• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Vanclei Zanin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2017
Orientador
Banca examinadora
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade (Presidente)
Adami, Andreia Cristina de Oliveira
Alves, Lucilio Rogerio Aparecido
Bragagnolo, Cassiano
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Título em português
Ensaios sobre a orizicultura brasileira
Palavras-chave em português
Arroz
Consumo domiciliar
Exportações
Modelo VAR-VEC
Quaids
Resumo em português
O presente trabalho é composto de dois artigos que versam sobre temas pouco explorados na orizicultura nacional. Especificamente, objetiva-se investigar aspectos relacionados à procura pelo cereal no mercado doméstico e à sua inserção externa. Para tanto, após uma introdução geral, o trabalho apresenta um artigo sobre a demanda domiciliar de alimentos com destaque para o consumo de arroz e um segundo ensaio que investiga a oferta brasileira de exportação de arroz. O primeiro artigo (segundo capítulo) apresenta as estimativas da demanda domiciliar alimentar brasileira obtidas por meio de um modelo Quadratic Almost Ideal Demand System (QUAIDS) ajustado para o problema do consumo censurado e da endogeneidade das despesas. A base de dados utilizada foi a POF 2008-2009, sendo os produtos selecionados devido à relação de complementariedade e substitutibilidade esperada com o arroz. Os resultados indicam comportamento inelástico da demanda do arroz em relação à renda e ao dispêndio com alimentos no domicílio. Observa-se que as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste apresentam maior sensibilidade da demanda a aumentos da renda (dispêndio). A elasticidade-preço própria da demanda não compensada indicou que a variação no preço do arroz impacta mais que proporcionalmente a sua demanda. As elasticidades-preço cruzadas apontam o pão e a farinha de mandioca como importantes substitutos do arroz e o feijão um bem complementar, considerando a demanda domiciliar. Os resultados decompostos em dez estratos de renda per capita familiar indicam maior sensibilidade das famílias de menor renda a variações do preço do cereal e o aumento da relação de substituição com os outros bens à medida que a renda se eleva. O segundo artigo (terceiro capítulo) trata da investigação dos condicionantes das exportações brasileiras de arroz por meio de VAR estrutural baseado em um modelo econômico de excesso de oferta, no período pós 2009. Os resultados das relações contemporâneas mostram considerável efeito negativo do crescimento interno (PIB) sobre as exportações. A taxa de câmbio real efetiva apresentou forte impacto imediato positivo sobre as exportações. O preço de exportação também teve efeito positivo, e pouco maior do que um, sobre a quantidade exportada. O preço ao produtor apresentou impacto imediato positivo sobre as vendas externas. A função impulso-resposta confirma o papel do consumo interno (PIB) como concorrente das vendas externas ao longo do tempo. Por outro lado, o efeito acumulado de um choque não antecipado de 1% na taxa de câmbio efetiva real muda de trajetória e se torna negativo a partir do terceiro período, o que pode ser reflexo do encarecimento das importações de arroz - componente ainda importante no abastecimento interno. No caso do preço das exportações, o efeito positivo se dissipa a partir do terceiro período. Por último, o preço ao produtor mantém, no acumulado, impacto positivo sobre as exportações. No geral, o modelo de excesso de oferta se mostrou adequado, mas a grande importância das importações e dos estoques nesse mercado parece afetar os resultados e merece ser melhor investigada.
Título em inglês
Essays on Brazilian rice production
Palavras-chave em inglês
Domestic demand
Exports
Quaids
Rice
VAR
Resumo em inglês
This work is organized in two papers that deal with some topics that are little explored in the Brazilian rice growth literature. Specifically, it aims to investigate aspects related to the demand for rice in the domestic market and its external insertion. For that, after a general introduction, we present an article on household demand for food, with emphasis on rice consumption and a second paper investigating the rice export supply. The first article, in the second chapter, presents estimates of the Brazilian household food demand through a Quadratic Almost Ideal Demand System (QUAIDS) adjusted for censored consumption and endogeneity of total expenditures. Microdata from Household Budget Survey (POF) 2008-2009 with products selected due to the expected relationship of complementarity and/or substitutability with rice. The results indicate an inelastic behavior of rice demand in relation to income and food expenditure at home. It is observed that the Center-West, Southeast and Northeast regions show greater sensitivity of demand to increases in income (expenditure). The price elasticity of demand indicated that the variation in rice's price affects more than proportionally its demand. The cross-price elasticities point to bread and manioc flour as important substitutes for rice and beans as a complement in household demand. The results for ten strata of family per capita income indicate higher sensitivity of lower income families to changes in cereal prices and an increase in the substitution ratio with other goods as income rises. The second article, in the third chapter, deal with investigation of the determinants of Brazilian rice exportations through structural VAR based on a model of excess supply in the post-2009 period. The results of contemporary relations show a considerable negative effect of GDP growth on exports. The effective real exchange rate had a strong immediate positive impact on exports. The export price also had a positive and elastic effect on the quantity exported. The producer price had an immediate positive impact on foreign sales. The impulse-response function confirms the role of domestic consumption (GDP) as a competitor to external sales, over time. On the other hand, the effect of an unanticipated shock on the real exchange rate changes trajectory and becomes negative from the third period, which may be a reflection that rice's imports are more expensive- imports still are important component in domestic supply. In the case of export prices, the positive effect dissipates from the third period. Finally, the producer price keeps an accumulated positive impact on exportations. In general, the excess supply model is adequate, but the high importance of imports and stocks in this market seems to affect the results and deserve further investigation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.