• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.103.2014.tde-09022015-115653
Documento
Autor
Nome completo
Davidson Panis Kaseker
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Morais, Jose Luiz de (Presidente)
Cury, Marília Xavier
Lanna, Ana Lucia Duarte
Título em português
Museu, território, desenvolvimento: diretrizes do processo de musealização na gestão do patrimônio de Itapeva (SP)
Palavras-chave em português
Desenvolvimento
Gestão
Musealização
Patrimônio
Território
Resumo em português
O escopo da pesquisa é formular diretrizes para o processo de musealização na gestão do patrimônio cultural, a partir de uma visão que integra os conceitos de museu, território e desenvolvimento, embasado no viés da interdisciplinaridade e no princípio da interação participativa. Com base na trajetória do museu de território, desde quando surgiu no final do XIX, abrindo caminho para o ecomuseu, na década de 1970, criado sob a égide da Nova Museologia, serão abordadas as diversas modalidades que esta tipologia assume e o seu enraizamento na sociedade contemporânea. No Brasil de hoje, segmentos sociais marginalizados, alguns deles praticamente -invisíveis?, estão reinventando o conceito de ecomuseu. São concebidos como reação à desterritorialização. Surgem nas favelas e nos bairros periféricos das regiões metropolitanas, no interior do país e em aldeias indígenas. Estão atrelados às lutas pela cidadania, pela terra, pelo direito de minorias, pelo reconhecimento das culturas marginais. Como estudo de caso, as diretrizes metodológicas da musealização territorial serão desenvolvidas visando sua aplicação no município de Itapeva (SP). Nesse sentido, a pesquisa se enquadra em um dos objetivos estratégicos do ProjPar, que é o da valorização e instrumentalização das comunidades com relação às possibilidades de reverter o quadro de desconhecimento e consequente subutilização de seu patrimônio cultural em benefício do desenvolvimento local, atendo-se ao princípio da sustentabilidade.
Título em inglês
Museum, planning, development: guidelines for the musealization process in the Itapeva (SP)
Palavras-chave em inglês
Development
Heritage
Musealization
Territory management
Resumo em inglês
The scope of the research is to formulate guidelines for the musealization process in the cultural heritage management from a vision that integrates the concepts of museum planning and development, based on the bias of interdisciplinarity and the principle of participatory interaction. Based on the trajectory of the territory museum, since it emerged in the late nineteenth century, paving the way for the eco-museum, in the 1970's decade, created under the auspices of the New Museology, will be discussed the various forms that this typology assumes and its rooting in contemporary society. In Brazil today, marginalized social groups, some of them pratically "invisible", are reinventing the concept of eco-museum. They are conceived as a reaction to deterritorialization. They arise in the slums and metropolitan regions suburbs, in the countryside area and in indigenous villages. They are linked to the struggles for citizenship, for land, for minorities' rights, for the recognition of marginal cultures. As a case study, the methodological guidelines of territorial musealization will be developed for their application in the municipality of Itapeva (SP). In this sense, the research fits into one of the strategic objectives of ProjPar, which is the communities' appreciation and instrumentalization about the possibilities to reverse the ignorance and consequent underutilization of their cultural heritage for the local development, sticking up to the principle of sustainability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DavidsonREVISADA.pdf (10.16 Mbytes)
Data de Publicação
2015-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.