• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.106.2018.tde-09042018-164354
Documento
Autor
Nome completo
Andréa Castelo Branco Brasileiro Assing
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Sinisgalli, Paulo Antonio de Almeida (Presidente)
Fracalanza, Ana Paula
Gamero, Victor Ernesto Mendez
Moretto, Evandro Mateus
Romeiro, Ademar Ribeiro
Título em inglês
Agroecology: a proposal for livelihood, ecosystem services provision and biodiversity conservation for small dairy farms in Santa Catarina
Palavras-chave em inglês
Biodiversity Conservation
Dairy Production
Ecosystem Services
Livelihood
Small farmers.
Resumo em inglês
The challenge of balancing food production, ecosystem services (ESs) and biodiversity conservation evidences the disruption of the present agri-food system. This demands a social-ecological system transformation. For this, the replacement of conventional agricultural practices to agroecological ones has been suggested, since these practices could provide ESs provision, which agriculture and human life are dependent on, and a permeable matrix, which is indispensable for biodiversity conservation. However, the food production activity also needs to afford small farmers livelihood, otherwise, they will not be interested in taking part of this transition. In view of this, the present dissertation has the objective of analyzing agroecology as a proposal to provide farmers livelihood, generate ESs and contribute for biodiversity conservation, integrally. In order to reach the objective proposed, we selected the case study of Santa Rosa de Lima (SRL), located in Santa Catarina (SC) state, which is inserted in area of Atlantic Forest (AF), in Southern Brazil. This municipality has many dairy farmers associated with AF. AF is globally recognized as a priority biome for biodiversity conservation, due to its rich biodiversity and current level of degradation. Furthermore, the biome provides diverse ESs. Dairy activity has been extensively referred as a major driver of AF deforestation, on other hand, dairy activity is of relevance for the state economy and farmers livelihood. Due to the referred, it was brought to SC a potential agroecological and sustainable intensification (SI) dairy system, the management intensive grazing (MIG) system. The hypothesis was that the implementation of this system has potential to increase dairy profitability, reduce reliance on off-farm inputs, provide ESs and decrease pressure on remaining forest. Additionally, by increasing stocking rate and milk yields, farmers may be able to retire land from production to conservation without suffering an economic loss. To analyze the results of MIG implementation in SRL, as an agroeological system with potential to balance economic and ecological goals, we compared social, ecological and economic data of farmers applying MIG and farmers applying conventional systems. These data were collected through farmers interview and an accounting project conducted in the city during one year. As first research result, we found that MIG is still in process to become considered an agroecological system. Therefore, we analyzed this process of transformation through the lenses of social theories for social-ecological system transformation. In summary, our results has showed that MIG is more profitable than conventional systems, have increased land efficiency and showed signs of environmental improvements, however, still needs progresses to become an agroecological and sustainable intensification system. This process of transition has already started in SRL, since, among the mentioned and other evidences, MIG has gradually reduced the use of environmentally damaging inputs and farmers has showed to be more prone to meet environmental law. Our results also indicate social learning as indispensable, and financial capital as necessary to foment the process of transformation. To introduce both in the process, Participatory Processes and Payment for Ecosystem Services are advocated as suitable tools.
Título em português
Agroecologia: uma proposta para provisão da subsistência de pequenos produtores de leite, serviços ecossistêmicos e conservação da biodiversidade em Santa Catarina.
Palavras-chave em português
Conservação da Biodiversidade
Pequenos Produtores Rurais.
Produção de Leite
Serviços Ecossistêmicos
Subsistência
Resumo em português
O desafio de equilibrar produção de alimentos, provisão de serviços ecossistêmicos (SEs) e conservação da biodiversidade evidencia a ruptura do sistema agroalimentar em vigor. Esta transição demanda uma transformação do sistema social-ecológico. Para isto, a substituição de práticas convencionais por práticas agroecológicas tem sido proposta, uma vez que estas geram SEs, do qual a agricultura e a vida humana são dependentes, e uma matriz permeável, que é indispensável para conservação da biodiversidade. Entretanto, a atividade de produção de alimentos também deve ser pensada no sentido de garantir a subsistência de pequenos produtores rurais, caso contrário, eles não apresentarão interesse em participar desta transição. Devido a isto, a presente tese tem por objetivo analisar a agroecologia como uma proposta para a subsistência de agricultores, a geração de SEs e contribuição na conservação da biodiversidade, integradamente. Para alcançar o objetivo proposto, foi selecionado um estudo de caso localizado em Santa Rosa de Lima (SRL), no estado de Santa Catarina (SC), em área de Mata Atlântica (MA), na região sul do Brasil. Este município possui vários produtores rurais associados à MA. A MA é globalmente reconhecida como um bioma prioritário para conservação da biodiversidade, devido a sua rica biodiversidade e estágio atual de degradação. Além do mais, o bioma oferece diversos SEs. A atividade de produção de leite tem sido recorrentemente referida como uma das principais causas de desmatamento de MA, por outro lado, esta atividade é de relevância para a economia do estado e subsistência de produtores rurais. Devido ao exposto, foi trazido para SC um sistema de produção de leite com potencial para ser agroecológico e de intensificação sustentável (IS), o sistema de Manejo Intensivo de Pastagem (MIP). A hipótese inicial consistia em que a implementação deste sistema tem o potencial de aumentar a lucratividade da atividade, reduzir a dependência de insumos externos à propriedade, gerar SEs e diminuir a pressão sobre os remanescentes florestais. Adicionalmente, através do aumento da taxa de estocagem e produção de leite, produtores podem estar aptos a separar terra, antes dedicada para a atividade, para conservação, sem sofrer perda econômica. Para analisar os resultados da implementação do MIP em SRL, como um sistema agroecológico com potencial para equilibrar metas econômicas e ecológicas, nós comparamos dados sociais, ecológicos e econômicos entre produtores que adotam MIP e produtores que adotam sistemas convencionais. Estes dados foram coletados através de entrevistas e um projeto contábil realizado na cidade durante um ano. Como primeiro resultado, nós diagnosticamos que o MIP está ainda em processo de tornar-se agroecológico. Entretanto, nós analisamos este processo de transformação através das lentes da teorias sociais. Em síntese, nossos resultados mostraram que o MIP é mais lucrativo, tem aumentado eficiência no uso da terra e tem mostrado sinais de melhoras ambientais, mas ainda necessita progressos para tornar-se um sistema agroecológico e de intensificação sustentável. Este processo de transição já tem se iniciado em SRL, uma vez que, além de outras evidencias e as já mencionadas, MIP tem reduzido gradativamente o uso de insumos danosos ao ambiente, e produtores tem se apresentado mais inclinados a atender a legislação ambiental. Nossos resultados também indicaram aprendizagem social como indispensável, e capital financeiro como necessário ao fomento do processo de transformação. Para a introdução de ambos no processo, Ações Participativas e Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos são entendidos como ferramentas adequadas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (3.42 Mbytes)
Data de Publicação
2018-05-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.