• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.102.2016.tde-08032016-093431
Documento
Autor
Nome completo
Joana D'Arc de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bortolucci, Maria Ângela Pereira de Castro e Silva (Presidente)
Benincasa, Vladimir
Fonseca, Dagoberto José
Machado, Maria Helena Pereira Toledo
Rizek, Cibele Saliba
Título em português
Da senzala para onde? Negros e negras no pós-abolição em São Carlos-SP (1880-1910)
Palavras-chave em português
Abolição
Desmonte da escravidão
Homens e mulheres negros
População negra de São Carlos
Pós-abolição
Território urbano de ocupação negra
Resumo em português
Analisa a participação de homens e mulheres negros no processo de desmonte da escravidão e de conquista da liberdade antes da Abolição e no pós-abolição no município de São Carlos-SP. A historiografia sobre a participação dos negros no processo de extinção do sistema escravista no Brasil vem se tornando cada vez mais vasta e percebendo-os a partir de uma perspectiva não passiva. Mesmo assim, ainda são praticamente desconhecidas as formas pelas quais o negro organizou sua vida após a liberdade. Através da documentação primária, de recursos da história oral e da análise do território urbano de ocupação negra, são cotejados os aspectos culturais, sociais e simbólicos, que permitem conhecer as lutas, conquistas e trajetórias de vida desses sujeitos. Toma por base os principais teóricos da história social que se debruçam sobre a abolição e pós-abolição no Brasil, entre eles, Robert Slenes, Maria Helena Machado, Maria Odila Leite, Sidney Chalhoub, Ana Lugão Rios, Hebe Mattos e Walter Fraga Filho. Sendo assim, investiga e analisa as estratégias de sobrevivência da população negra no espaço urbano de São Carlos, com o objetivo de reconstruir suas histórias, partindo da hipótese de participação ativa desses atores no processo de conquista e manutenção da liberdade.
Título em inglês
The slave quarters home where? Black men and women in the post-abolition in São Carlos- SP (1880-1910)
Palavras-chave em inglês
Abolition
Black men and women
Black population of São Carlos
Disintegration of slavery
Post abolition
Urban territory of black occupation
Resumo em inglês
This thesis analyzes black men and women transition from slavery to freedom in the city of São Carlos (São Paulo), before and after abolishing of slavery. The historiography about participation of blacks in Brazil's disintegrating slavery is increasingly expanding, also from a non-passive perspective. Even though, the way which blacks organized their life after freedom is still little known. Through primary documentation, oral history resources and black urban territory occupation analysis, cultural, social and symbolic aspects related to struggles, achievements and individual trajectories are highlighted. The analysis is based on social history theorists such as Robert Slenes, Maria Helena Machado, Maria Odila Leite, Sidney Chalhoub, Ana Lugão Rios, Hebe Mattos and Walter Fraga Filho, which deal with Brazils abolition and post-abolition. Therefore, assuming that blacks were active in the achievement and maintenance of freedom, in order to rebuild their stories, the thesis investigates and analyzes their strategies of survival in Sao Carlos's urban space.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.