• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2015.tde-08042015-152433
Documento
Autor
Nome completo
Florian Immanuel Schumacher
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Caixeta Filho, Jose Vicente (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Martins, Ricardo Silveira
Bonato, Daniela Bacchi Bartholomeu
Miranda, Silvia Helena Galvao de
Título em português
Análise custo-benefício de ondulações transversais e redutores eletrônicos de velocidade no Brasil
Palavras-chave em português
Análise custo-benefício
Ondulação transversal
Redutor eletrônico de velocidade
Segurança viária
Resumo em português
Dado o grande impacto econômico e social dos acidentes de trânsito no Brasil, a eficácia comprovada de medidas de controle de velocidade em reduzir acidentes de trânsito, o uso frequente de algumas dessas medidas no Brasil, a falta de estudos sobre o impacto econômico dessas medidas no Brasil e a especificidade regional das análises de custo-benefício, o objetivo deste estudo é fazer uma avaliação econômica das intervenções de segurança viária ondulação transversal e redutor eletrônico de velocidade no Brasil. Desenvolve-se um método para avaliar o custo-benefício destas intervenções de segurança viária para um conjunto de condições de tráfego definidas pelas variáveis velocidade de fluxo livre, volume de tráfego e quantidade de acidentes com vítima, e avalia-se sob quais dessas condições cada intervenção é custo-eficiente. Os resultados mostram que a relação custo-benefício dos dispositivos redutores de velocidade depende fortemente da acidentalidade do local de implementação e que os dispositivos são tanto mais custo-eficientes quanto maior for a acidentalidade e quanto menor for o volume de tráfego.
Título em inglês
Benefit-cost analysis of Brazilian conventional and electronic speed humps
Palavras-chave em inglês
Cost-benefit analysis
Electronic speed hump
Road safety
Speed hump
Resumo em inglês
Given the large economic and social impact of traffic accidents in Brazil, the proven effectiveness of speed control measures to reduce traffic accidents, the frequent use of some of these measures in Brazil, the lack of studies on the economic impact of these measures in Brazil and the inapplicability of cost-benefit analyzes conducted in other countries for the Brazilian reality, the objective of this study is to make an economic evaluation of road safety interventions speed hump and electronic speed hump in Brazil. We develop a method to evaluate the cost effectiveness of these interventions in road safety based on a reduced set of parameters and evaluate under what conditions of free flow speed, traffic volume and number of injury accidents each intervention is cost-effective. Results show that the cost-benefit ratio of the speed reducing devices strongly depends on the accident rate and that the greater the accident rate and the lower the traffic volume are, more cost effective the devices are.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.