• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2006.tde-03102006-171619
Documento
Autor
Nome completo
Ana Laura Angeli Menegatti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Barros, Alexandre Lahoz Mendonca de (Presidente)
Neves, Evaristo Marzabal
Takitane, Izabel Cristina
Título em português
Custo de produção para soja convencional e transgênica a luz das metodologias utilizadas pelos órgãos públicos no Brasil e nos Estados Unidos: um estudo para o estado do Mato Grosso do Sul
Palavras-chave em português
Brasil
custo econômico – metodologia – comparação
Estados Unidos
órgão público
produção (economia)
soja
soja transgênica
Resumo em português
O presente trabalho teve por objetivo determinar e comparar custos de produção para a soja, visando as análises comparativas de custos incorridos entre a cultura trasngênica e convencional e entre os custos contidos nas planilhas disponibilizadas pelos órgãos públicos no Brasil e nos Estados Unidos. Para tanto foi realizada uma pesquisa de campo, no estado do Mato Grosso do Sul, para levantamento, através de entrevistas a produtores, de dados primários referentes a safra 2004/05 que compuseram o banco de dados necessário para a formação das planilhas de custo de produção. O comparativo entre as duas modalidades de cultivo, viabilizado através de revisão bibliográfica dos conceitos envolvidos em uma planilha típica de custo de produção, revelou que o custo da soja transgênica foi aproximadamente 14,8 % menor do que o da soja convencional. A análise mostrou que os produtores que adotaram a nova tecnologia tiveram um custo inferior com herbicida e mão-de-obra quando comparado ao custo da convencional. Para o comparativo entre as planilhas obtidas a luz das metodologias dos órgãos públicos, coube a revisão bibliográfica das metodologias utilizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) para o Brasil e pelo Departamento de Agricultura (USDA) para os Estados Unidos. A partir de dados comuns, uma planilha representativa de cada órgão, adaptada à realidade brasileira, foi obtida, permitindo decidir sobre a possibilidade de comparação destes custos de produção, considerando suas disparidades metodológicas. Foi observado que a diferença que se inicia a partir da forma de obtenção das informações permeia toda a planilha. Diferença ora sutis, percebidas durante os cálculos, alternam-se com diferenças evidentes, estas percebidas através da simples observação das planilhas, não sendo, portanto custos comparáveis.
Título em inglês
Cost of production for GMO and conventional soybean seed based at the methodology utilized by the publics agency on Brazil and United States: a study for South Mato Grosso State
Palavras-chave em inglês
Brazil
comparative
conventional soybean
cost of production
methodology
OGM soybean
United States
Resumo em inglês
The current work has as the main objective to determine and to compare costs of soybean production system, in order to visualize comparative analysis regarding to all costs incurred between two systems of production: crops based on Genetically Modified Organisms (GMO) and those one on conventional seeds. The costs published in spreadsheets by public agencies in Brazil and in United States were analyzed as well. A field research was carried out in South Mato Grosso State, in terms of survey, by interviewing some producers (farmers) about their corresponding primary data of harvest regarding to 2004/2005, intending to collect the necessary database for the composition of production costs spreadsheets. The comparison between the two mentioned modalities of agricultural systems, which was possible due to bibliographical revision about related concepts in terms of typical cost of production spreadsheet, has shown that the cost of GMO system was approximately 14,8% less than that of conventional one. The analysis has shown that the producers that had adopted the new technology had reduced their costs with herbicide and man power when compared with the costs of the conventional system. Regarding to comparison between obtained spreadsheets based on methodologies of the public agencies, it was done the bibliographical revision of the methodologies used by the Brazilian National Supply Company (CONAB) and by the United States Agriculture Department (USDA). Consequently, from a common database, it was generated a representative spreadsheet of each agency, adapted to Brazilian reality, which allowed deciding about the possibility of comparison of these costs of production, considering its methodological disparity. It was observed that the differences which started with the form of acquiring information are maintained along the spreadsheets. Such subtle differences, perceived throughout the computation of data, were alternated with evident differences, these one perceived through spreadsheets, not being comparable costs, thus.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnaMenegatti.pdf (939.98 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.