• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Siqueira Antunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pardi, Linda Massako Ueno (Presidente)
Cruz, Adriana Sarmento de Oliveira
Falcão, Deusivania Vieira da Silva
Velardi, Marilia
Título em português
Efeitos das intervenções com atividade física isolada e multiprofissional nas capacidades físicas, componentes neuromotores e sintomas depressivos em idosos com doença de Alzheimer
Palavras-chave em português
Atividade física
Doença de Alzheimer
Intervenção multiprofissional
Resumo em português
A Doença de Alzheimer (DA) é uma das mais importantes doenças neurodegenerativas comum nos idosos, sendo a mais prevalente entre as demências, associa-se a um alto índice de morbidade e mortalidade. A doença compromete inicialmente a memória recente e o julgamento de decisões, além de acarretar um declínio funcional progressivo e uma perda gradual da autonomia, ocasionando uma dependência total de outras pessoas. A DA também é acompanhada por alterações comportamentais e distúrbios psiquiátricos, os quais são presentes em até 90% dos idosos com DA. A depressão pode atingir até 50% dos idosos com DA, sendo um dos principais focos de tratamento. Intervenções não farmacológicas tais como treinamento físico, fisioterapia, terapia ocupacional, arte terapia, fonoaudiologia e reabilitação neuropsicológica atuam de forma coadjuvante ao tratamento medicamentoso contribuindo para atenuação de declínios cognitivos, melhora do bem-estar e sintomas psiquiátricos. O presente estudo teve como objetivo analisar efeitos das intervenções com atividade física (AF) isolada e multiprofissional nas capacidades físicas, componentes neuromotores e sintomas depressivos em idosos com DA. A amostra incluiu 34 idosos com DA randomizados em grupo controle sem intervenção (GC = 8), grupo intervenção com atividade física isolada (GAFI = 12) e grupo intervenção multiprofissional (GM = 14). Testes físicos e questionários foram aplicados no início e ao final do estudo. Todos os participantes da pesquisa realizaram avaliação neuropsicológica e neuropsiquiátrica, questionário de nível de AF e avaliação física (testes de resistência muscular, capacidade aeróbia, flexibilidade e agilidade/equilíbrio dinâmico). O programa de AF aplicado nas intervenções foi multimodal e incluiu exercícios aeróbios, de coordenação motora, agilidade e equilíbrio, de resistência, flexibilidade e relaxamento. A duração das intervenções foi de 3 meses, duas vezes na semana, com 75 min cada sessão. O grupo GM participou de oficinas de AF, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, arte terapia, jogos, estimulação cognitiva e computadorizada. A duração destas oficinas eram de 60 a 90 min cada (totalizando 6 h ao dia), 2 dias por semana, por 3 meses. Foi utilizado Análise de variância (ANOVA) para verificar diferenças antes e ao final do estudo. No caso de significância, foi realizado uma análise de post-hoc com Tukey. Admitiu-se o nível de significância de p < 0,05 em todas as análises. Houve melhora significativa das capacidades físicas e componentes neuromotores dos grupos GAFI e GM em relação ao grupo GC. O grupo GM reduziu significativamente os sintomas depressivos em comparação ao grupo GC. Adicionalmente, houve aumento significativo nos níveis de AF Total do grupo GAFI em relação ao GC e aumento significativo na quantidade de AF no Lazer nos grupos GAFI e GM em relação ao GC. Conclui-se que as intervenções com AF isolada e em equipe multiprofissional foram eficazes para manutenção ou melhora das capacidades físicas e componentes neuromotores dos idosos com DA. Ressalta-se que as intervenções com AF isolada e multiprofissional utilizando o programa multimodal de AF beneficiaram os idosos com DA. Adicionalmente, a intervenção multiprofissional foi também capaz de reduzir sintomas depressivos dos idosos com DA
Título em inglês
Effects of interventions with isolated physical activity and multiprofessional on physical abilities, neuromotor components and depressive symptoms in elderly with Alzheimer's Disease
Palavras-chave em inglês
Alzheimer Disease
Multiprofessional intervention
Physical activity
Resumo em inglês
Alzheimer's disease (AD) is one of the most important neurodegenerative diseases common in the elderly, being the most prevalent among dementias, it is associated with a high morbidity and mortality rate. The disease initially compromises recent memory and decision-making, as well as leading to progressive functional decline and a gradual loss of autonomy, resulting in total dependence on others. AD is also accompanied by behavioral changes and psychiatric disorders, which are present in up to 90% of the elderly with AD. Depression can reach up to 50% of the elderly with AD, being one of the main treatment centers. Non-pharmacological interventions such as physical training, physical therapy, occupational therapy, art therapy, speech therapy and neuropsychological rehabilitation act in a way that adjusts to drug treatment, contributing to attenuation of cognitive decline, improvement of well-being and psychiatric symptoms. The present study aimed to analyze the effects of interventions with isolated physical activity (PA) and multiprofessional on physical abilities, neuromotor components and depressive symptoms in elderly with AD. The sample included 34 elderly patients with AD in the control group without intervention (GC = 8), intervention group with isolated physical activity (GAFI = 12) and the multiprofessional intervention group (GM = 14). Physical tests and questionnaires were applied at the beginning and at the end of the study. All participants underwent neuropsychological and neuropsychiatric evaluation, PA level questionnaire and physical evaluation (tests of muscular endurance, aerobic capacity, flexibility and agility / dynamic balance). The PA program applied in the interventions was multimodal and included aerobic, motor coordination, balance, agility, resistance, flexibility and relaxation exercises. The duration of the interventions was 3 months, twice a week, with 75 min each session. The GM group participated in PA workshops, physiotherapy, occupational therapy, speech therapy, art therapy, games, cognitive and computer stimulation. The duration of these workshops was 60 to 90 min each (totaling 6 hours a day), 2 days a week, for 3 months. Analysis of variance (ANOVA) was used to verify differences before and after interventions. In the case of significance, a post-hoc analysis with Tukey was performed. The level of significance of p < 0,05 was accepted for all analyzes. There was a significant improvement in the physical abilities and neuromotor components of the GAFI and GM groups in relation to the GC. The GM group significantly reduced depressive symptoms compared to the GC. In addition, there was a significant increase in the levels of Total PA of the GAFI group compared to the GC and a significant increase in the amount of PA in the GAFI and GM groups in relation to the GC. It was concluded that interventions with PA isolated and in a multiprofessional team were effective for maintenance or improvement of the physical abilities and neuromotor components of the elderly with AD. It should be emphasized that these interventions using the multimodal PA program benefited the elderly with AD. In addition, multiprofessional intervention was also able to reduce depressive symptoms in the elderly with AD
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Versaocorrigida.pdf (3.04 Mbytes)
Data de Publicação
2019-06-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.