• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.102.2018.tde-03092018-100300
Documento
Autor
Nome completo
Marília Reis Sé
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2018
Orientador
Banca examinadora
Alves, Manoel Antonio Lopes Rodrigues (Presidente)
Martin, Carlos Maria Tapia
Otondo, Catherine
Rizek, Cibele Saliba
Título em português
Práticas socioespaciais no espaço urbano: reflexões cruzadas entre o Baixo Augusta-São Paulo/Brasil e a Alameda de Hércules-Sevilha/Espanha
Palavras-chave em português
Cartografia socioespacial
Cidade contemporânea
Práticas socioespaciais
Resumo em português
O presente trabalho propõe a reflexão sobre as práticas socioespaciais enquanto manifestações espaciais e sociais de praticantes, considerando a interação entre os mesmos e entre eles e o espaço urbano. Por meio da observação de dois objetos empíricos distintos o Baixo Augusta - São Paulo/Brasil e a Alameda de Hércules Sevilha/Espanha, enquanto espaços urbanos em transformação e manchas de ócio e lazer , são feitas, inicialmente, reflexões cruzadas teóricas e análises da conformação urbana e histórica de cada um. Em seguida, analisam-se suas atuais configurações a partir das práticas socioespaciais observadas. Para tanto, emprega-se uma abordagem entre escalas e um método experimental, a fim de construir um olhar que busque tornar visíveis aspectos e processos que não se refiram somente a contextos urbanos particulares, mas que também permitam a abordagem de aspectos da cidade contemporânea de modo amplo. Como resultado destas análises, foram elaboradas cartografias socioespaciais capazes de revelar as urbanidades de cada um deles, permitindo-se leituras individuais e conjuntas.
Título em inglês
Sociospatial practices in urban space: cross analysis between Baixo Augusta-São Paulo/Brazil and Alameda de Hércules - Seville/Spain
Palavras-chave em inglês
Contemporary city
Socio-spatial cartography
Socio-spatial practices
Resumo em inglês
The present work proposes the reflection on socio-spatial practices as spatial and social manifestations of practitioners, considering the interaction between them and between them and the urban space. By observing two distinct empirical objects - the Baixo Augusta - São Paulo / Brazil and the Alameda de Hércules - Seville / Spain, as urban spaces in transformation and spots of leisure and leisure - are initially made , theoretical cross-reflections and analysis of the urban and historical conformation of each one. Then, their current configurations are analyzed based on the observed socio-spatial practices. In order to do so, an approach between scales and an experimental method is employed in order to construct a look that seeks to make visible aspects and processes that do not refer only to particular urban contexts, but that also allow the approach of aspects of the contemporary city of mode. As a result of these analyzes, socio-spatial cartographies capable of revealing the urbanities of each of them were developed, allowing individual and joint readings.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.