• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Rodolfo Margato da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2013
Orientador
Banca examinadora
Martines Filho, Joao Gomes (Presidente)
Cruz Júnior, José César
Marques, Pedro Valentim
Título em português
Relações no mercado internacional de soja em grão: Preços, volatilidades e fluxo de informações
Palavras-chave em português
Comércio internacional
Mercados futuros
Preços agrícolas
Soja
Transmissão de volatilidade
Resumo em português
Este trabalho examina relações de preço e volatilidades entre os contratos futuros de soja em grão negociados nos Estados Unidos, China, Brasil e Argentina ao longo do período delimitado entre 2002 e 2011. Os principais resultados mostram que os preços norteamericanos ainda possuem um papel dominante para explicar as variações de preço nos mercados internacionais. Outros resultados também indicam conexões mais fortes entre os preços na bolsa chinesa de Dalian e nos demais mercados, especialmente após 2006. Esta constatação sugere que o mercado chinês se tornou mais integrado ao mercado global de soja em grão em anos recentes, o que reflete a crescente participação da China no comércio internacional da commodity e o desenvolvimento de seu contrato futuro. Em termos de transmissão de volatilidade, o contrato futuro norte-americano teve papel de referência ao promover o contágio para os mercados futuros de Brasil e Argentina em praticamente todos os intervalos de tempo definidos na pesquisa; além disso, movimentos de volatility spillover do mercado dos Estados Unidos para a bolsa chinesa de Dalian ocorreram somente entre 2009 e 2011, ratificando a maior conexão do mercado asiático nos últimos anos. Ainda, Brasil e Argentina mostraram fortes relações com o mercado chinês, fruto do estreitamento comercial, e ao mesmo tempo foram nitidamente impactados pela estrutura de preços e por choques ocorridos na bolsa norte-americana. A despeito da caracterização do contrato futuro dos Estados Unidos como líder na precificação da soja em âmbito mundial, o presente trabalho expõe a grande parcela de importância da bolsa chinesa na definição do preço eficiente de longo prazo da soja em grão, e confirma Brasil e Argentina como seguidores no sistema internacional de ajuste de preços. Através da comparação entre modelos com diferenças acerca da utilização de preços de fechamento ou de abertura da China, o conjunto com cotações de fechamento apresentou maior número de relações de preço e processos de transmissão de volatilidade significativos. A grande contribuição deste estudo corresponde ao resultado sintético de que os principais players do mercado internacional de soja em grão são bastante conectados através de movimentos de preços, volatilidades e fluxos de informação, e que as conexões entre eles se tornaram mais fortes com o passar dos últimos anos. Em termos de aplicação prática, o estudo apontou que os agentes do mercado internacional de soja em grão que acompanharem os movimentos do contrato futuro da China diariamente tendem a realizar transações mais eficientes e lucrativas.
Título em inglês
Linkages in the World Soybean Market: Prices, volatilities and information flow
Palavras-chave em inglês
Futures markets
Price linkages
Soybeans
Volatility spillover
Resumo em inglês
This thesis examines price and volatility linkages between soybean futures contracts traded in United States, China, Brazil and Argentina for the period ranging from 2002 to 2011. The main findings show that U.S. prices still appear to have a dominant role to explain price changes in international markets. Results also indicate stronger linkages between prices in China and in other three markets, especially after 2006. This result suggests the Chinese market has become more integrated with soybean international markets in recent years, which might reflect the growing participation of China in international trade and the development of its soybean futures contract. Regarding volatility spillover, U.S. futures contract had reference position by promoting price contagion to the futures markets in Brazil and Argentina in almost all time intervals defined; moreover, volatility spillovers from U.S. market to Dalian futures market have been observed only from 2009 to 2011, confirming a stronger linkage between U.S. and Chinese markets in the last years. Besides, Brazil and Argentina have shown strong linkages with Chinese market, due to the trade relationship, and at the same time these countries have been impacted sharply by price structure and shocks from U.S. market. Despite the role of U.S. futures contract as a global leader in the soybean pricing process, this study presents the great importance of Chinese market to define the soybean efficient price in the long run, and it confirms Brazil and Argentina as followers in the international system of price adjustment. By comparing models with differences on the use of closing prices or opening prices from Chinese futures market, the set of closing prices presented the largest number of significant price linkages and volatility spillovers. According to the main contribution of this study, the major players in the soybean international market are highly linked through price movements, volatilities and information flow. Results also indicate that linkages between the soybean futures markets have become stronger over the last years. Regarding the practical application, the study pointed that the players of the soybean international market have to observe the movements in the Chinese futures contract daily to perform more efficient and profitable transactions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.