• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-14042009-084343
Documento
Autor
Nome completo
Fabíola Cristina Ribeiro de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Hoffmann, Rodolfo (Presidente)
Moraes, Márcia Azanha Ferraz Dias de
Ramos, Pedro
Título em português
Ocupação, emprego e remuneração na cana-de-açúcar e em outras atividades agropecuárias no Brasil, de 1992 a 2007
Palavras-chave em português
Agropecuária
Cana-de-açúcar
Emprego
Mercado de trabalho
Salários.
Resumo em português
O trabalho analisa a evolução do mercado de trabalho da agropecuária nacional e regional, apresentando indicadores sobre a ocupação, o emprego, a qualificação e a remuneração de trabalhadores, de 1992 a 2007. Usando os dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios - PNAD, considerou-se o conjunto de todas as pessoas ocupadas e empregadas no setor agropecuário como um todo e destacou-se as informações daqueles que exercem atividades nos segmentos pecuário e agrícola, e em culturas específicas, com ênfase na cana-de-açúcar. O trabalho também é voltado para a investigação dos diferenciais da remuneração e salários na agropecuária brasileira, por meio do ajuste de equações de rendimentos. Além dos fatores usualmente adotados em equações de rendimentos estimadas para o setor, como idade (proxy da experiência), escolaridade, sexo, posição na ocupação, situação do domicílio (rural ou urbano), cor da pele e horas semanais de trabalho, também foram incluídas como variáveis explanatórias o segmento de atividade (agrícola, pecuário, ou ramos mais específicos) e, no caso das equações dos assalariados, variáveis referentes à posse ou não de carteira de trabalho, à natureza do emprego (permanente ou temporário e especializado ou não especializado). Os resultados revelam que o mercado de trabalho agropecuário eliminou muitos postos de trabalho nos últimos 15 anos, principalmente em razão da ampliação do uso de tecnologia pelo setor. Alguns avanços no mercado de trabalho são observados, como o crescimento de postos de trabalho com vínculos empregatícios mais estáveis, e os ganhos reais na remuneração das pessoas empregadas nas diversas atividades agropecuárias. As equações de rendimentos estimadas para o conjunto das pessoas ocupadas mostram que os principais condicionantes do rendimento são a posição na ocupação e a região. Para o subconjunto de empregados, verifica-se que um empregado com carteira assinada e com vínculo permanente tende a ganhar mais dos que aquele sem registro em carteira e temporário. Nos modelos para os empregados agrícolas, como era de se esperar, o empregado não especializado (mão-de-obra comum) ganha, em média, mais do que o especializado. Ao acrescentar essas variáveis percebe-se a diminuição da influência da região na renda dos empregados na agropecuária, indicando que os diferenciais de salários estão fortemente associados aos diferentes níveis técnicos e de produtividade existentes entre os espaços geográficos do país. Em todos os modelos estimados, verifica-se que a remuneração das pessoas ocupadas (ou empregadas) em empreendimentos cuja atividade principal é a produção de canade- açúcar é a mais elevada, quando comparada com a remuneração obtida na pecuária, na agricultura e em outras lavouras selecionadas, como o arroz, a soja, o café, o milho e a mandioca. Embora se constate que os empregados na cana-de-açúcar são melhor remunerados quando são analisadas as informações de trabalhadores de várias etapas do ciclo produtivo (PNAD), quando é analisado o pagamento diário nas empreitas de colheita no estado de São Paulo, conforme dados do Instituto de Economia Agrícola - IEA, o valor pago na colheita da cana é inferior ao pago na colheita de frutas cítricas (laranja, limão e tangerina) e de café (cereja e em coco).
Título em inglês
Occupation, employment and earnings in the sugar-cane crop and in other agricultural activities in Brazil, from 1992 to 2007
Palavras-chave em inglês
Agriculture
Employment
Labor market
Sugar cane
Wages.
Resumo em inglês
The thesis analyses the evolution of the job market in the agriculture and livestock sector, nationally and regionally, presenting indicators about the workers occupation, employment, qualification and earnings from 1992 to 2007. Using data from a Brazilian national household survey - PNAD, the analysis considers all people working and employed in the agriculture and livestock sector including the information about those who work in the livestock and agricultural segments and in specific crops, with emphasis in sugar cane. The thesis also aims to investigate the differentials of earnings of workers in the agricultural sector, through the adjustment of income equations. In addition to the factors usually included in income equations estimated for the sector, like age, schooling, gender, position in the occupation, residence's situation (rural or urban), skin color and weekly working hours, other explanatory variables where added: type of activity (crops, livestock or more specific branches). In the case of the equations for those who receive a salary, variables referring to possession or not of working papers, the nature of the job (permanent or temporary and specialized or not specialized) were included. The results reveal that the agricultural job market has eliminated many job positions in the last 15 years, mainly due to the increase of technology usage by the sector. Some advances in the job market are noticed, like growth of job positions with more stable employment relations and real increases of employed peoples earnings in diverse agricultural activities. The income equations estimated for all employed people show that the main determining to the income are position in the occupation and region. For the employees' equation, it is noted that an employee registered in a permanent job tends to earn more than those unregistered and temporary. In agricultural employees models, as expected, the non-specialized employee (common work-hand) earns more than the specialized one. With the addition of these variables, a decrease of influence of region in the income from agricultural employees can be perceived, indicating that differentials of salaries are strongly attached to the different technical levels and productivity existent among the country geographical spaces. In all estimated models, it is noted that the earnings level of occupied person is higher in enterprises which main activity is sugar cane production, when compared with the earning level obtained from livestock, agriculture and other selected crops like rice, soya, coffee, corn and manioc. Although it has been verified that employees in sugar cane are better paid when consider data for all stages of the productive cycle, when the daily payment in harvest in the state of Sao Paulo is analysed, the amount paid in sugar cane is lower than the one paid in citrus harvest (orange, lemon, tangerine) and coffee.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ERRATA.pdf (30.14 Kbytes)
Fabiola_Oliveira.pdf (1.09 Mbytes)
Data de Publicação
2009-04-22
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • OLIVEIRA, Fabíola Cristina Ribeiro de. O mercado de trabalho assalariado na cana-de-açúcar e em outras atividades agropecuárias. In Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER) [online], 48, Campo Grande, 2010. [acesso 2011-09-30]. Disponível em : <http://www.sober.org.br/palestra/15/1046.pdf>
  • HOFFMANN, Rodolfo, and OLIVEIRA, Fabíola Cristina Ribeiro de. Employment and income in the sugarcane agribusiness in the Brazilian State of São Paulo. In CORTEZ, Luís Augusto Barbosa. Sugarcane bioethanol: R&D for productivity and sustainability. Organizador. 1 ed. São Paulo : Blucher, 2010. chap. 7. p. 255-269. Parte 2.
  • HOFFMANN, Rodolfo, e OLIVEIRA, Fabíola Cristina Ribeiro de. O emprego e a renda no setor sucroalcooleiro no estado de São Paulo. In CORTEZ, Luís Augusto Barbosa. Bioetanol de cana-de-açúcar: P&D para produtividade e sustentabilidade. Organizador. 1 ed. São Paulo : Blucher, 2010. cap. 7. p. 255-269. Parte 2.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.