• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Maíra Cristo Daitx
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2017
Orientador
Banca examinadora
Alves, Manoel Antonio Lopes Rodrigues (Presidente)
Jorge, Luis Antonio
Lopes, Ruy Sardinha
Martin, Carlos Maria Tapia
Título em português
Quando a realidade cruza o imaginário: aplicabilidade da arquitetura móvel nas cidades contemporâneas
Palavras-chave em português
Arquitetura móvel
Cidade contemporânea
Habitação
Nomadismo contemporâneo
Produção do espaço urbano
Resumo em português
Nos últimos anos temos observado um aumento na participação das tecnologias digitais na realização de atividades cotidianas, na acessibilidade à informação e assim, um aumento das possibilidades de escolha. As cidades, com o auxílio de sistemas de comunicação - informacional e de pessoas -, passam a dispersar seus núcleos especializados, polos atrativos de mão de obra, e reforçar sua condição de espaço de fluxos espaços em/de transformação e em/de deslocamento possibilitando outras morfologias de produção do espaço urbano. A fluidez passa a ser sinônimo de instabilidade quando o indivíduo, em decorrência de pressões socioeconômicas e culturais marcadas pelo movimento, adapta seus hábitos a condições cada vez mais flexíveis, no campo pessoal e profissional, e também em sua relação com esse espaço. Novas formas de apropriação do urbano, mais individualizadas e carregadas de efemeridade, tornam-se características de uma sociedade hoje marcada pelo movimento e pela rapidez no recebimento de informações. Pequenos grupos sociais itinerantes com características comuns de comportamento, os chamados nômades pós-modernos ou globais, são norteados, principalmente, por exigências profissionais de uma economia mundializada, facilitadas pelo desenvolvimento das tecnologias de comunicação. Formas revisitadas de concepção da cidade e do edifício, tal qual a mobilidade do espaço, tornam-se possíveis pelo avanço tecnológico, mas também com embasamento sociocultural destes grupos, criando meios de apreensão temporal inéditos e novas formas de apropriação do espaço urbano que colocam em questão os limites que uma sociedade altamente mobilizada deve superar, de modo a explorar sua liberdade temporal e espacial. Este estudo objetiva melhor compreender as possibilidades atuais para morfologias urbanas e tipologias móveis na formação das cidades, analisando se a partir delas pode-se observar um aumento da temporariedade na relação do objeto com seu entorno (o urbano) e um desprendimento de ambas as formas de produção do espaço
Título em inglês
When reality meets the imaginary: applicability of mobile architecture in contemporary cities
Palavras-chave em inglês
Contemporary city
Contemporary nomadism
Dwelling
Mobile architecture
Urban space production
Resumo em inglês
Over the last few years we have seen an increasingly participation of digital technologies in performing daily activities and an expandingly accessibility to information, thereby also increasing the number of possible choices. The cities, assisted by communication systems - informational and of people - are now dispersing their specialized cores, labor attraction poles , and strengthening their status as "spaces of flow" spaces in/of transformation and on/of displacement , enabling the production of differential urban space morphologies. The fluidity becomes synonymous with instability when the individuals, due to socioeconomic and cultural pressures, marked by movement, adapt their habits to increasingly flexible conditions on personal and professional levels, but also in their relationship with this space. New forms of urban appropriation, more individualized and ephemeralized, become typical in a society now marked by the movement and the speed in informational perception. Small itinerant social groups with common characteristics and behaviors, the so-called post-modern or global nomads, are guided primarily by professional demands of a worldwide economy, facilitated by the development of communication technologies. Revisited morphologies in the conception of city and building design, like the mobile spaces, turn possible by technological advance, but also with a sociocultural basis on these groups, creating original means of temporal apprehension and new forms of urban space appropriation that argue the limits that a highly mobilized society must overcome in order to exploit its temporal and spatial freedom. This study aims to better understand the possibilities for current urban and housing mobile types in the formation of cities' morphologies, analyzing if there is a noteworthy increase on the temporary attribute of the object when in relation to its surroundings (urban), and a detachment between both forms of space production
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.