• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2002.tde-20112002-090448
Documento
Autor
Nome completo
Marta Cristina Marjotta-Maistro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Barros, Geraldo Sant Ana de Camargo (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Burnquist, Heloisa Lee
Gasques, Jose Garcia
Sousa, Eduardo Luis Leão de
Título em português
Ajustes nos mercados de álcool e gasolina no processo de desregulamentação.
Palavras-chave em português
álcool como combustível
comércio agrícola
gasolina
mercado agrícola
preços agrícolas
Resumo em português
A abertura do setor sucroalcooleiro iniciou-se com a extinção do Instituto do Açúcar e do Álcool em 1990, que controlava as suas atividades desde 1933. A liberação dos preços da gasolina C ao consumidor se deu em 1996, generalizando a um processo de liberação no setor como um todo. O objetivo geral deste trabalho foi analisar e caracterizar o mercado de combustíveis, relacionando os efeitos de mudanças em variáveis associadas à oferta e demanda sobre o comportamento dos agentes num mercado parcialmente liberado, ou seja, entre os anos de 1995 e 2000. Os objetivos específicos foram estimar dois modelos: Modelo de Ajuste pelo Preço e Modelo de Ajuste pela Quantidade. O primeiro modelo foi composto por oito equações, sendo quatro delas de quantidades e quatro de preços dos combustíveis – gasolina C ao varejo e ao atacado, álcool anidro ao produtor e gasolina A na refinaria. O segundo modelo foi composto por cinco equações, sendo uma da quantidade de gasolina C do varejo e quatro dos preços dos combustíveis. Os métodos de estimação foram Mínimos Quadrados em Dois Estágios para o primeiro modelo e Mínimos Quadrados Ordinários para o segundo. A distinção entre dois modelos ocorreu devido ao fato de que o sistema de preços de mercado ainda não era eficaz em função do caráter de transição conferido ao período da pesquisa. Com o primeiro modelo verificou-se o grau em que as forças de mercado já operavam entre 1995 e 2000. Com o segundo, procurou-se retratar a dinâmica de ajustamento em um mercado no qual as quantidades ofertadas eram pré-determinadas e os preços se ajustavam a partir de condições previamente estabelecidas pelo governo para a comercialização nos setores sucroalcooleiro e de combustíveis.Com as estimativas do segundo modelo foram calculados os Multiplicadores de Impacto de Theil, possibilitando avaliar os efeitos sobre a qua ntidade e os preços dos combustíveis de choques nas variáveis exógenas do modelo. Os resultados do primeiro modelo permitiram concluir: (a) que os ajustes via preços foram pouco eficazes para influenciar alterações nas quantidades dos combustíveis; e (b) a existência de certa inércia nos movimentos de preços, típica dos sistemas de controle de preços como os que vinham prevalecendo na década de 1990. Com os resultados do segundo modelo, as principais conclusões foram: (a) as variações de demanda tendiam a ser atendidas sem grandes alterações nos preços da gasolina e dos seus componentes; (b) os ajustes de preços ao atacado da gasolina C e da gasolina A, ainda que moderados, eram repassados ao varejo parcialmente; (c) o governo tendia a absorver os choques externos de preços não os repassando imediatamente ao varejo e o varejo não repassava, na mesma proporção, ao consumidor final. Assim, os resultados da pesquisa refletiram setores ainda operando sob a égide do Estado, que controlava suas operações sem necessariamente atender à lógica econômica. À medida que os ajustes nos setores sucroalcooleiro e de combustíveis passarem a ser guiados pelos preços de mercado, alterações de demanda e oferta passarão a se refletir nos preços dos vários elos desses setores, possivelmente nos moldes do Modelo de Ajuste pelo Preço discutido nesta pesquisa.
Título em inglês
Adjustments in the ethanol and gasoline markets in the deregulation process.
Palavras-chave em inglês
agribusiness
agricultural market
agricultural prices
ethanol fuel
gasoline
Resumo em inglês
The economic opening of the sugar-ethanol market was started with the extinction of the "Instituto do Açúcar e do Álcool" ( Sugar–Ethanol Institute ) in 1990, which controlled its activities since 1933. The deregulation of gasoline C prices to the consumer took place in 1996, generating the deregulation process in the sector as a whole. The general aim of this study was to analyze and characterize the fuel market, relating the change effects in associated variables to the supply and demand about the agents' behavior in a market partly deregulated, that is, between 1995 and 2000. The specific aims were to estimate two models: Price Adjustment and Quantity Adjustment Models. The first was made up of eight equations, being four of quantities and four of fuel prices – retail and wholesale gasoline C prices, anhydrous ethanol to producer and gasoline A at refineries. The second model was made up of five equations, being one of gasoline C to retailing and four of fuel prices. The estimating methods for the first model were Minimum Squares in Two Stages, whereas Ordinaries Minimum Squares were used for the second one. The distinction between the two models was made necessary due to the fact that the market price system was not efficient yet, because of the transitional condition during the time of the research was done. Through the first model it was checked the degree the market forces already operated between 1995 and 2000. Through the second one, it was attempted to show the dynamic of adjustments in a market, which the amounts offered were pre-determined and the prices adjusted themselves based on commercialization conditions to the sugar-ethanol and fuel sectors, previously established by the government. Based on the estimates from the second model, it was figured the Impact Multipliers of Theil, allowing to evaluate the effects over quantities and prices of shock fuels in exogenous variables of the model. Results of the first model allow to conclude: (a) that adjustments via prices were little efficient to influence changes in fuel amounts and; (b) the existence of a certain inertness of prices movements, typical of price control systems like the ones being practiced in the 1990's. Through the results of model two, the main conclusions were: (a) the demand variations tended to be met without major changes in the price of gasoline and its compounds; (b) the wholesale gasoline C and gasoline A at refineries prices adjustments, even moderated, were reposed partly to retailing; (c) the government had a tendency to absorve the external price shocks and did not repose immediately to retailing and the retailing did not repose, at the same extent, to the final consumer. Therefore, the research results reflected sectors still operating under State domain, which controlled their operations without necessarily meeting the economic logic. As the adjustments in the sugar-ethanol and fuel sectors start to be dictated by market prices and demand-supply changes, they will start to reflect on prices of the various links of this sector, possibly in the form of the Price Adjustment Model, discussed in this study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marta.pdf (498.03 Kbytes)
Data de Publicação
2002-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.