• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2005.tde-26042005-161425
Documento
Autor
Nome completo
Mariusa Momenti Pitelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Moraes, Márcia Azanha Ferraz Dias de (Presidente)
Barros, Alexandre Lahoz Mendonca de
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Título em português
Sistema agroindustrial brasileiro da carne bovina: análise do impacto das mudanças institucionais européias sobre a estrutura de governança.
Palavras-chave em português
carne bovina – aspecto econômico
comportamento do consumidor
custo de transação
instituição
Resumo em português
O objeto de estudo desse trabalho é verificar os impactos das mudanças no ambiente institucional, europeu e nacional, em virtude das exigências do consumidor europeu quanto à qualidade do produto, sobre o Sistema Agroindustrial Bovino nacional.Utiliza-se como referencial teórico a Nova Economia Institucional (NEI), nas vertentes da Economia dos Custos de Transação (Williamson, 1989) e Economia Institucional (North, 1993). A hipótese central do trabalho considera que a alteração no ambiente institucional, devido ao crescimento das exigências do consumidor europeu, aumenta a especificidade do ativo, levando a adoção de uma estrutura de governança mais restrita como forma de reduzir os custos de transação. A partir das informações coletadas via questionários e entrevistas aplicadas às empresas frigoríficas exportadoras de carne bovina para a União Européia, concluiu-se que embora o aumento das exigências dos consumidores europeus tenha alterado o ambiente institucional do bloco, com conseqüentes alterações no ambiente institucional brasileiro, houve pouco impacto sobre a forma de governança das transações do SAG da carne bovina nacional. No que diz respeito à relação da indústria frigorífica exportadora com o fornecedor de boi, verificou-se que não há estabelecimentos de contratos nas transações. Contudo, este fato pode ser explicado pela criação de compromissos confiáveis entre as partes (fornecedores de boi e frigoríficos exportadores), e também pela falta de enforcement da rastreabilidade por parte da UE e do governo brasileiro (o que acaba por reduzir a especificidade do ativo da matéria-prima). Quanto à relação do frigorífico com seus compradores do mercado interno, rejeita-se a hipótese, pois prevalece um compromisso confiável entre as partes, sendo as transações conduzidas via mercado. No que se refere às relações dos frigoríficos exportadores com o mercado europeu, não se rejeita a hipótese, pois o aumento da especificidade dos ativos conduziu ao estabelecimento de contratos como forma de diminuir seus custos de transação.
Título em inglês
Brazilian beef agro-industrial system: analysis of the impact of european instutitional changes on the governing framework.
Palavras-chave em inglês
beef - economic aspect
behaviour of consumer
cost transaction
institution
Resumo em inglês
The aim of this study is to analyze the changes in the institutional environments, European and National, due to European consumers’ requirements regarding the quality of products, about the National Beef Agro-Industrial System. It uses as theoretical references the New Institutional Economy (NEI), in its slopes of Economy of Cost of Transactions (Williamson, 1989) and Institutional Economy (North, 1993). The central hipothesis of the study considers that the changes in the institutional environment, due to the rise on requirements from European consumers, increases the peculiarity of the assets, leading to a more restrict governing framework as a way to reduce costs of transactions. Taking the data collected via questionairies and interviews made with the beef export slaughterhouses to the European Union, it is conluded that even though the rise on requirements from European consumers has changed the institutional environment of the block, with consequent changes in the Brazilian institutional environment, there has been little impact on the governing procedures of transactions of SAG of domestic beef. Regarding the beef export slaughterhouse industry, it was verified that there are no establishments of agreements for the transactions. However, this fact can be explained through the creation of reliable commitments between the parts (beef suppliers and slaughterhouses), and also by the lack of enforcement on traceability on the part of the European Union and the Brazilian government (which ends up reducing the peculiarity of the assets of the raw material). As for the relationship between the slaughterhouse and its consumers of the domestic market, the hypothesis is rejected, because what prevails is a realible commitment between the two parts, being the transactions conducted through the market. Regarding the relationship between the export slaughterhouse and the European market, the hypothesis is not rejected, because the rise on the peculiarity of assets leads to the establishment of agreements as a way to reduce the costs of transactions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
mariusa.pdf (1.39 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.