• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Andréa Andira Leite
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Costa, Helouise Lima (Presidente)
Bottallo, Marilucia
Costa, Eduardo Augusto
Título em português
A experiência do Departamento de Informação e Documentação Artísticas (IDART) em São Paulo: uma revisão crítica
Palavras-chave em português
Departamento de Informação e Documentação Artísticas
Documentação artística
Exposições didáticas
IDART
Maria Eugênia Franco
Resumo em português
Essa dissertação visa investigar o legado do Departamento de Informação e Documentação Artísticas - IDART para a cultura paulistana. Criado em 1975, na cidade de São Paulo, teve uma importante trajetória que foi marcada, no entanto, por uma forte instabilidade institucional. O recorte temporal escolhido cobre de 1975 a 1982, período em que o IDART gozou de autonomia política e conceitual. Embora o Departamento tenha se tornado conhecido pelo seu Centro de Pesquisa, pretendemos demonstrar que ele se constituiu numa instituição muito mais complexa, dotada de uma estrutura organizacional singular. Para atingir nossos propósitos iremos primeiramente analisar o projeto que deu origem ao IDART, os antecedentes institucionais que serviram de base para o estabelecimento de suas matrizes conceituais, bem como a contribuição de diferentes intelectuais que estiveram envolvidos em sua concepção, com destaque para o papel preponderante desempenhado por Maria Eugênia Franco. Iremos também detalhar as atividades do Centro de Pesquisa (Centro de Documentação e Informação sobre Arte Brasileira Contemporânea), ressaltando o caráter pioneiro das metodologias e das rotinas de trabalho adotadas. Por fim, tentaremos evidenciar de que modo o IDART buscou conjugar as funções de centro de documentação às atribuições de uma instituição museológica, no que se refere à formação de coleções e difusão de conhecimento por meio de publicações e exposições didáticas. Em relação às fontes, utilizamos documentos de arquivos institucionais, sendo que uma parte deles foi tornada pública apenas recentemente, além de termos recorrido a um levantamento minucioso de matérias publicadas na grande imprensa com o intuito de cobrir certas lacunas. Todo o nosso esforço concentrou-se em propor uma revisão crítica da história institucional do IDART, em seus primeiros anos, como uma contribuição pontual para o estudo das políticas públicas da cultura no estado de São Paulo ao longo do século XX.
Título em inglês
The Experience of the Departamento de Informação e Documentação Artística (IDART) in São Paulo: a critical review
Palavras-chave em inglês
Artistic documentation
Departamento de Informação e Documentação Artísticas (Department of Artistic Information and Documentation)
IDART
Maria Eugênia Franco
Pedagogical exhibitions
Resumo em inglês
This dissertation aims to investigate the legacy left by the Departamento de Informação e Documentação Artísticas - IDART (Department of Artistic Information and Documentation) for São Paulo's cultural scene. Established in 1975 in the city of São Paulo, it had an important trajectory however marked by its strong institutional instability. We have chosen to focus on the years between 1975 and 1982 when IDART enjoyed a greater political and intellectual autonomy. Even though the Department has been recognized for its Research Center, we intend to show that it was indeed a much more complex institution with a singular organizational structure. In order to achieve this goal, we will first analyze IDART's original project, the organizational background that laid the ground for its conceptual matrix, and also the contribution offered by many intellectuals and scholars who were involved in its foundation, especially Maria Eugênia Franco who played a crucial role in this process. We will also further describe the activities of the Research Center (Center for the Documentation and Information on Brazilian Contemporary Art), highlighting how groundbreaking its methods and activities were. Finally, this dissertation aims to shed some light on how much IDART sought to combine the functions of a documentation center with the assignments of a museum institution, especially concerning the collections development, and the dissemination of knowledge through its publications and pedagogical exhibitions. As for the sources used for this work, we have analyzed documents from the organization's archives, recently made public, and a comprehensive overview of newspaper articles published about IDART that helped us to fill in some gaps left by the investigation. Our focus was on providing a critical perspective on IDART's institutional history during its first years, as well as on its contributions towards cultural policies implemented by the State of São Paulo in the 20th century.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.