• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Mitie Ogino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Martines Filho, Joao Gomes (Presidente)
Bacchi, Mirian Rumenos Piedade
Júnior, Geraldo Costa
Popova, Nataliya Dimitrova
Título em português
Fertilizantes minerais: análise da dinâmica na economia agrícola do Centro-Oeste brasileiro
Palavras-chave em português
Centro-Oeste brasileiro
Fertilizantes minerais
Produtividade agrícola
SVAR
Resumo em português
Os fertilizantes minerais apresentam-se como um dos insumos contribuidores para o aumento da produtividade no Brasil desde os anos de 1980, diante da limitada expansão da área agrícola, e são considerados como poupadores de terra. No entanto, por serem provindos de recursos naturais escassos, extraidos viávelmente (econômico e físico) de limitados locais do mundo, e dependerem altamente de energia para a síntese, fazem com que a produção agrícola seja sensível aos impactos de oferta e demanda pelos fertiliznates. A exemplo do ocorrido em 2008/2009, em que a elevação dos preços dos fertilizantes reduziu sua quantidade de consumo e houve alteração no mercado das commodities agrícolas. Diante disso, objetivou analisar a dinâmica econômica entre os fertilizantes minerais com o mercado agrícola da região Centro-Oeste (CO), onde apresenta o maior consumo de fertilizante minerais e concentra a maior produção agrícola do país. Para análise, considerou-se as variáveis como a quantidade consumida de fertilizantes e o poder de compra ponderado à produtividade (poder de compra p.p.) no CO, e o preço do fertilizante específico. Empregou-se a metodologia de séries temporais, mais especificamente o modelo Autorregressivo Vetorial Estrutural (SVAR), para cada macronutriente primário, ou seja, os fertilizantes nitrogenados, fosfatados e potássicos. Tal modelo permitiu estimar as respostas das variáveis endógenas aos impactos positivos tanto das demais variáveis como de si próprio. Os resultados mostram que a quantidade consumida como sendo a variável mais endógena, com a maior participação do poder de compra p.p. do que seus preços, além da própria variação para os três modelos. Diferentemente dos preços que se apresentaram mais exógenos, cuja contribuição própria foi mais de 90%, também para os três modelos. Por conseguinte, nas análises dos impactos determinou-se a maior sensibilidade de variação entre o impacto no poder de compra p.p. sobre a quantidade consumida do fertilizante para os três modelos. Ao serem comparados, obtiveram a ordem decrescente das elasticidades igual a 0,65; 0,58; e 0,48, respectivamente aos fertilizantes N > P205 > K2O, sequência esta conferida pela atuação agronômica dos nutrientes no solo da região e nas culturas. Já a menor sensibilidade de variação ocorreu entre o poder de compra p.p. sobre o choque nos preços dos fertilizantes, resultado esse esperado, devido os fertilizantes serem um dos insumos necessários para o aumento de produtividade. Assim, reconhece-se a relação positiva entre os três tipos de fertilizantes minerais e a produção no Centro-Oeste pelas demandas dos fertilizantes se apresentarem inelásticas à variação dos preços dos fertilizantes.
Título em inglês
Mineral fertilizers: analysis of the dynamics in the agricultural economy of Central-West Region of Brazil
Palavras-chave em inglês
Agricultural productivity
Central-West Region of Brazil
Mineral fertilizers
SVAR
Resumo em inglês
Mineral fertilizers are one of the contributor inputs to increase productivity in Brazil since the 1980s, given the limited expansion of the agricultural area, and are considered land-savers. However, because they are derived from scarce natural resources, viably extracted (economically and structurally) from limited locations of the world, and highly dependent on energy for synthesis, they make agricultural production sensitive to the impacts of supply and demand. As in 2008/2009, when the increase in fertilizer prices reduced its quantity of consumption, there were changes in the agricultural commodities market. The present dissertation aims to analyze the economic dynamics between mineral fertilizers and the agricultural market of the Central-West region, where the highest mineral fertilizer consumption is presented and the largest agricultural production in the country is concentrated. For the analysis, we considered some variables, such as the quantity of fertilizers consumed, and the purchasing power weighted by productivity, as well as the price of the specific fertilizer. The time series methodology, more specifically the Autoregressive Structural Vector Model (SVAR), was used for each primary macronutrient, that is, the nitrogen, phosphate and potassium fertilizers. This model allowed us to estimate the responses of the endogenous variables to the positive impacts of the other variables as well as of themselves. The results found the quantity consumed as being the most endogenous variable, with the greater participation of weighted purchasing power than its prices, besides its own variation for the three models. Differently from the prices that presented more exogenous, whose own contribution was more than 90% also for the three models. Therefore, in the analysis of the impacts, it was determined the greater sensitivity of variation between the amount of fertilizer consumed on the shock in purchasing power for three models. When compared, they obtained the decreasing order of elasticities equal to 0.65; 0.58; and 0,48, respectively, to N> P205 > K2O fertilizers, a sequence that is conferred by the agronomic performance of the nutrients in the soil of the region and in the crops. On the other hand, the lower sensitivity of variation occurred between purchasing power over the shock of fertilizer prices, a result expected, because fertilizers are one of the inputs needed to increase productivity. Thus, the positive relation between the three types of mineral fertilizers and the production in the Central-West by the demands of the fertilizers are inelastic to the variation of the fertilizer prices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-10
 
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.