• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2018.tde-25072018-165739
Documento
Autor
Nome completo
Juan Pablo Edwards Molina
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Amorim, Lilian (Presidente)
Bergamin Filho, Armando
Furlan, Silvânia Helena
Godoy, Cláudia Vieira
Título em inglês
Yield losses of soybean due to target spot (Corynespora cassiicola), its genetic and chemical management
Palavras-chave em inglês
Glycine max
disease management
fungicide efficacy
genetic resistance
meta-analysis
Resumo em inglês
Target spot is a foliar disease of soybean that can produce yield losses. The disease has recently become a concern due to increasing intensity of its epidemics in the main soybean growing countries (USA, Brazil and Argentina). The goals of this study were to i) estimate the target spot control efficiency and yield response of labeled fungicides for the main soybean growing region of Brazil and identify factors affecting their performance; ii) characterize the relationship between target spot severity and soybean yield using meta-analytic techniques, and to identify patterns which allow understanding the heterogeneity in the relationship; iii) to explore the variability of genetic resistance of cultivars and verify the less time-consuming methodology for doing it; iv) explore the pathogen-host interaction effects on the epidemic development; v) compare the sensitiveness of the canopy strata position injured by C. cassiicola to reduce grain yield. Fungicides containing fluxapyroxad + pyraclostrobin were the most efficient ones to control target spot, with control levels of 75% and their yield response depended on the disease pressure (DP, DPLow < 35% target spot severity at untreated checks <= DPHigh). At DPLow was unprofitable the use of fungicides and at DPHigh the latter fungicides had the best performances increasing yield relative to the untreated check in > 469 kg ha-1 (+19.1%). Potential yield of soybean in absence of target spot was estimated in 3507 kg ha-1 for 41 trials in Brazil and the percentual reduction for each target spot severity point was calculated in 0.48%, what would represent a reduction of 24% in a hypothetical target spot severity of 50% (ranging from 8% to 42%). The soybean cultivar had a significant effect to explain this wide range of responses: potential losses of 11%, 18.5% and 42% was calculated for cultivar BMX Potência RR, TMG803 and M9144RR respectively at target spot severity = 50%. We observed high variability on the genetic resistance in the tested germplasm: cultivars with very low target spot intensity (BRS360) to highly susceptible cultivars. A single-point disease severity assessment was not as reliably as an integrative three-point assessment, which had no difference with a less time-consuming two-point disease assessment. In trials where 3 C.cassicola isolates from different regions of Brazil were inoculated individually on 3 soybean cultivars contrasting in their resistance level we observed that the incubation period, disease severity, lesion density and lesion size at 14 days after inoculation, were influenced by the cultivar and not by isolate geographical origin. Using disease severity coupled with defoliation assessments throughout the reproductive growth stages, we performed correlations between grain yield and the leaf area injury at different plant positions - growth stages. The best correlation was observed with the assessments at R5.5 for injuries at middle canopy section.
Título em português
Perdas de rendimento da soja causadas por mancha alvo (Corynespora cassiicola) e manejo genético e químico da doença
Palavras-chave em português
Corynespora cassiicola
Controle quimico
Dano
Mancha alvo
Soja
Resumo em português
A mancha alvo é uma doença foliar que pode ocasionar perdas de rendimento na cultura da soja. A doença tornou-se recentemente uma preocupação nos principais países produtores de soja (EUA, Brasil e Argentina), devido à crescente intensidade de suas epidemias. Os objetivos deste estudo foram: i) estimar a eficiência de controle da mancha alvo por fungicidas comerciais registrados no Brasil e a resposta em rendimento da soja, identificando fatores que afetam o desempenho dos fungicidas; ii) caracterizar a relação entre a severidade da mancha alvo e o rendimento da soja, utilizando técnicas meta-analíticas e identificar padrões que permitam compreender a heterogeneidade existente nessa relação; iii) explorar a variabilidade da resistência genética de cultivares de soja e verificar a metodologia mais eficiente para discriminar cultivares suscetíveis de resistentes; iv) explorar os efeitos da interação entre a origem do isolado de C. cassiicola e a cultivar de soja no desenvolvimento da epidemia; v) comparar a sensibilidade da posição do estrato do dossel afetado por C. cassiicola na redução do rendimento de grãos. Fungicidas compostos pelos ingredientes ativos fluxapyroxad + piraclostrobina foram os mais eficientes para controlar a mancha alvo, com níveis de controle de até 75%, e sua resposta ao rendimento dependeu da pressão da doença (PD, PDbaixa < 35% de severidade da mancha alvo na testemunha não tratada <= PDalta). Na PDbaixa, a aplicação de fungicidas não foi lucrativa, e em PDalta os fungicidas compostos por fluxapyroxad + piraclostrobina apresentaram os melhores desempenhos, superando o rendimento em relação à testemunha em 469 kg ha-1 (+ 19,1%). O rendimento potencial geral da soja, na ausência da mancha alvo, foi estimado em 3507 kg ha-1 para 41 ensaios distribuídos no Brasil. A redução no rendimento para cada ponto percentual de incremento na severidade da mancha alvo foi calculada em 0,48%. Com isso, níveis (hipotéticos) de severidade de mancha alvo de 50% ocasionariam uma redução de rendimento de 24% (variando entre 8% a 42%). A cultivar de soja teve um efeito significativo para explicar esta grande amplitude de respostas: reduções potenciais (com 50% de severidade) de 11%, 18,5% e 42% foram calculadas, respectivamente, para as cultivares BMX Potência RR, TMG803 e M9144RR. Foi constatada alta variabilidade na resistência genética no germoplasma testado, desde cultivares com intensidade de mancha alvo muito baixa (BRS360) até cultivares altamente suscetíveis. Avaliações da severidade da doença em uma única data não foi tão confiável quanto a avaliação integrada de duas ou três datas. Em experimentos onde 3 isolados de diferentes regiões do Brasil foram inoculados isoladamente em 3 cultivares contrastantes nos níveis de resistência, observou-se que o período de incubação, a severidade da doença, a densidade de lesões e o tamanho das lesões aos 14 dias após a inoculação foram influenciados pela cultivar. Porém, não foi observado efeito da origem geográfica do isolado de C. cassiicola nos componentes monocíclicos avaliados. A severidade da doença em diferentes posições da planta, juntamente com as avaliações de desfolha ao longo dos estádios de crescimento reprodutivo da soja, foi correlacionada ao rendimento de grãos. A melhor correlação entre o rendimento de grãos e a intensidade da doença (severidade + desfolha) foi observada nas avaliações em R5.5 na seção média do dossel.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.