• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.102.2018.tde-26072018-153943
Documento
Autor
Nome completo
Jansen Lemos Faria
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2018
Orientador
Banca examinadora
Buzzar, Miguel Antonio (Presidente)
Castro, Carolina Maria Pozzi de
Rizek, Cibele Saliba
Silva, Maristela Siolari da
Título em português
Apropriação do espaço por moradores de conjuntos habitacionais em Viçosa-MG
Palavras-chave em português
Apropriação do espaço
Habitação social
Segregação
Sociabilidades
Resumo em português
Este trabalho pretende realizar uma pesquisa exploratória visando o entendimento e a análise dos efeitos sociais e urbanos da implantação dos conjuntos habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida (lei 11.977, 2009) na cidade de Viçosa, Minas Gerais, para os moradores das localidades, a partir do estudo sobre a apropriação do espaço. Desta forma a pesquisa coloca em foco o direito à cidade e as relações sociais e espaciais pela perspectiva do público-alvo dessa ação governamental. Compreende-se como objetivo maior de ações e políticas públicas voltadas às parcelas social e economicamente vulneráveis, em tese, o acesso à cidadania. Assim, a pesquisa procura relacionar seus elementos centrais e objeto de estudo a grandes temas como o da cidadania, da moradia adequada, das sociabilidades, do espaço público, do direito à cidade e a da segregação socioespacial. Dada a abrangência e a visibilidade do programa, muitas pesquisas foram realizadas tendo-o como objeto de estudo e variados questionamentos foram levantados, sobretudo em relação a seu desenho político. Porém, há uma lacuna no que diz respeito às relações sociais e urbanas estabelecidas pelos moradores dos conjuntos, para além da avaliação quantitativa baseada em questionários padrões, sobretudo em se tratando de cidades de pequeno e médio porte, onde a escala da cidade muda a perspectiva de análise dos elementos. Conclui-se, a partir da análise empírica e das entrevistas e com base no referencial teórico e documental, que os processos e a as ausências de apropriações dos espaços estão ligadas à tipologia institucional do Programa. Espera-se que a pesquisa possa contribuir para elucidar relações socioespaciais de moradores realocados para conjuntos habitacionais e auxiliar em estudos correlatos em diferentes campos do conhecimento, como para o urbanismo, a sociologia urbana e a geografia.
Título em inglês
Appropriation of space by residents of the governmental housing estates in Viçosa-MG
Palavras-chave em inglês
Appropriation of space
Segregation
Sociabilities
Social housing
Resumo em inglês
This work intends to realize an exploratory search in order to understand and analyze the social and urban effects of the deployment of My House, My Life housing estates (law 11.977, 2009) in the city of Viçosa, Minas Gerais, by the residentes, starting from the appropriation processes of space. Thus, the research foregrounds the right to the city and the social and spatial relations by the perspective of the target audience of this program. The access to citizenship, in theory, is understood as the larger goal of the public politics aimed at vulnerable economically groups. So, the research seeks to relate its central matters and its study object with broad knowledges like as the citizenship, the decent housing, the sociabilities, the public spaces, the right to the city and the socio-spatial segregation. Many researches have been done using this public program as the object of study because of its big scope and visibility. Many different questions have been raised, particularly speaking of its political aspects. However there is a gap in what it refers to the social and urban relations established by the housing estates residents, for beyond the quantitative evaluation based on patterned questionnaires, especially refering to small and medium cities, where the urban scale changes the perspective of analisys. It is concluded that the processes observed and the absence of appropriations of those spaces, occupied by the residents, are related to the institutional typology of the Program. It is expected to contribute to elucidate socio-spatial relations of residents that have been taken from precarious situation and moved to this housing estates. It is also expected to help similar studies in different fields of knowledge like urbanism field, urban sociology and geography.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.