• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2005.tde-02062005-170523
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Blumer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Pompeu Junior, Jorgino (Presidente)
Bassanezi, Renato Beozzo
Lima, Jose Eduardo Oliveira de
Mourão Filho, Francisco de Assis Alves
Scarpare Filho, João Alexio
Título em português
Citrandarins e outros híbridos de trifoliata como porta-enxertos nanicantes para a laranjeira 'Valência' (Citrus sinensis L. Osbeck).
Palavras-chave em português
declínio do citros
gomose
melhoramento genético vegetal
poliembrionia vegetal
porta-enxerto
tangerina
tristeza cítrica
Resumo em português
Laranjeiras ‘Valência’ enxertadas em citrandarins e outros híbridos de trifoliata foram plantadas em 1988, em Itirapina (SP), num Latossolo Vermelho-amarelo-textura arenosa e conduzidas sem irrigação. Os citrandarins Sunki x English (1.628), Cleópatra x Rubidoux (1.660) e Cleópatra x English (710), induziram as maiores produções de frutos nas cinco e nas treze colheitas. Os citranges ‘Troyer’ e ‘Carrizo’ foram significativamente menos produtivos que o Sunki x English (1.628) nas cinco primeiras e no total das treze colheitas. Os citrandarins Clementina x Trifoliata (1.615), Cleópatra x Swingle, seleções (715) e (1.614), Cleópatra x Rubidoux (1.600) e Cleópatra x Christian (712) induziram plantas nanicas. Sunki x English (1.628), ‘Troyer’ e ‘Carrizo’ proporcionaram as maiores plantas e lideraram a produção de frutos e de sólidos solúveis no período 2001-2003. Nenhuma planta mostrou sintomas de suscetibilidade à tristeza ou ao declínio. As plantas enxertadas no trangpur Cravo x Carrizo (717), mostraram sintoma de incompatibilidade na região de enxertia. “Seedlings” dos citrandarins Cleópatra x Swingle (1.587), Cleópatra x Trifoliata (1.574) e Cleópatra x Rubidoux (1.600) foram mais resistentes à gomose de Phytophthora parasitica que os demais porta-enxertos.
Título em inglês
Citrandarins and others trifoliate hybrids as rootstocks for ‘Valencia’ sweet orange (Citrus sinensis L. Osbeck) trees.
Palavras-chave em inglês
blight
citrus improvement
gummosis
poliembriony rootstocks
tangerine
Resumo em inglês
‘Valência’ sweet orange trees budded onto citrandarins and others trifoliate hybrids rootstocks were planted in 1988 on a sandy textured Oxisol in São Paulo state, Brazil, and managed without irrigation. Tristeza and blight diseases are endemic in the area. Trees on Sunki x English (1628), Cleopatra x Rubidoux (1660) and Cleopatra x English (710), produced the highest cumulative yields in the first five and in the thirteen crops. ‘Carrizo’ and ‘Troyer’ citranges gave the lowest productions in the first five yields but were similar to Sunki x English (1628) in 13-years cumulative yields. Clementine x Trifoliate (1615), Cleopatra x Swingle (715) and (1614) selections, Cleopatra x Rubidoux (1600) and Cleopatra x Christian (712) induced dwarfed trees. Sunki x English (1628) and ‘Troyer’ and ‘Carrizo’ citranges induced the largest trees and fruit and soluble solids production by tree in the 2001-2003 period. None tree showed symptoms of tristeza or declinio. Trees on Cravo x Carrizo (717) showed bud-union-ring symptom of incompatibility. Seedlings of Cleopatra x Swingle (1587), Cleopatra x Trifoliate (1574) and Cleopatra x Rubidoux (1600) were more resistent to Phytophthora parasitica infections than the others rootstocks.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
silvia.pdf (755.74 Kbytes)
Data de Publicação
2005-06-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.