• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2013.tde-29082013-230632
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Santiago Rosa Dantas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Perosa, Graziela Serroni (Presidente)
Esposito, Marilia Pontes
Fontes, Paulo Roberto Ribeiro
Título em português
Por dentro da quebrada: a heterogeneidade social de Ermelino Matarazzo e da periferia
Palavras-chave em português
Diferenciação interna
Ermelino Matarazzo
Escolas privadas
Escolas públicas
Heterogeneidade social
Periferia
Resumo em português
Esta pesquisa analisou um distrito periférico da Zona Leste de São Paulo: Ermelino Matarazzo. A abordagem microssocial permitiu relacionar vários fenômenos que caracterizaram a periferização da cidade de São Paulo como a industrialização, imigração, migração, loteamento, autoconstrução, formação de favelas e como tais fenômenos incidiram na segregação social na periferia a partir de um distrito. Discutiu-se o valor simbólico da periferia leste e a hierarquização dos espaços, à luz da formação dos agentes ali inseridos para discutir a heterogeneidade social local. Comprovou-se a hipótese da diferenciação interna de Ermelino Matarazzo a partir de três processos distintos pelo qual o distrito passou a partir da instalação da primeira indústria na década de 1940. Foram propostas três regiões: a dos loteamentos que foi caracterizada pela urbanização a partir de loteamentos/autoconstrução até a década de 1970; a região das ocupações que foi formada pelo surgimento de favelas a partir da década de 1970; e, por fim, a região das construtoras que constituiu uma região por empreendimentos imobiliários que venderam casas construídas a partir de 1980. Um dos resultados desta heterogeneidade social pôde ser percebido pela forma como foram distribuídas espacialmente em Ermelino Matarazzo as escolas públicas e privadas, ao longo das décadas, cujas dependências administrativas privilegiaram ora uma ou outra região. A pesquisa utilizou-se de dados estatísticos da Prefeitura de São Paulo e da Secretaria da Educação; dados qualitativos que resultaram da realização de vinte entrevistas com antigos moradores e um líder local, além de observação participante em movimentos sociais atuantes em Ermelino Matarazzo. Recorreu-se também ao uso fotografias e mapas. Este estudo contribuiu para entender como se constroem as clivagens sociais, como elas se objetivam no espaço local e como são tomadas simbolicamente pelos indivíduos.
Título em inglês
Inside the hood: the social heterogeneity of Ermelino Matarazzo and the periphery.
Palavras-chave em inglês
Eastern Zone (São Paulo)
Ermelino Matarazzo
Periphery
Public and Private schools
Social heterogeneity
Resumo em inglês
This research paper analyzes a peripheral district of the Eastern Zone of São Paulo Ermelino Matarazzo. Observing a single district, the microsocial approach allows for the assessment of various phenomena that characterized the growth of the city of São Paulo such as industrialization, immigration, migration, lot divisions, irregular construction, and development of slums and how these phenomena resulted in the social segregation in the periphery. The paper discusses the symbolic value of the eastern periphery and the development of a spatial hierarchy in light of the education of its residents in order to discuss the local social diversity. In particular, the paper analyzes the heterogeneity of the district and its spatial hierarchies. The paper tests the hypothesis of the internal differentiation of Ermelino Matarazzo due to three distinct processes through which the district has passed since the installation of the first industrial plant in the 1940s. Three regions were proposed: the residential lots that were characterized by urbanization via regular and irregular housing developments until the 1970s; the occupied region formed by the emergence of slums beginning in the 1970s; and, lastly, the builder region consisting of real estate developers selling houses built starting in the 1980s. One result of the social diversity can be observed by how the public and private schools were spatially distributed over the decades in Ermelino Matarazzo as their respective administrators favored one region or another. The survey utilizes statistics from the Municipal Government of São Paulo and its Secretariat of Education in addition to qualitative data derived from twenty interviews with long-time residents and a local leader and participatory observation of social movements in Ermelino Matarazzo. The paper also displays photos and maps. This study contributes to understanding how social cleavages emerge, how they take shape in local spaces, and how they are perceived symbolically by individuals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.