• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2006.tde-19062006-164635
Documento
Autor
Nome completo
Madalena Maria Schlindwein
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Kassouf, Ana Lucia (Presidente)
Alves, Denisard Cneio de Oliveira
Ferreira Filho, Joaquim Bento de Souza
Hoffmann, Rodolfo
Menezes, Tatiane Almeida de
Título em português
Influência do custo de oportunidade do tempo da mulher sobre o padrão de consumo alimentar das famílias brasileiras
Palavras-chave em português
análise sócio-econômica
consumo de alimento
família
mulher
nutrição – qualidade
renda familiar
tempo parcial
Resumo em português
O objetivo central desta tese foi o de testar a hipótese de que o custo de oportunidade do tempo da mulher brasileira, afeta positivamente o consumo de alimentos de fácil e rápido preparo e negativamente, o consumo dos alimentos “tempo intensivos”. Os dados utilizados no estudo são oriundos da Pesquisa de Orçamentos Familiares - (POF) 2002-2003, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Foram utilizados tanto os microdados quanto as publicações da referida pesquisa. Com base na Teoria da Produção Domiciliar, e por meio da utilização de um modelo econométrico – o procedimento em dois estágios de Heckman, buscou-se avaliar a influência do custo de oportunidade do tempo da mulher e de alguns outros fatores como: o nível de renda domiciliar, a composição familiar, a urbanização entre outros, sobre o consumo domiciliar de um grupo selecionado de alimentos – feijão, arroz, batata, mandioca, carnes, farinha de trigo, alimentos prontos, pão, iogurte e refrigerantes e sucos – e sobre o consumo de alimentação fora do domicílio. Os principais resultados mostram que houve uma significativa mudança nos padrões de consumo alimentar das famílias brasileiras desde a década de 1970. Como exemplo cita-se a redução de 46% no consumo domiciliar de arroz polido e 37% no consumo de feijão e, um aumento de 490% no consumo de refrigerantes de guaraná e 216% de alimentos preparados. Os principais indicadores socioeconômicos dão conta de uma intensificação no processo de urbanização no Brasil, ou seja, atualmente 83% da população brasileira vive em áreas urbanas, enquanto em 1970 esse percentual era de apenas 56%. Além disso, 54% das mulheres brasileiras, que são chefe de família ou cônjuges, trabalham e 26% dos chefes de família hoje no Brasil são mulheres. No que se refere aos fatores que afetam os padrões de consumo, verificou-se que, o custo de oportunidade do tempo da mulher, está diretamente relacionado a um aumento na probabilidade de consumo e no gasto domiciliar com os alimentos que demandam um menor tempo de preparo, como por exemplo, os alimentos prontos, o pão, refrigerantes e sucos, iogurtes e alimentação fora do domicílio e, uma redução, tanto na probabilidade de consumo quanto no gasto familiar, com os “alimentos tradicionais”, feijão, arroz, mandioca, carnes e farinha de trigo que, em geral, demandam um maior tempo de preparo. Todas as variáveis, custo de oportunidade do tempo da mulher, nível de renda, urbanização e composição familiar, foram altamente significativas e importantes na determinação dos padrões de consumo de alimentos no Brasil.
Título em inglês
The influence of the woman’s opportunity costs of time on the food consumption of Brazilian family’s
Palavras-chave em inglês
family
family income
food consumption
nutrition - quality
part time
socio-economic analysis
woman
Resumo em inglês
The main objective of this thesis was to test the hypothesis that the woman’s opportunity costs of time affects positively the consumption of foods that are easy and quick to prepare and negatively the consumption of foods that are time intensive. This study uses micro data from the “Pesquisa de Orçamentos Familiares” - Family Budget Research (POF) 2002- 2003, carried out by the “Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística” – IBGE – the Brazilian Institute of Geography and Statistics. Based on the theory of Household Production and making use of an econometric model – Heckman two stages procedure, it was aimed to evaluate the influence of the woman’s opportunity costs of time and other factors such as the level of household income, the family formation, urbanization, among others, on the household consumption of a distinct group of foods – bean, rice, potato, cassava, meat, wheat flour, readymade foods, bread, yogurt, soft drinks and juices - and on the consumption of foods eaten outside the home. The main results show that there has been a significant change in the standards of eating habits of the Brazilian families since the 1970’s. As an example, it was cited the reduction of 46% in household rice consumption and 37% in the bean consumption and, an increase of 490% in the soft drinks consumption and 216% in the ready-made foods. The main socioeconomic indicators show intensification in the urbanization process in Brazil, that is, currently 83% of the Brazilian population lives in urban areas, while in 1970 this percentage was only 56%. Besides that, 54% of the Brazilian women that are the head of the family or spouse are working and 26% of the heads of families in Brazil nowadays are women. As for the factors that affect the standards of consumption, it was verified that the woman’s opportunity cost of time is directly related to an increase in the probability of consumption and of the household expenses on foods that demand a shorter time to be prepared, for example, the ready-made foods, bread, soft drinks and juices, yogurt and foods eaten outside the home and, to a reduction, in the probability of consumption as well as in the household expenses, on “traditional foods” such as bean, rice, cassava, meat and wheat flour that, in general, demand a longer time to prepare. All the variables, woman’s opportunity costs of time, income level, urbanization and family formation were highly significant and important to determine the standards of food consumption in Brazil.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MadalenaSchlindwein.pdf (836.94 Kbytes)
Data de Publicação
2006-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.