• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Thiago André Rigon
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pacheco, Reinaldo Tadeu Boscolo (Presidente)
Dantas, Luiz Eduardo Pinto Basto Tourinho
Massa, Marcelo
Santana, Wilton Carlos de
Título em português
O comportamento de variáveis de desempenho tático em jogos reduzidos de futsal
Palavras-chave em português
Ensino de jogos
Jogos Reduzidos
Pedagogia do esporte
Tática
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo investigar o desempenho tático em jogos reduzidos de futsal. De acordo com as metodologias contemporâneas de ensino das modalidades esportivas coletivas (MEC´s), a ação é colocada no centro do processo de ensino-aprendizagem dos jogos. Lança-se mão, então, de atividades de ensino e treinamento que preservem os problemas do jogo formal (JF), ou seja, os chamados jogos reduzidos (JR´s). Procedente do termo em inglês small-sided games (SSG) este instrumento consiste na aplicação de atividades que preservam a dimensão relacional e situacional da execução motora, isto é, os processos envolvidos na percepção, análise e tomada de decisão constituintes da ação tática (MAHLO, 1974). No lugar das repetições de movimentos, treinos exclusivamente técnicos e séries de exercícios surgem os jogos reduzidos, cuja denominação equivale a dos jogos menores, jogos modificados ou mini-jogos. Estes são considerados importantes ferramentas de trabalho dos professores e treinadores esportivos, pois permitem que determinados comportamentos desejados sejam exercitados e (re) significados pelos praticantes, independentemente do nível de jogo. Os adeptos desta perspectiva de ensino defendem que a implementação de atividades dessa natureza estimularia a formação de jogadores autônomos, inteligentes e criativos. De qualquer forma, para que os JR´s tenham eficácia no processo de ensino-aprendizagem, devem-se conhecer a fundo quais alterações do JF podem ser promovidas, bem como quais são os impactos dessas mudanças sobre as ações dos jogadores. A partir, então, de conceitos tático-estratégicos elementares extraídos de um modelo de jogo do futsal, foram elaborados e aplicados diferentes JR´s para grupos de alunos, praticantes da modalidade. Foi possível indicar como se comportaram taticamente os jogadores nas diferentes situações sugeridas, indicando quais as implicações práticas das alterações propostas em cada jogo. Para a análise das ações, de forma original, criou-se uma ferramenta de avaliação do desempenho tático que pode ser utilizada tanto em situação de jogo reduzido (JR), quanto de jogo formal (JF). A amostra foi composta por 59 alunos, com idade entre 10 e 12 anos, integrantes de cursos extracurriculares de futsal de escolas particulares de São Paulo. Os alunos foram divididos em 7 grupos de prática e participaram de sessões de treinamento com as seguintes atividades: 2x1 em meia-quadra (sendo dois formatos diferentes, a e b), 2x2 em meia-quadra, 4x2 em quadra inteira e 3x3 em quadra inteira. Os resultados indicam que as variáveis de desempenho tático, representadas pelas ações dos jogadores, apresentaram diferenças quanto às densidades e qualidades de acordo com os JR´s propostos. Basicamente, as manipulações dos regulamentos dos jogos facilitaram, induziram ou obrigaram a ocorrência de determinadas ações, como os duelos de 1x1, as finalizações, o direcionamento para o rebote, a criação de linha de passe, entre outros. Entende-se, assim, que seja possível conhecer e manipular, de forma intencional, as alterações do JF, permitindo que os jogadores exercitem determinados problemas do jogo elencados a priori
Título em inglês
The behavior of tactical performance variables in futsal small-sided games
Palavras-chave em inglês
Small-sided games
Sports pedagogy
Tactic
Teaching games
Resumo em inglês
The present study investigated the tactical performance in small-sided games. According to the contemporary methodologies of teaching Team Sports (TS), the action is placed at the center of the teaching-learning process of the games. Therefore, teaching and training activities that preserve the problems of the game take place, by the name small-sided games (SSG). This instrument consists of the application of activities that preserve the relational and situational dimension of the motor execution, considering the processes involved in the perception, analysis and decision making as constituent of the "tactical action" (MAHLO, 1974). In place of exclusively technical training and series of exercises, appear the small-sided games, which denomination is equivalent to smaller games, modified games or mini-games. These are considered important tools for teachers and sports coaches as they allow certain desired behaviors to be exercised and (re) signified by players, regardless of the level of play. The adherents of this teaching perspective argue that the implementation of activities of this nature would stimulate the formation of autonomous, intelligent and creative players. However, in order for SSG to be effective in the teaching-learning process, it is necessary to know more deeply which changes of the game can be promoted, as well as what are the impacts of these changes on players actions. Starting from elementary concepts drawn from a futsal game model, different SSG were developed and applied to groups of students. It was possible to identify the tactical performance of the players in each different situation, indicating the practical implications of changed rules. For the analysis of the player´s actions, an original tactical performance evaluation tool was created that can be used in both SSG and official game situations. The sample consisted of 59 students, aged between 10 and 12 years, members of extracurricular courses of futsal of private schools of São Paulo. The students were divided into 7 groups and participated in training sessions with the following activities: 2x1 in half-field (two different set-ups, a and b), 2x2 in half-field, 4x2 in a whole field and 3x3 in a whole field. The results indicate that the variables of tactical performance, represented by the actions of the players, presented differences of densities and qualities according to the proposed SSG. Basically, manipulations of the game facilitated, induced or required the occurrence of certain actions, such as 1x1 duels, finalizations, targeting for rebound, creation of pass lines, among others. It is deduced, therefore, that it is possible to know and manipulate intentionally the changes of the games, allowing that the students/players exercise certain problems of the game chosen before
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Rigon_corrigida.pdf (3.06 Mbytes)
Data de Publicação
2019-06-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.