• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.100.2016.tde-10102016-161845
Documento
Autor
Nome completo
Wilq Vicente dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Mello, Jefferson Agostini (Presidente)
Hamburger, Esther
Ortellado, Pablo
Título em português
Imagens do povo no vídeo: Estado, lutas sociais e produção cultural das décadas de 1980 e 2000
Palavras-chave em português
ABVP
Coletivo de Vídeo Popular de São Paulo
Lutas sociais
Produção cultural
Vídeo Popular
Resumo em português
Trata-se do novo cenário da produção e difusão de vídeo popular, tendo em vista o contexto das transformações na cultura brasileira, com foco nas ações e realizações da Associação Brasileira de Vídeo Popular - ABVP dos anos 1980 e do Coletivo de Vídeo Popular de São Paulo dos anos 2000, levando em consideração rupturas e continuidades nas formas organizativas dessa produção. Para tanto, olhamos para o passado recente da cultura brasileira para entender as influências e o lugar atual da produção cultural na realização de vídeo popular. Dois eixos básicos são apresentados para explorar a relação entre contexto social, produção cultural e vídeo popular. Na primeira vertente, analisa-se os mecanismos de produção dos realizadores ligados à ABVP, próxima aos movimentos sociais e populares da época, traçando como se comporta esse grupo de produtores, a partir da análise do vídeo Há lugar, de 1987. A segunda vertente, mais atual, insere os vídeos no contexto mais amplo da produção cultural, delineando as determinantes sociais e culturais de seu mecanismo de produção. Percebe-se hoje que o audiovisual não está restrito ao dito cinema de mercado e à indústria cultural, mas que se desenha também como instrumento no interior de ações culturais e sociais. Neste contexto vamos analisar o vídeo Qual Centro?, de 2010. Pretende-se investigar, através do apontamento histórico das mudanças institucionais e legais ocorridas no âmbito federal, estadual e municipal no que tange à política cultural para o audiovisual e para a "diversidade", alguns pontos da relação entre a produção cultural, as mudanças na concepção de cultura e de Estado, as mudanças na situação político-econômica e a produção de vídeo popular do passado e do presente
Título em inglês
Pictures of the people in the video: State, Social struggles and cultural production of the 1980s and 2000s
Palavras-chave em inglês
ABVP
Cultural production
Popular video
Popular Video Collective of São Paulo
Social struggles
Resumo em inglês
This research focus on the new stage of popular video production and broadcasting, given the context of changes in Brazilian culture, approaching the actions and achievements of the Brazilian Association of Popular Video - ABVP (1980s) and Popular Video Collective of São Paulo (2000s), taking into account ruptures and continuities in the organizational forms of this production. To this end, we look at the recent past of Brazilian culture to understand the influences and the current place of cultural production in the realization of popular video. Two basic axes are presented to explore the relationship between social, cultural production and popular video. In the first part, we analyze the mechanisms of production of the videomakers linked to ABVP, closed to the social and popular movements of the time, tracing how this group of producers behaves, starting from the analysis of the video Há Lugar (There is Place), 1987. The second part understand videos in the broader context of cultural production, outlining the social and cultural determinants of their production mechanism. We can see today that the audiovisual is not restricted to that market and the cultural industry of cinema, but also as a tool inside of cultural and social activities. In this context we analyze the video Qual Centro? (Which Center?), 2010. We intend to investigate, through the institutional and legal changes in federal, state and municipal levels, with regard to cultural policy to the audiovisual and "diversity", some points of the relationship between cultural production, changes in the conception of culture and state, changes in the political and economic situation, and popular video production, past and present
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.