• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2007.tde-07032007-164206
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Estela Sanjuan Montebello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Bacha, Carlos Jose Caetano (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Toneto Junior, Rudinei
Título em português
Análise da evolução da indústria brasileira de celulose no período de 1980 a 2005
Palavras-chave em português
Econometria
Exportação
Indústria de celulose
Inovações tecnológicas
Resumo em português
O presente trabalho analisa a evolução da indústria brasileira de celulose no período de 1980 a 2005, enfocando três objetivos específicos: 1) analisar a estrutura e o desempenho da indústria brasileira de celulose, avaliando sua produção, exportação e custo de produção. Ao mesmo tempo, discute-se a reorganização dessa indústria a partir da década de 1980 e ressalta as mudanças que surgiram e seus impactos na competitividade da indústria; 2) identificar as pesquisas e inovações tecnológicas que ocorrem nas áreas florestal e industrial e ressaltar seus possíveis impactos sobre a competitividade da indústria brasileira de celulose; e 3) analisar a evolução das exportações brasileiras de celulose, elaborando um modelo econométrico para evidenciar os principais determinantes de sua oferta e demanda. Quanto ao primeiro objetivo desse trabalho, a estrutura e o desempenho da indústria brasileira de celulose foram analisados pelas seguintes variáveis: produção, exportação, custo de produção, número de empresas e, também, índices de concentração. Constatou-se que o Brasil vem ampliando e ganhando marketshare nas exportações de celulose. Esse desempenho exportador é causado, principalmente, pelas vantagens de custo de produção. Para analisar o segundo objetivo dessa dissertação, utilizou-se dados primários, coletados através questionários e a revisão de literatura, a fim de se realizar um levantamento das principais inovações tecnológicas ocorridas na silvicultura e produção industrial de celulose. Ao longo dos anos 80 e 90 e nos anos 2000, pesquisas ocorreram em diferentes intensidades, nas distintas etapas de produção florestal e industrial. Os dados das entrevistas, organizados na forma tabular e gráfica, bem como analisados pelo teste de Wilconox, ressaltam melhoria nas inovações tecnológicas em etapas do processo produtivo que trouxeram expressivos aumentos de produtividade na silvicultura e na produção industrial de celulose e que implicaram redução no custo de produção da celulose. Esta útima elevou a rentabilidade do setor, causando sua expansão. No terceiro objetivo desse trabalho, foram realizadas estimativas das equações de oferta e demanda de celulose para o período de 1980 a 2005. Em relação à oferta de celulose, as variáveis preço brasileiro da celulose exportada e exportações defasada foram significativas a 20% e a 1%, respectivamente. Já o custo de produção não apresentou significância estatística, mas teve o sinal esperado. A elasticidade-preço da oferta brasileira de celulose foi de 0,40, ou seja, trata-se de inelástica em relação ao seu preço. Em relação à estimativa da equação de demanda, o preço da celulose brasileira e a demanda internacional de celulose foram significativos a 1%. A elasticidade-preço da demanda de celulose encontrada foi -0,69 indicando que a demanda pela celulose brasileira é inelástica com relação ao seu preço. Por outro lado, a elasticidade da quantidade demandada de celulose brasileira em relação à demanda internacional desse produto foi 2,17, indicando que a quantidade demandada da celulose brasileira é elástica em relação à demanda internacional desse produto.
Título em inglês
Analysis of the evolution of Brazilian pulp industry from 1980 to 2005
Palavras-chave em inglês
Econometric model
Exportation
Pulp
Technological innovations
Resumo em inglês
The present dissertation analyses the evolution of Brazilian pulp industry from 1980 to 2005, paying attention to three specific objectives: (1) analysis of the Brazilian pulp industry?s structure and performance, evaluating its production, exports and production costs. Besides that, the dissertation discusses the reorganization of this industry since the 1980's and highlights the changes that happened and their impacts on the sector's competitiveness; (2) Identify the researches and technological innovations that took place in forest and industrial areas, and emphasize their possible impacts on the competitiveness of Brazilian pulp industry; (3) analyze the evolution of the Brazilian pulp exports, elaborating an econometric model to evidence the main determinants of supply and demand for these exports. In relation to the first objective of this work, the structure and performance of the Brazilian pulp industry were analyzed through the following variables: production, export, production costs, number of enterprises, and also concentration indexes. It was evidenced that Brazil is increasing its market share in pulp exports. The increase of exports is mainly due to production cost advantages what associate to innovations in forest and industrial areas. To analyze the second objective of this dissertation, primary data, collected through questionnaires, and literature review were used to realize a survey of the main technological innovations that had occurred in silviculture and in Brazilian pulp production. Throughout the 1980's and 1990's and during the six first years of the 2000's, researches occurred in different intensities, in the distinct stages of industrial and forest production. The primary data organized in tables and graphs, as well as analyzed by Wilconox test, highlight the improves in the technological innovations in the stages of the production process what brought significant increases of productivity in silviculture and in the pulp industrial production, causing the reduction of pulp production cost. The latter enlarged sector's profitability, causing its expansion. In the third objective, supply and demand equations for pulp exports were run for data ranging from 1980 to 2005. Regarding to the pulp supply, Brazilian exported pulp price and lagged exports were statistically significant at 20% and 1% level, respectively. The production cost did not show statistically significant, but it had the expected signal. The price elasticity of Brazilian pulp supply was 0.4, so it is inelastic in relation to its price. The demand elasticity price founded was -0.69, indicating the quantity of Brazilian pulp demanded is inelastic in relation to its price. Meanwhile, the elasticity of Brazilian pulp demanded quantity in relation to international demand of this product was 2.17, indicating the demanded quantity of Brazilian pulp is elastic in relation to the international demand of the product.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AdrianaMontebello.pdf (335.79 Kbytes)
Data de Publicação
2007-03-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.