• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Nara Leticia Zandonadi de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Peduzzi, Marina (Presidente)
Almeida, Erika Rodrigues de
Jaime, Patrícia Constante
Maia, Flavia de Oliveira Motta
Título em português
Mapeamento da implementação de condutas nutricionais baseadas em evidências em serviços de atenção primária à saúde: Scoping Review
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Conduta Nutricional
Implementação de Práticas
Prática Baseada em Evidências
Resumo em português
A ciência da nutrição experimentou nos últimos anos avanço bastante representativo em produção de evidências científicas, mas ainda permanece incerto em que medida tais ganhos quantitativos acarretam em melhoria da qualidade da atenção à saúde. Sendo assim, objetivou-se sistematicamente mapear e categorizar as intervenções e programas que demonstram como as condutas nutricionais baseadas em evidências têm sido implementadas por profissionais de saúde na atenção primária, buscando também compreender barreiras e potencialidades para que tal implementação aconteça. Para isso, foi realizada uma revisão do tipo scoping review seguindo os preceitos do Instituto Joanna Briggs, considerando-se estudos primários sobre implementação de práticas que abordassem questões relacionadas à alimentação e nutrição, no que diz respeito a recomendações dietéticas e/ou aconselhamento nutricional dentro do contexto da prática baseada em evidências, em serviços de atenção primária à saúde, tendo os profissionais de saúde atuantes nesses serviços como agentes da implementação. Foram consultadas sete bases de dados eletrônicas (PubMed, CINAHL, EMBASE, LILACS, PsycINFO, ERIC e SCOPUS), identificando-se 3096 registros que resultaram em 14 artigos selecionados, todos em língua inglesa, publicados entre os anos de 2004 e 2016, com maior concentração em países do continente europeu. Estes trouxeram diferentes vertentes do processo de implementação acerca de seis importantes temas: Controle de peso (Sobrepeso/Obesidade), Alimentação infantil, Consumo de bebidas alcóolicas, Aleitamento materno, Cuidado ao paciente diabético e Risco nutricional/Desnutrição. Os profissionais enfermeiros apareceram como os principais responsáveis por realizar condutas nutricionais junto à população atendida pelas unidades de saúde. O processo de implementação de condutas nutricionais baseadas em evidências em serviços de atenção primária se apoiou em quatro principais eixos: 1) Reconhecimento das necessidades de saúde e características dos serviços e profissionais de saúde para atender as demandas; 2) Desenvolvimento de ações educativas junto aos profissionais de saúde; 3) Trabalho em equipe e prática interprofissional colaborativa; 4) Adequação das intervenções à realidade dos serviços e Atenção centrada no paciente. As barreiras predominantes à implementação foram: indisponibilidade de tempo, incompatibilidade das intervenções com as condições de vida e necessidades de saúde dos pacientes, falta de recursos, e relações conflituosas entre profissionais e pacientes. Por outro lado, foram identificadas potencialidades como treinamentos pré-intervenção bem estruturados, intervenções moldáveis às necessidades de saúde dos pacientes e realidade dos serviços, supervisão e suporte de profissionais especialistas, presença de materiais de apoio e fortalecimento do trabalho em equipe. Conclui-se que o elemento-chave das condutas nutricionais não reside apenas nas evidências científicas, mas primordialmente no processo de implementação, que ao contemplar os quatro eixos acima referidos, pode contribuir em muito para uma melhor qualidade da atenção à saúde nos serviços de atenção primária à saúde.
Título em inglês
Mapping the implementation of evidence-based nutritional management in primary health care settings: scoping review
Palavras-chave em inglês
Evidence-based practice Primary health care
Implementation of practices
Nutritional management
Resumo em inglês
Although in recent years, the science of nutrition has made considerable progress in the production of scientific evidence, it remains uncertain up to what extent these quantitative gains lead to improvements in the quality of health care. Thus, the objective was to systematically map and categorize interventions and programs that demonstrate how evidence-based nutritional management have been implemented by health professionals in primary care, seeking also to understand barriers and potential for such implementation to occur. For this purpose, a review of the scoping review type was carried out following the precepts of the Joanna Briggs Institute, considering primary studies on the implementation of practices that address issues related to food and nutrition, regarding dietary recommendations and / or nutritional counseling in the context of evidence-based practice in primary health care services, considering health professionals working in these services as agents of implementation. Seven electronic databases (PubMed, CINAHL, EMBASE, LILACS, PsycINFO, ERIC and SCOPUS) were consulted, identifying 3096 records that resulted in 14 selected articles, all in English, published between the years 2004 and 2016 concentrated mainly in European countries. These articles revealed different aspects of the implementation process on six important topics: Weight control (Overweight/Obesity), Infant feeding, Consumption of alcoholic drinks, Breastfeeding, Diabetic patient care and Nutritional risk / Malnutrition. Nursing professionals appeared as the main responsible for conducting nutritional management among the population served by health units. The process of implementing evidence-based nutritional management in primary care services was based on four main axes: 1) Recognition of health needs and characteristics of health services and professionals to meet the demands; 2) Development of educational actions among health professionals; 3) Collaborative teamwork and interprofessional practice; 4) Adequacy of interventions to the reality of services and Patient-centered care. The predominant barriers to implementation were: unavailability of time, incompatibility of interventions with living conditions and patients' health needs, lack of resources, and conflicting relationships between professionals and patients. On the other hand, potentialities were identified, such as well-structured pre-intervention training; interventions that were shaped corresponding to patients' health needs and the reality of services; supervision and support of specialist professionals; existence of materials to support the practice and strengthening of teamwork. It is concluded that the key element of nutritional management lies not only in the scientific evidence, but primarily in the implementation process, which, when encompassing the four axes mentioned above, may contribute greatly to a better quality in health primary health care services.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-06-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.