• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.102.2018.tde-26072018-155103
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Augusto Rainho Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2018
Orientador
Banca examinadora
Anelli, Renato Luiz Sobral (Presidente)
Feldman, Sarah
Grostein, Marta Dora
Travassos, Luciana Rodrigues Fagnoni Costa
Título em português
Redefinições do espaço urbano em cidades médias paulistas: a relação entre os eixos de estruturação de mobilidade urbana e a ocupação de fundos de vale
Palavras-chave em português
Cidades médias
CPEU
Eixos de mobilidade urbana
Fundos de vale
Produção do espaço urbano
Resumo em português
A rápida urbanização pela qual passou a sociedade brasileira foi certamente uma das principais questões sociais do país no século XX. Nesse período, em São Paulo, não apenas a capital, mas as cidades do interior começaram a se expandir rapidamente, dando início a formação de uma rede de cidades, o que tornou possível estabelecer o conceito ou noção de cidade média. A ideia de planejamento urbano foi incorporada nas políticas públicas e por órgãos que se tornaram responsáveis pela elaboração de planos e propostas para essas cidades do interior, na qual destaca-se o CPEU (Centro de Pesquisa e Estudos Urbanísticos), a partir dos anos 1950, que atuava dentro da FAUUSP. Os profissionais ligados a essa instituição atuaram na assistência técnica, orientando na elaboração de planos e organizando o setor de planejamento no interior da estrutura administrativa, além de estabelecer propostas urbanísticas baseadas nos conceitos de cidade-jardim e no urbanismo norteamericano, em contraponto ao que estava sendo implementado na capital. Levando em conta as características particulares dos processos de urbanização dessas cidades, analisamos neste trabalho quatro cidades paulistas (Bauru, Franca, Presidente Prudente e São José dos Campos), na tentativa de compreender: A. Como se deu o processo de expansão do espaço urbano dessas cidades, em de decorrência da implantação de novos eixos de estruturação de mobilidade urbana; B. A relação da abertura desses novos eixos com a ocupação das áreas de fundo de vale. Nossa análise pode ser dividida em três momentos: a expansão dos primeiros núcleos urbanos até o momento da elaboração dos primeiros Planos Diretores; o momento de sua elaboração e suas diretrizes principais; e, após sua aprovação, como tais políticas públicas e a implantação de novos eixos de circulação redefiniram não apenas os processos de expansão dessas cidades, mas influenciaram na estruturação dos seus espaços intraurbanos.
Título em inglês
Redefinitions of urban space in medium cities of São Paulo: the relations between of structurals axises of urban mobility and the occupation of the bottom of valleys
Palavras-chave em inglês
Bottom of the valley
CPEU
Medium cities
Mobility axis
Production of urban space
Resumo em inglês
The fast process of urbanization that Brazilian society has been through was certainly one of the major social issues of the country in the 20th century. During this period, in São Paulo, not only the capital, but also the inner cities began to expand quickly, initiating the formation of a network of cities, which made possible to establish the concept or notion of medium city. The idea of urban planning have become embedded in public policies and institutions that became responsible for the elaborations of urban plans and proposals for cities, in which stands out the Master Plans made by CPEU (Research Center and Urban Studies), in the years of 1950. Professionals of this institution worked in technical assistance for medium cities of São Paulo, guiding the elaboration of urban plans and organizing the planning sector within the administrative structure, besides establishing urbanistic proposals based on the concepts of city-garden and North American urbanism, in contrast to which has been implemented in the capital. Considering the particular characteristics of the urbanization processes of these cities, we analysed the expansion process of four cities in Sao Paulo (Bauru, Franca, Presidente Prudente e São José dos Campos), in attempt to understand: A. How was the process of expansion of the urban space of these cities, because of the implantation of new axes of urban mobility structure; B. The relation between the opening of new axes and the occupation of the valley bottom areas. Our analysis can be divided into three moments. The expansion of the first urban nuclei up until the time of the first Master Plans elaboration. The moment of its elaboration and its main directives. Finally, the process of its approval and how such public policies and the establishment of new axes of circulation redefined not only the processes of expansion of these cities but influenced the structuring of their intra-urban spaces.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.