenamento, menores desenvolvimentos de brotos, raízes e rizomas; os melhores resultados foram obtidos com estacas colhidas na primavera e armazenadas em ambiente refrigerado.
Título em inglês
Seasonality, refrigeration and different types of coating on the postharvest conservation of Cordyline rubra Hügel cuttings.
Palavras-chave em inglês
cuttings (plant)
international trade
liliaceae
ornamental plant
post harvest physiology
protected enviroment (plants)
refrigeration
Resumo em inglês
The world market of floriculture, generates an annual flow of US$ 7billion, is currently based on countries like The Netherlands, Germany, Italy, Colombia, Costa Rica, Ecuador, Kenya, Thayland, Malaysia, Israel and the USA. The Brazilian contribution to the total world market is approximately 0.3%, where the mains exports are cuttings, bulbs, tropical fresh cut flowers and foliages. Brazil, however, has a great potential to increase its export of flowers and other ornamental plants through the better organization of producers, professionalization of the sector, government support and technical development. The use of simple storage techniques, would enable the transport through other means than airplanes, consequently reducing costs and adding extra shelf life to the product, creating a quality differentiation in relation to competitors. This work was aimed at comparing five types of coating of Cordyline rubra Hügel cuttings (starch film, paraffin paste at the apex, paraffin past at the apex associated with moist vermiculite at the base of the cuttings, plastic bags or no coating), seasonality (cuttings harvested during spring or autumn), two types of enviromental temperatures (refrigeration under 10ºC or environmental temperature between 22-32ºC) and different lengths of time on storage (30, 60, 90 or 120 days), in order to reduce their biologycal activity, water loss and pathogen attacks. This specie is very appreciated as an ornamental plant due to the beauty of their foliage and is exported as cuttings of different sizes. The experiment was carried out at the Departament of Plant Production at “Luiz de Queiroz” College of Agriculture, University of Sao Paulo, in Piracicaba City, Sao Paulo State, Brazil. A total of 615 cuttings were used, each measuring 30 cm by 3 cm diameter. A control group of 15 cuttings without storage was planted on rooting bed. Each treatment was comprised of 30 pre-coated cuttings (types of coating), stored at different periods (30.60, 90 or 120 days) and split into 2 sub-treatments of 15 cuttings, either stored at room temperature or under refrigeration, summing up 120 cuttings. After storage, each cutting had 3 cm excised from its base, prior to being treated with IBA 10.000 mg/L and placed at rooting beds. After 90 days, the following parameters were assessed: percentage of cuttings showing growth and development, number and fresh and dry matter of the shoots, roots and rhizoms. It was observed that cuttings obtained during the spring, showed better rooting and production of biomass. The shorter the storage periods the better the cutting sprouting. Cuttings stored under refrigeration showed better results than kept under room temperature. The types of coatings which best supported the longevity of the cuttings, in decrease order, were: plastic bag, paraffin paste at the apex and moist vermiculite at the base, paraffin on the apex, starch film and no coating. Such results allow to conclude that the most practical coating technique was found to be the use of plastic bags, which did not need heating for the prepare of the film. The longer the storage time the smallest the number of viable cuttings; best results where observed for cuttings harvested during the spring and kept under refrigeration storage.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
NelsonSakamoto.pdf (691.61 Kbytes)
Data de Publicação
2005-08-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.